A obesidade é uma doença caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura no corpo, e geralmente está associada a problemas de saúde.

Ela é um fator de risco para doenças como câncer, hipertensão arterial (pressão alta), doenças cardiovasculares, apneia do sono, osteoartrite e Diabete Melittus tipo dois.

O aumento do peso corporal é uma tendência mundial. Muitos associam a obesidade à rotina frenética das grandes cidades, que levam muita gente a adotar hábitos nada saudáveis.

Nos Estados Unidos, por exemplo, cerca de 97 milhões de pessoas estão acima do peso, e no Brasil a tendência é a mesma: 40% da nossa população está acima do peso.

Mas como a obesidade é diagnosticada?

Uma equipe profissional multidisciplinar vai avaliar o seu histórico familiar, evolução do peso, hábitos alimentares, fatores sociais, ambientais e psicológicos;

Perímetro abdominal também é observado (foco na cintura!);

Exames para conferir a tensão arterial, dos níveis sanguíneos de lípidos e de glicose também são realizados;

Além da relação peso x altura com cálculo do índice de massa corporal (IMC).

Depois dessa análise, a pessoa obesa passará a ter uma nova rotina: reeducação alimentar e exercícios físicos serão os aliados dessa fase!

Estar disposto a mudar e manter o pensamento e a atitude positiva já vão te ajudar; o incentivo da família e dos seus amigos também será muito bem-vindo.

Você está pronto para mudar de vida? Comenta “SIM, EU QUERO” para contar com a nossa ajuda!

www.santanafitsutido.com.br

Fonte: http://institutoararaazul.com.br/wp-content/uploads/2018/09/Art


Após caso no Rio, Sesab deverá suspender vacinação de gestantes na Bahia

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) confirmou ao Bahia Notícias que vai seguir a orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e determinar a suspensão da vacina desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca, com a Universidade de Oxford, para mulheres grávidas. O órgão regulatório divulgou uma nota técnica na noite desta segunda-feira (11), recomendando que o imunizante seja aplicado conforme indica a bula, que não prevê o uso em gestantes.

A medida ocorre após o Ministério da Saúde abrir investigação para analisar o caso de uma grávida que veio a óbito após tomar essa vacina no Rio de Janeiro. Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, houve relatos de outro caso na Bahia, mas o Ministério da Saúde confirmou apenas o óbito da gestante no Rio (veja aqui).

Procurada pelo BN, a Sesab reforçou que até o momento nenhum caso foi registrado em território baiano, mas apontou a existência de rumores de registros na Bahia e em São Paulo, “sem qualquer confirmação”.

Ainda assim, a pasta vai seguir a orientação técnica da Anvisa. A assessoria de comunicação da secretaria disse que os municípios estão sendo comunicados.

No caso de Salvador, em que gestantes estavam habilitadas para receber a vacina hoje, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou ao BN que já está seguindo a orientação.


Ex-presidente sinaliza que PT abriria mão de candidaturas estaduais para tentar voltar ao Planalto e faz giro de encontros com velhos caciques da política, da esquerda à direita

Os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e José Sarney, em encontro em Brasília na última semana.RICARDO STUCKERT / INTITUTO LULA

Segundo nota do portal El Pais, (veja aqui) De olho nas eleições de 2022, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) começou a mover as suas peças no tabuleiro para a sucessão de Jair Bolsonaro (sem partido). Em cinco dias em Brasília, o principal antagonista do atual presidente promoveu uma série de reuniões em um hotel de luxo, que simbolizam o pontapé extraoficial do PT para tentar voltar ao Palácio do Planalto. Esteve com representantes de diversos espectros políticos ―da direita, do centro e da esquerda. Articulou composições em chapas eleitorais em Estados considerados chave para o seu grupo, como Rio de Janeiro, Pernambuco, Ceará, Maranhão, Alagoas, Amazonas e Espírito Santo. Foi o primeiro grande movimento político do petista depois que ele recuperou os seus direitos políticos, após uma decisão do Supremo Tribunal Federal.

Entre a classe política, Lula tenta firmar um pacto que implicaria na formação de uma frente anti-Bolsonaro, se não para o primeiro turno das próximas eleições presidenciais, para o segundo. “Está muito claro que, independentemente de quem esteja contra o Bolsonaro no segundo turno, todos os democratas estarão ao lado do adversário do atual presidente”, disse um dos líderes partidários com quem Lula se reuniu, mas que não quis ter seu nome divulgado.

