Informações preliminares dão conta que o Novo Coronavirus, fez mais uma vítima na cidade de Ibipitanga, sudoeste da Bahia, a Senhora conhecida na cidade por Dona Naninha, (Ana Maria de Oliveira Pina, 69 anos) morada do interior do município, que estava internada e já tinha saúde frágil, não resistiu as complicações da doença e veio a óbito no crepúsculo desta fatídica quarta feira, 21 de outubro. A informação ainda não consta no Boletim Oficial do município, talvez o mesmo tenha sido publicado após o ocorrido, a Secretaria de Saúde local deverá emitir nota oficial sobre as circunstância após os procedimentos médicos legais.

Veja abaixo nota de pesar do Município de Ibipitanga:

O boletim oficial, trouxe hoje o registro de mais 05 novos casos, subindo para 53 o número de pessoas ainda não recuperadas. No início da semana foi registrada a morte por Covid-19 de um jovem de 24 anos. Oficialmente o município desde o início da pandemia, contabiliza 162 caos, no entanto, sabe-se que estes números tanto em Ibipitanga como em qualquer lugar do mundo, não corresponde com os números reais. Há estudos que represente apenas 10% dos realmente infectados, visto que a maioria são assintomáticos ou há sub notificações.

Segundo fontes, os casos se espalharam no município após evento político com grande aglomerações de pessoas, o fato chegou a ser notícia no G1, portal de notícias da Rede Globo. Em Paramirim a Justiça Eleitoral proibiu em sua jurisdição eventos políticos que gere aglomerações de eleitores, já em Macaúbas o MP ainda não emitiu nota oficial sobre o assunto.

(Nota do Blog: o blog informa que recebeu informações e fotos, equivocadas, muitas circulantes em redes sociais, após averiguações, foi feita nova redação, a imagem antes usada, não corresponde com a da vitima de Covid-19, pelo engano, a redação pede desculpas a dona da imagem, seus familiares e amigos, bem como o leitor. Editado: às 8:00 de 22/10/2020) 

 

 


Eis ai o provável preço das “aglomerações” provocadas por eventos políticos e às vezes, nem sempre as vítimas participam destes eventos,  são contaminadas por terceiros. Em Paramirim a Justiça Eleitoral proibiu eventos políticos que provoque aglomerações.

Desportista, primeira vitima de Covid em Ibipitanga. (Foto Redes Sociais)

Essa primeira morte registrada em Ibipitanga, nesta manhã de terça feira, 20, se trata de um jovem de apenas 24 anos, aparentemente gozando de perfeita saúde física e mental, contrariando assim, do que se diz e conhece do “público alvo” do Covid-19. A morte ocorreu em Vitória da Conquista, a vitima Uanderson Santos, era conhecido por Uzim, solteiro, treinador de futebol amador, ou seja um desportista em plena forma física, não foi o suficiente para reduzir as estatísticas desta triste e traiçoeira doença.

Segundo o ultimo boletim, publicado nesta segunda 19, foram registrados 07 novos casos, subindo para 149 registros, destes 89 curados, 56 ativos e 01 óbito que não consta neste boletim. O município de Ibipitanga conta com apenas 02 leitos para o Covid-19, os quais estão ocupados, e mais um improvisado, segundo nota, e tendo 04 pacientes em estado grave em Vitória da Conquista.

Veja o ultimo boletim e nota da Secretaria de Saúde de Ibipitanga,

 

 


Em vídeo postado nas redes sociais o prefeito de Macaúbas, Amélio Costa Jr. também candidato a reeleição, apresenta a Praça da Bela Vista, em fase de conclusão. Segundo o vídeo, o novo espaço representa “mais uma opção de lazer e prática de atividades físicas, beneficiando a todos do bairro com mais qualidade de vida”
Segundo o prefeito, a praça terá academia ao ar livre, banheiro público e área de lazer tanto para jovens, quanto para adultos e idosos, diz que 80% do bairro já conta com pavimentação, afirma que sua administração sempre contou a participação popular.

