Milho Hidropônico: Solução barata e pratica
Puxador dos vagões na área da saúde regional, Paramirim também é destaque no agro, com  iniciativas que fixam o homem no campo, principalmente nesta época de estiagem, onde o lavrador tem que conviver longo período com a seca, sacrificando assim animais, onde muitos destes padecem de sede e fome! A iniciativa da Secretaria de Agricultura de Paramirim, conforme vídeo publicado no facebook, (VEJA AQUI) mostrar de forma simples e barata a produção do milho hidropônico, uma técnica bem difundida em outras regiões, mas para nós do “Vale do Esquecimento”, parece ser novidade para muitos criadores. O cultivo do milho hidroponizado, fornecido para a alimentação dos animais, garante o nível volumoso com 9% de proteínas, necessário para que não haja perda de peso em período de seca, época em que há escassez de forragem no campo. Como bem explica o engenheiro agrônomo da Prefeitura de Paramirim, Joel Vieira. Vale a pena assistir o vídeo, é uma técnica simples, de baixo custo que pode fazer a diferença entre a vida e a morte para muitos que sobrevivem de pequenas propriedades rurais tanto em Paramirim, como em toda região.
Joel Vieira: Agrônomo da Prefeitura de Paramirim fala sobre a técnica
O blog manteve contato como o Prefeito de Paramirim, Gilberto Brito, o qual colocou a disposição dos interessados mais informações através de sua Secretaria de Agricultura. Beto também é autor da Cartilha Convivência com a Seca, a qual foi ofertada gratuitamente em milhares de volumes a agricultores de toda região, bem como a Secretaria de Agricultura de Macaúbas, que aparentemente não se interessou pelo assunto.
Veja trecho da publicação no Facebook da Prefeitura de Paramirim:(clique aqui)
De alta palatabilidade para animais e nutritivo
Milho hidropônico •
Com o período de seca muito produtores enfrentam dificuldades em alimentar suas criações de animais. Neste vídeo nós mostramos uma opção prática e viável que pode ajudar inúmeros agricultores: o Milho hidropônico.
Confira no vídeo a reportagem produzida pela Prefeitura de Paramirim, que ensina passo a passo dessa nova produção que está ganhando cada vez mais espaço no país”

Publicado no Diário Oficial do Município de Macaúbas, a exoneração, a pedido, de Soraia Pereira Bizerra, na ultima terça feira, 09 (VEJA AQUI)e hoje, quarta feira – foi nomeada a nova secretária que já tomou posse, a senhora Naiane Carvalho de Souza, (AQUI)  – nesta quarta o dia foi de transição, “reconhecimento de campo” e, certamente ajuste no quadro de pessoal de segundo escalão, é de praxe as movimentações, trocas e substituições quando se muda “a cabeça pensante” e mais, quando se quer obter resultados diferentes dos já conhecidos!

Uma boa saúde se constrói diariamente!

Os desafios: 

A saúde pública brasileira, como a educação sempre serão desafios para qualquer gestor, primeiramente por se tratar de um pais continental, mas esta não é a primeira razão, o nosso “gargalo” na gestão pública, é o próprio político/gestor, que às vezes é mais político que gestor e na maioria das vezes menos gestor que político, aliado a um sistema “infeccioso” e “vicioso” que são típicos dos porões das administrações latinas! Em nosso burgo, é certo que passa também pelas mesmas hipóteses, contudo, o que Macaúbas não pode queixar é exatamente de recursos públicos, segundo o portal G1, os recursos para a atenção básica mais que dobraram neste governo, graças a enxurrada de emendas parlamentares direcionadas para este setor. Fala-se na terceirização do Hospital de Macaúbas, e até já foi cogitada uma UTI, bem como um Centro de Hemodiálise… No entanto, um ação 0800 para o município, seria o incentivo/cadastramento das redes particulares junto ao PLANSERV, plano de saúde dos servidores do Estado, o que certamente reduzia a procura do SUS por estes servidores e assim, dando mais vagas e oportunidades para o cidadão que não tem plano! Para isso, a gestão municipal poderia se aliar com forças políticas e mobilizar tal iniciativa, tirando do SUS mais de 500 usuários, sobrando vaga pra você!