Um exemplo claro da costura que o ex-presidente Lula tem feito com vistas aos palanques estaduais para 2022 está no Rio de Janeiro. Nesta semana, Lula sinalizou que o PT abrirá mão de concorrer aos cargos majoritários em apoio a Marcelo Freixo (PSOL) para o Governo e a Alessandro Molon (PSB) para o Senado. “Um consenso entre nós é o de derrotar o bolsonarismo em 2022, sobretudo em seu berço político, o Rio de Janeiro”, disse Molon.

A alternativa contra o bolsonarismo seria não fechar portas ao PSD, que deverá filiar nos próximos meses o atual prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia, que hoje estão no DEM. Lula tem relação de amizade com Paes e nos últimos dias conversou em Brasília com Maia e com o presidente do PSD, o ex-ministro Gilberto Kassab. Membro do Centrão, o PSD ocupa o Ministério das Comunicações no Governo Bolsonaro e tem cargos no segundo e terceiro escalões. Boa parte de sua bancada apoia o presidente no Legislativo. Mas, para o ano que vem, a orientação é não estar no mesmo palanque que ele e, talvez, lançar um candidato próprio à Presidência da República.

Lula ainda esteve com representantes do MDB, como o ex-presidente José Sarney, o ex-senador Eunício Oliveira e o deputado Isnaldo Bulhões. Com eles, assim como com o senador Weverton Rocha (PDT), discutiu composições para chapas eleitorais no Nordeste que poderiam até dividir palanque com Ciro Gomes, o presidenciável do PDT em constante conflito com os petistas. Uma sensação entre os partidos de esquerda é que o PSB, antes completamente alinhado com Ciro, agora, pode bandear para o PT.

Entre os representantes da centro-direita, o ex-presidente conversou com dois nomes que hoje são da base de Bolsonaro, mas que já deram suporte aos governos petistas, o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (Republicanos), e a presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, Kátia Abreu (PP). “Com o Marcelo discutiu-se questões locais do Amazonas e agenda legislativa. Com a Kátia, temas relacionados aos pequenos produtores rurais e à agenda internacional”, explicou Hoffmann. Ele ainda convidou o senador Fabiano Contarato (REDE) a se filiar ao PT para concorrer ao Governo do Espírito Santo.

Mais do que juntar as pontas para 2022, o ex-presidente entende que o momento de desgastar o Governo Bolsonaro é justamente agora, quando ele tem tido suas vísceras expostas na CPI da Pandemia, no Senado, que investiga a condução da gestão federal na crise sanitária causada pela covid-19. Na última semana, dois ex-ministros ―Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich― e o atual ministro da Saúde ―Marcelo Queiroga― depuseram no colegiado e referendaram a sensação de que Bolsonaro não lhes dava autonomia para atuar, agiu na contramão da ciência e em favor da disseminação de medicamentos ineficazes no combate ao coronavírus. “Da CPI é bem possível que tenhamos uma comprovação de uma série de crimes de responsabilidades do presidente Bolsonaro. Isso pode gerar um desgaste em sua imagem”, afirmou o líder do PT no Senado, Humberto Costa.

Outra linha de ação da oposição capitaneada por Lula é o de demonstrar que a crise econômica decorrente da pandemia poderia ser amenizada caso houvesse a continuidade do pagamento do auxílio emergencial de 600 reais pelos próximos meses. Uma articulação no Congresso Nacional tem ganhado força nesse sentido. Há a tentativa ainda de convocar o ministro da Economia, Paulo Guedes, para pressionar pela ampliação do auxílio.

Lula também se aproximou de embaixadores para dizer que está aberto ao diálogo e à cooperação com a comunidade internacional, com ou sem mandato político. Ele atendeu ao convite para conversar com representantes de seis países: Reino Unido, Alemanha, Argentina, Moçambique, Grécia e Cuba. No centro dos debates estavam a proteção ambiental, a pandemia de coronavírus, o acordo entre o Mercosul e a União Europeia e o apoio do Brasil aos países mais pobres. “Os embaixadores querem saber como o Lula está vendo o Brasil. E ele queria ouvir dos diplomatas como nós estamos sendo vistos lá fora”, afirmou a presidenta do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann, que participou da maioria dos encontros.