Comarca de Paramirim

Conforme decisão do juiz eleitoral da Comarca de Paramirim, que compreende os municípios de Água Quente, Caturama, Rio do Pires e o próprio Paramirim, pedido este do Ministério Público local, que viu na região, a exemplo de Ibipitanga, que os eventos políticos sem controle aumentou consideravelmente o número de casos do Covid-19, levando a casos de internação fora do município, onde dezenas de pacientes de Ibipitanga foram transferido para Vitória da Conquista, visto que no município não há UTI ou respiradores suficientes.

Em Macaúbas o Prefeito Amélio Costa, candidato a reeleição, fechou as fronteiras da cidade, não podendo adentrar na cidade “turistas”, visitantes que não sejam a trabalho ou tratamento médico. Por enquanto, em Macaúbas, não há registro de eventos políticos de médio porte, há um consenso entre os candidato de não realizarem carreata ou “motocada”, para que se preserve a saúde do cidadão!

Veja trecho da determinação da Justiça Eleitoral de Paramirim, 111ª Zona Eleitoral:

Trecho final da decisão:

“[…] acolho o pleito liminar contido na inicial para determinar que os requeridos, acima nominados, cumpram integralmente as regras sanitárias expressamente recomendadas pela autoridade sanitária estadual, por meio do Parecer Técnico COE Saúde nº 20/2020, abstendo-se de promover, incentivar, realizar ou participar dos atos de propaganda eleitoral presenciais que contrariem, em especial, as seguintes orientações técnicas:a) proibição de eventos presenciais como comícios, passeatas e caminhadas;b) proibição de realizar carretas acompanhadas por pessoas a pé;c) proibição de distribuir panfletos, folhetos, adesivos, dentre outros impressos, durante as carreatas;d) proibição de desfilar em veículo aberto, acompanhado de mais de 03 pessoas.Fixo multa no valor de R$20.000,00 (vinte mil reais) para cada ato de descumprimento dessa ordem judicial, que será destinada ao Fundo Partidário.”


Senadores sugerem ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que a expansão no valor do Bolsa Família desejada pelo governo aconteça aos poucos, em um período de três anos.

De acordo com o site Congresso em Foco, a ideia desses parlamentares é que o aumento do benefício, em média de R$ 190 atualmente, seja de menor proporção em 2021 e ampliado nos dois próximos anos. O Palácio do Planalto enfrenta dificuldades de achar fontes de financiamento para o Renda Cidadã, que ampliaria o valor do benefício e o número de beneficiados.

A senadora Kátia Abreu (PP-TO) foi uma das que sugeriram ao ministro a ideia. De acordo com ela, ainda não há definições de quais seriam os valores. “Estamos modulando. Fazendo contas. Sugestões apenas. Eles decidirão com o PR [presidente da República]”, disse para a publicação.

A senadora e o senador Renan Calheiros (MDB-AL) foram os principais articuladores do jantar que culminou na trégua entre Paulo Guedes e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na semana passada, após os dois se atacarem publicamente nas últimas semanas.

Responsável por elaborar o texto do novo programa social, o senador Márcio Bittar (MDB-AC), já havia mencionado a ideia de escalonar o valor há um mês em entrevista à Rádio Bandeirantes. Na época, ele disse que o valor do programa poderia ficar entre R$ 200 e R$ 250 em 2021.

“Você tem aí, tirando o orçamento que está carimbado para o Bolsa Família, tem que buscar R$ 30 bilhões, a conta não é fácil. É possível, estou falando de hipótese, é possível que o programa nasça para o primeiro ano com o valor menor para subir no outro ano e no máximo no final do ano que vem a economia brasileira estará voltando a crescer”, declarou o emedebista.

“O que considero fundamental, que seja de R$ 200 no primeiro ano, que já seria maior do que Bolsa Família, ou que a gente consiga chegar até R$ 250. O problema é simples, tem que tirar de algum lugar e quando você pega o orçamento do país, vem praticamente com 96% engessado, por isso que na outra PEC [do Pacto Federativo], aliás vai ser uma coisa só, proponho a desvinculação”, disse Bittar.