Quanto a particularidade dos desafios, são todos sabidos, passando pela melhoria de infraestrutura, mais especialidades médicas, normalização das cirurgias eletivas, implantação de uma maternidade e os supra citados – para que de fato Macaúbas, se torne um CENTRO de referência regional em saúde, atraindo assim pacientes/pessoas para sua sede, o que consequentemente aqueceria o comércio, resultando nisso mais emprego e renda ou seja: menos gente na FILA DA PREFEITURA! 


Se você não pode ir! Assista do sofá de sua casa!

Tradicionalmente ocorrem as quintas feiras a sessão do Legislativo de Macaúbas, na sede da Câmara localizada na Rua Arthur Antonio Costa, sendo a mesma transmitida ao vivo pela FM Macaúbas e pelas redes sociais da casa para todo o planeta, se você mora por aqui, assista!

Nesta sessão que será realizada na próxima quinta feira, 11 de agosto (Dia do Estudante), a qual será presidida pelo vereador Carlinhos de Antério, serão apresentados 04 Projetos de Lei de indicação dos vereadores, e mais a apreciação de 02 vetos do Executivo!

Veja a pauta desta sessão na integra:


Pracinha das Artes (Foto Blog do Jovane Sales)

O “imbróglio” iniciou a partir de uma denuncia “anônima” (com se isso fosse possível neste burgo), publicada no portal do comunicador Jovane Sales (VEJA AQUI) – o qual levou ao conhecimento público a existência de uma suposta irregularidade na construção de um empreendimento e posterior demolição de um muro que separava uma propriedade privada da Praça Francisco José Pereira, mais conhecida como “Pracinha das Artes! (deu mais trabalho fazer essa arte ai do que pra derrubar o muro)… Segundo consta, os proprietários da construção tinha autorização do município para edificar,  através de Alvará de Construção 067/2021, concedido ao cidadão Ademar Souza Figueiredo, o qual alega ter feito investimento superior a R$ 70 mil, gerando emprego e renda, e com a finalização da obra iria abrir mais vagas de trabalho num momento que vive o país com milhões de desempregados e com uma economia frágil.

Parte interna da construção (Imagem cedida)

No entanto…

….Ao que parece para a demolição do muro “separador” não tinha alvará! E é justamente ai o tal do “imbróglio” – o qual causou um situação difícil tanto para o cidadão, que alega ter formal e informalmente o consentimento do Passo Municipal,  bem como para o município, o qual foi denunciado ao Ministério Público local. A ação corre em “segredo de justiça”, um aceite contraditório da Promotoria de Justiça de Macaúbas, visto que se trata de uma ação de interesse público e que seu desdobramento é de interesse e deve ser de conhecimento comunitário. A redação do blog manteve contato com a Secretaria de Comunicação da Prefeitura, a qual informou que o jurídico irá se reunir com o Ministério Público para dar uma solução ao caso, geralmente estes “acertos” são feitos através de um TAC (Termo de Ajuste de Conduta). O blog também também manteve contato com o titular da pasta da Secretaria de Obras do município, por aplicativo de mensagem na ultima sexta feira, 05 – mas até o fechamento desta matéria não obteve retorno. Não foi possível manter contato com o MP, já que o caso corre em segredo de justiça!
Importante lembrar que a praça, hoje fonte de violência e relações explícitas, além de ser um suposto ponto de uso de drogas ilícitas, ganharia uma nova destinação, ou apenas cumpriria com a sua finalidade, que é promover o lazer, o acolhimento social e a segurança de toda população que ali poderia melhor usufruir deste patrimônio público!
Além dos empregos gerados com o empreendimento, haveria uma melhoria significativa no bairro, trazendo, consequentemente, mais desenvolvimento para o município e arrecadação de impostos!
A presente discussão não versa simplesmente na autorização da obra, embora tenha. Mas sim, no abandono e descaso com a praça durante anos, sem qualquer movimento, inclusive amedrontando os moradores do bairro, que vivem a insegurança de não transitar livremente, alegam alguns moradores, o qual o blog teve acesso!