“O movimento do Lula em Brasília é para tentar melhorar sua imagem, que ficou manchada depois de sua prisão. Quer se mostrar como uma pessoa de diálogo, independentemente de quem seja o interlocutor”, diz o cientista político David Fleischer, professor emérito da Universidade de Brasília (UnB). “Agora, ele está, de fato, assumindo o seu papel de candidato”, acrescenta o especialista.

Nos próximos meses, o ex-presidente deverá retomar uma agenda de viagens pelo país em reuniões restritas, já que a pandemia impede a participação em encontros mais amplos.


Em contato com a redação do blog, a Assessoria de Comunicação da Associação Comercial de Macaúbas, trás informações dos primeiros 30 dias da nova diretora, para conhecimento dos associados e de toda comunidade. Veja:

“E o que ACIMAC faz?

A Diretoria Desenvolvimento, Diálogo e Ação- 2021-2023, está com 30 dias de posse da nova gestão e para isso vamos apresentar os principais pontos ocorridos neste curto prazo para que vocês conheçam e participem dos projetos em prol a todos. Para quem não acompanha os informes digitais e nossas redes sociais, lembre-se que estamos disponíveis nos números 77 99958-5016 ou pelo whatsapp 77 99090-0610 para melhores informações e esclarecimentos.

Iniciamos o mês de abril com adesão do Programa Capacitar, para melhoramento da ACIMAC com gestão da entidade, desenvolvimento da cultura associativa, diversificação e ampliação do portfólio de produtos e serviços, relacionamento e representação institucional e desenvolvimento local, através da parceria do SEBRAE e Faceb. Realizamos o diagnóstico e agora estamos na etapa de pesquisa de mercado. Alguns de vocês já responderam uma pesquisa que abordará tanto associados como não associados, totalizando 200 empresas. Ainda esse mês iniciaremos a etapa de Planejamento Estratégico e teremos agenda de ações até dezembro de 2021.

Houve também reuniões para alinhamento e encaminhamentos para a nova Gestão Pública Municipal com apelos aos decretos municipais, permanecendo com 60 dias de comércio aberto. Lembramos a todos para não afrouxar com as medidas de proteção em seu comércio, lembrando em ter sempre disponível álcool em gel, uso obrigatório de máscaras e evitar aglomerações dentro dos estabelecimentos, além de uma boa higienização do local. Isso é muito importante para defendermos a classe.

Estamos com o atendimento mensal da Analista Sebrae em nossa entidade. Para solicitar o diagnóstico digital, caso tenham interesse, ela estará atendendo nos dias 27/05 em Boquira e 28/05 em Macaúbas. Também houve início dos atendimentos do Programa Negócio a Negócio, mais uma parceria com Sebrae e exclusivos para associados. Realizamos seleção de pessoas para empresas associadas e divulgamos mais de 40 empresas em nossas redes sociais.

Conseguimos a inclusão da Sala do Empreendedor para atendimento em um só lugar aos empresários de Macaúbas e região, na sede da ACIMAC, onde já funciona a JUCEB, emissão de Certificado Digital, serviços exclusivos do SPC Brasil (maior empresa de banco de dados para proteção de crédito da América Latina) suporte ao empresário e ao consumidor com o GRN Cred, além de outros parceiros. Sua contribuição estatutária colabora para manutenção destes serviços.

Criamos e apresentamos nossas novas marcas dos Conselhos de Boquira, Ibipitanga e de Jovens Empreendedores. A diretoria da ACIMAC e CJE estão em fase final para apresentação de um novo serviço aos empresários com foco na geração de renda, emprego e trabalho para os jovens em Macaúbas, que é o programa de estágio regulamentado com a empresa Estágio Integrado do Brasil -EIB, mais uma importante parceria que vai trazer para empresário economia e para os jovens mais oportunidade.

Segue os nomes dos integrantes da nova diretoria para que todos os conheçam. Estamos sempre de portas a abertas para recebe lós e conhecer nossa estrutura. Participem e aproveitem todos os nossos serviços e benefícios. É muito importante o acompanhamento dos informes pelo grupo dos associados e também na rede social da entidade @acimac.macaubas, além de informes e visitas comerciais que realizamos todo mês e caixa de diálogos nas redes sociais, na sede da associação, ouvidoria para ouvir suas sugestões, críticas e ideias.”