A ideia inicial do governo era que o programa pudesse chegar a R$ 300 já em janeiro de 2021, que é o valor atual do auxílio emergencial, que acaba em dezembro deste ano. No entanto, após o veto de Bolsonaro na sugestão de cortes de outros benefícios sociais, há pouca margem para destinar verba para o benefício.

As discussões sobre o Renda Cidadã estão paralisadas e só devem voltar acontecer em dezembro, após as eleições municipais. Devido ao calendário apertado para votar as matérias desejadas pelo governo, o Planalto tenta um acordo para que os trabalhos legislativos prossigam em janeiro e que seja cancelado o recesso.

Fonte Bahia Notícias


Por uma falha involuntária o sistema do blog usou de forma indevida  a imagem da cidadã Luyara Kelly, a qual estava sobreposta ao seu titulo de eleitor, em matéria publicada no dia 29 de setembro, onde se tratava de aumento de casos de Covid-19 no município de Macaúbas, cuja manchete foi: “Em menos de 60 dias, Macaúbas tem crescimento de 100% dos casos de Covid-19″… A cidadã macaubense  Luyara Kelle, o blog se retrata com os devidos pedidos de desculpas estensivos a sua família e amigos, bem como aos leitores do blog, pelos transtornos causados, e reafimra seu compromisso em levar informações de qualidade a seus leitores. E escalrece ainda, que a foto indevidamente selecionada de forma automática e aleatória pelo sistema, fez parte de um post publicado em maio de 2018, que tratava de “nome social no título de eleitor”. Por fim, o blog retirou de imdiato a imagem assim que tomou conhecimento, sendo a mesma deletada de seus arquivos.

 


30km apenas separam as duas cidades, e a relação entre as duas são intensas, mais ainda entre os interiores dos municípios, onde Ibipitanga, há registros superiores a 50 casos ativos, que segundo consta a origem maior foi por aglomerações devido a campanha eleitoral, uma desnecessidade que pode custar vidas. Segundo fontes da secretaria local em seu boletim diário, há pelo menos 04 caos que inspiram cuidados, um  transferido para Vitoria da Conquista, dois internados no hospital local e outros tomando oxigênio em casa.

 

Em Macaúbas, segundo o boletim desta sexta feira, 16, constam apenas 02 casos ativos, e há alguns dias que não há registro oficial de novos casos. No entanto, ainda é visto “focos” de aglomerações desnecessárias. Espera-se que os postulantes a vagas tanto aos cargos do executivo como do legislativo não incentive a realização de carreatas ou coisa parecida, mantendo o atual ritmo da campanha, com visitas controladas e reuniões de pequeno porte, e o uso das redes sociais que é o canal democrático e que chega a maioria da população.

 


A conciliação é a maneira mais fácil e rápida de resolver problemas, já que funciona como uma negociação, na qual ambas as partes buscam uma solução confortável para a situação. Ela é uma opção bastante democrática quando as partes possuem divergências, uma vez que podem resolver o problema muito mais facilmente.

Além disso, a conciliação é válida para diversos tipos de ação, como:

  • Partilha de Bens;
  • Acidente de trânsito;
  • Dívidas em bancos;
  • Danos morais;
  • Demissão do trabalho;
  • Pensão alimentícia;
  • Divórcio, etc.

Em outras palavras, qualquer pessoa pode solicitar a conciliação em um processo civil. E, para isso, basta ir ao Tribunal e buscar o núcleo, centro ou setor de conciliação e fazer o agendamento da audiência.

Neste momento, não há intermediação do juiz, uma vez que só é necessária a presença do conciliador. Assim, ele te ajudará a chegar a um acordo que seja benéfico para todos.

Por fim, lembramos que a conciliação possui como princípios basilares a informalidade, simplicidade, economia processual, celeridade, oralidade e flexibilidade processual. Logo, ela é muito mais prática que um processo judicial. Tanto é assim que apenas se as partes não entrarem em acordo é que o processo segue para a Justiça Comum.

Portanto, sempre que possível, aconselhamos que siga o caminho da conciliação para resolver seus problemas.

_______________________________________________________________

Escritório de Advocacia Valença, Lopes e Vasconcelos.

Saiba mais: www.vlvadvogados.com/