(Fonte: Assessoria de Comunicação da Associação Comercial de Macaúbas) 

 

Presidência
1º Presidente Leonel Gomes Mendonça
1ª Vice-Presidente Roselene Defensor Araújo
2º Vice-Presidente Cláudio Assunção S. Oliveira
Secretaria
1ª Secretária Maridalva Cardoso B. Fraga
2º Secretario José Chaves Pereira
Diretoria Jurídica-Financeira
1º Diretor – Tesoureiro Reginaldo Dantas de Souto
2º Suplente -Tesoureiro Irineu de Almeida Bastos
Diretor de Comunicação e Integração
1ª Diretora Rosania D. de Souza Seixas
2º Suplente EreiltonA.Rêgo Costa
Diretoria de Planejamento, Projetos e Desenvolvimento Econômico – PPD
1° Diretor Joseilto Pereira Lopes
2ª Suplente Luciane M. Chaves Prado
Conselho Fiscal
Cons. Fiscal Eulange C. Rocha Menezes
Cons. Fiscal Anderson Luiz de Oliveira
Cons. Fiscal Ana do Carmo P. da Rocha
Cons. Fiscal Márcio Leão Domingues
Conselho de Jovens Empreendedores – CJE
Presidente Diogo Bastos Fraga
Diretora Financeiro Saionara N. S.S. Azevedo
Secretária Luciara M. de Oliveira
Suplente Raelson Souza Silva
Conselho do Comércio e Industria de Boquira – CCIB
Presidente Janette Cristina Cortês
Diretor Financeiro Jânio Boeno dos Dantos
Secretário Lúcio Fernandes P. da Silva
Suplente Ordálio Silva Júnior
Conselho do Comércio e Industria de Ibipitanga – CCII
Presidente  Roques José Pereira
Diretora Financeiro Olgair S. Silva Macedo
Secretária Ariaguina P. P. Miranda
Suplente Manoel Orlando de S. Reis
Conselho Consultivo
Cons. Consultivo José Almir da Silva
Cons. Consultivo Adailson Souza Pires
Cons. Consultivo José Carlos Roque Oliveira
Cons. Consultivo Alécio Brandão

 


(*)Jobijander Pinto da Purificação.

            Manhã fria, dirigindo seu veículo, vidros fechados. O ambientalista avistou logo a cima do assoalho, próximo ao câmbio um pacote de balas de morango, eis que, abre uma e coloca o plástico que a envolvia em seu bolso. Quando surge um pensamento! “Baixar o vidro e joga-lo pela janela”.

            Neste exato momento, pensou! Jogar ou não jogar o plástico pela janela? Quando de repente, passa um filme em sua mente. O plástico voando pela janela e caindo no acostamento, após dois dias, com o sol no zênite, o odor do açúcar envolvido pelo aroma artificial de morango, se disperse pelos arredores, ali próximo, passeia um camundongo silvestre, que percebe o cheiro e se dirige para a beira da pista, averiguando-o. De repente, vem em sua mente! Primeiro: o roedor por estar exposta a beira da pista, fora da vegetação, uma ave de rapina o vê e o captura, pobre roedor; segundo: o plástico poderia se deslocar para a pista e algum veículo, ao passar atropele o animalzinho. Coitado!

Mas, mesmo, com tudo isso, poderia acontecer o pior, o pobre animal, poderia começar a passar a língua sobre o plástico, embriagado pelo sabor delicioso do açúcar, comece a mastigar e de repente, engula a embalagem, após algumas horas, com fortes dores abdominais, o pobre bichinho fica incapacitado de comer e bebê, e enfraqueça com isso tudo, desnorteado comece a perambular. E a esmo, quando de repente, surge uma assustadora cobra verde, e com seu enorme apetite, se deparando com uma presa fácil, lance o bote, o envolvendo em um abraço frio e mortal, pronto! Adeus ratinho.

            Mas, isso não acaba ai, devido à ingestão do roedor, a pequena e assustadora serpente, começa a se sentir mal, isso após a digestão do ratinho, onde o plástico não foi absorvido pelo seu organismo, pobre cobrinha. O efeito depois de alguns dias é quase que fatal, o animal fica parado, inerte por dias, o aparelho digestivo travado, o plástico ainda intacto em suas entranhas a incomoda. Sem suportar mais, o reptil resolve se aquecer ao sol. Veja só que triste fim, com o sangue ainda frio, o plástico incomodando em sua barriga, o animal fica ainda mais lento, enquanto no alto de uma enorme árvore, uma aroeira ressequida pelas intempéries climáticas, um gavião carijó empoleirado, observa e se lança sobre a cobra. Agarrado-a com suas garras afiadas, lá se foi uma cobra, após o seu aperitivo matinal, e de papo cheio, a ave resolve descansar em um galho de jurema preta.

            Ali estava a ave de rapina, de papo cheio, mas, de repente, sentiu um incomodo estranho, mais uma vez o plástico atua, após os líquidos corrosivos da digestão, consumir toda a cobra, o plástico cola em seu aparelho digestivo. Mais uma vítima, o gavião sem poder alçar voou, sem poder se alimentar nem beber, sucumbe e cai ao solo.

            Olha lá quem vem farejando o chão! Sim, ela mesma, uma raposa da Caatinga, esguia e sorrateira, aproveitadora de qualquer oportunidade para se alimentar, encontra ao chão o pássaro desfalecido. Imediatamente, o carrega para sua toca e começa a se alimentar. Pobre canídeo, após esta saborosa refeição, não deu outra, todos os restos mortais da ave foram absorvidos, transformados em energia para o seu corpo, a parte desnecessária foi expelida em suas fezes, enquanto o pequeno pedaço de plástico continuara em seu estomago, fazendo-a contrair-se em cólicas terríveis. Mas seus esforços para tentar eliminar o que a incomodava, foram em vão. Mais uma vítima.

            Tudo tem fim, mas, como o plástico leva centenas de anos para se decompor, a raposa começou a entrar em estado de decomposição, sua carne exala o forte odor característico de putrefação, cheiro irresistível para os urubus, eita! Olhe o urubu se aproximando…

Em seus devaneios, se assusta o ambientalista! Melhor deixar o plástico no bolso, levar para casa e da à destinação correta. Pensando bem, mesmo depois de passar por tantos aparelhos digestivos, possa ser que o plástico ainda tenha o mesmo odor artificial do morango. Vai que o urubu morra, e outro rato encontre o plástico…

 

Não existe jogar fora! Tudo que produzimos fica aqui, será lançado e decomposto na natureza.

Macaúbas – Bahia, 04 de maio de 2021.

 

De acordo com dados do Ministério do Meio Ambiente, o plástico leva mais de 400 anos para se decompor, mas é preciso ampliar informações sobre o assunto.

 O termo “tempo de decomposição” refere-se ao tempo que os produtos levam para se decompor e desaparecer do meio, variando de acordo com a natureza do material. Além do longo período de decomposição, muitos materiais causam danos ao meio ambiente e à saúde de seres humanos e animais se descartados de maneira incorreta, como é o caso do plástico.

Grande parte das embalagens de plástico que consumimos podem ser recicladas, entrando novamente na cadeia de produção e livrando o meio ambiente de um amontoado de resíduos cuja decomposição levará milhares de anos.

Fonte: https://www.ecycle.com.br/8207-tempo-de-decomposicao-do-plastico.html

Imagens Fonte: https://www.google.com/search?sxsrf=ALeKk02RsP0XB6XveKK-bN-u7WIYG_f9kw:1620650677069&source=univ&tbm=isch&q=lixo+plastico&sa=X&ved=2ahUKEwjX_qSfkr_wAhWMpZUCHW4uAbYQjJkEegQIBBAB&biw=1517&bih=730 e,

https://www.google.com/search?q=cadeia+alimentar&tbm=isch&ved=2ahUKEwjbiumlkr_wAhXkt5UCHXEYB6QQ2-cCegQIABAA&oq=cadeia+alimentar&gs_lcp=CgNpbWcQAzIFCAAQsQMyCAgAELEDEIMBMgUIABCxAzIFCAAQsQMyAggAMgIIADICCAAyAggAMgIIADICCAA6BAgjECc6BAgAEEM6BwgAELEDEENQ46IPWNu-D2CYww9oAHAAeACAAYUCiAGLFpIBBjAuMTMuM5gBAKABAaoBC2d3cy13aXotaW1nwAEB&sclient=img&ei=wiqZYNuhLuTv1sQP8bCcoAo&bih=730&biw=1517#imgrc=q14djDYwd-L2AM

 

(*)Jobijander Pinto da Purificação.

Tecnólogo em Gestão Ambiental

Pós Graduado em Direito Ambiental


Segundo nota da Prefeitura de Macaúbas, através de sua Secretaria de Saúde, equipamento de pulverização, este instalado num carro, o qual é apelidado de “carro Fumacê”,  retorna a Macaúbas, passando pelas ruas e soltando sua “fumaça”,  que tem por objetivo exterminar o mosquito Aedes Aegypti, transmissor das doenças da Dengue, Zika e Chikungunya, esta última que prolifera em Macaúbas descontroladamente!
Veja nota da Secretaria da Saúde com o itinerário do Carro Fumacê: 
…”A secretaria de saúde por meio da vigilância epidemiológica comunica a que hoje 8 de maio as atividades do carro fumacê da Dires acontecerá nos bairros:
Loteamento Bastos
Alto alexandrino
Luis Eduardo Magalhães
Alto do Cruzeiro.
100% dos bairros serão contemplados.
Estamos com suporte de 2 veículos trabalhando simultaneamente.
Os trabalhos acontecerão pela
manhã e a tardezinha (horários já estabelecidos nacionalmente).
Macaúbas trabalhando no combate ao Aedes aegypti.
Solicitamos que todos colaborarem no combate a dengue, Zika e Chikungunya:
Não deixem água parada em casa (latinhas, garrafas, tampas com água parada, lacre caixas e reservatórios de água, lave caixas e demais depósitos de água)
Faça sua parte!!

Mais…

Se se tratasse de um corrida nacional, Macaúbas estaria entre os 5 maiores em números percentuais de pessoas vacinadas com primeira dose, este só não é maior pela falta do imunizante, o que pode ser creditado isso, ao fiasco do Programa Nacional de Imunização, administrado pelo Governo Federal. Segundos dados da Secretaria de Saúde da Bahia, até ontem 07/05, Macaúbas tinha recebido 11.800 doses, destas já foram aplicadas pelo menos 74,5%, o que representa 8.790 pessoas, isso com a primeira dose. Já a população vacinada com a segunda dose, foram 4.678 pessoas, que representa pouco mais de 9% de sua população.

Se tivéssemos vacinas suficientes para serem aplicadas em toda população, é possível que o município de Macaúbas vacine em 30 dias todas as faixa etárias de maior risco. Segundo costa o país tem um potencial vacinal de mais de 1 milhão de pessoas/dia, e Macaúbas, bem como outros municípios, também tem acesso a mesma rede, que “era” exemplo no mundo, quando se tem vacinas suficientes!

Os esforços do governo baiano, se justificam também pela pressa que a doença exige, por outro lado, por uma “concorrência política” com seu rival federal!… Todos correndo atrás da “luz” nos noticiários e terem uma posição mais privilegiada na “vitrine eleitoral” de 2022…


Apesar dos 04 novos casos confirmados por meio de teste rápido, os quais estes atestam que o paciente tem os anticorpos da doença (anticorpos são substâncias produzidas pelo sistema de defesa humano quando algum  microrganismo ou algum corpo estranho entra em contato com o corpo) Sendo assim, é possível que estes pacientes não tenham complicações mais sérias. Do boletim do dia 06 para o dia 07 (desta sexta feira), a queda nos números de pacientes infectados, que ainda estão se curando, os casos ativos, tiveram uma queda considerável de 29%, saindo dos 55 anteriores para os 39 atuais.

Vacina também tem contribuído para reduzir números em especial nos idosos

O pico de aumento do dia 02 para o dia 03 de 113%, tem a contribuição de 15 casos diagnosticados entre servidores da saúde, no entanto, numa contraprova em laboratório particular, pelo menos 04 deram resultado diferentes do encontrado pela SESAB (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia), tendo estes apresentado resultado negativo!

A boa nova de queda de 29% não justifica ainda o relaxamento nos cuidados, visto que segundo dados da SESAB, estamos com apenas 17,5% da população imunizada com a primeira dose e pouco menos de 9% com a segunda dose. É também possível creditar uma parcela desta queda ao bom percentual de vacinados, o que assemelha ao número geral apresentado pelo estado baiano. Este processo era pra está em números mais avançados se não fosse a falta de doses e o mal planejamento do Governo Federal.