O cachimbo: 

Em Macaúbas é notório a “informalidade” que vive o Pode Público, coisas do Brasil, segundo consta, muitos outros patrimônios públicos, entre praças, logradouros, edificações, imóveis… Estão sob uso e “usufruto” de particulares, estes todos, com exploração comercial, e mais, alguns que até geram despesas para o Erário Público, isso mesmo, o cidadão, o pagador de impostos banca mordomias! Como o “cachimbo” há tanto tempo vem sendo mantido na mesma posição, acabou por “entortar a boca” e esta, “destronchada”, é vista como normal!

La revedere! 


Na verdade quem não se vacina, se assemelha mais a uma “anta” ou a um “asno”! Com as devidas ressalvas dadas a estes nobre animais, que certamente se vacinariam se necessário fosse! É sabido que a única forma eficaz de se combater esta infecção respiratória é com vacina, assim é com toda virose… Aliado a isso, os cuidados de higiene já sabidos! Neste domingo, 07 – a Secretaria de Saúde de Macaúbas através do instagram divulgou o boletim o qual trouxe pela segunda vez (após o São João), os casos zerados do Covid em Macaúbas, tendo apenas 09 casos notificados (suspeitos, aguardando resultado)! Saído de um pico que ultrapassou a casa dos 200 casos, após as festas juninas, saldo este que resultaram em algumas mortes, tendo até transferências e internamentos em UTI, hoje ver-se um momento de calmaria, que ainda não nos dar as razões para descuidar.

Ainda é visto um grande número de pessoas usando mascas nas ruas, o que reflete diversas situações do comportamento humano: um deles é o medo da doença (proteção), outro é o hábito (má informação) e entre outros a contradição (natural do ser humano), visto que a coerência é um dos maiores desafios da humanidade! Nota-se isso, com as guerras vistas, com a “correria” da vida, esta que apressa a morte! A insana mania do acúmulo de bens materiais (e o desgraçado sabendo que vai morrer, e quer produzir (ter mais dinheiro) que pode gastar durante toda sua vida), e mais: uso mascara andando sozinho na rua, uso mascara dentro do meu carro fechado e estando sozinho) mas aglomerado nas festas, não uso mascara, abraço desconhecidos, eles cospem na minha boca, bebo no seu copo, beijo me lambuzo todo de você… Uns pegaram o vírus e outros não! No entanto, se você fez tudo isso e não pegou! Então valeu a pena e se pegou e não morreu, também! E quem não fez nada disso,  ficou em casa, pegou e morreu? Será que você o matou por tabela?


A saúde sempre deve está na agenda de prioridades de qualquer gestão pública bem como de qualquer cidadão e reza a lei que a “saúde é um dever do Estado e um direito do cidadão”! E Macaúbas não deve fugir à regara, todos devem está envolvidos na missão de melhorar sempre o atendimento à saúde, principalmente a pública, na qual a população menos favorecida é quem mais precisa.

Marcelo Nogueira cobra melhorias e investimentos na saúde

Com este pensamento o vereador da União Brasil, Marcelo Nogueira, fez nesta semana duas importantes indicações de Projeto de Lei ao Executivo de Macaúbas, a de número 226/2022 que trata da aquisição de um aparelho de ressonância magnética, o qual não existe em Macaúbas na rede pública, e já a indicação 227/2022, trata da contratação de um médico especialista em gastrenterologia, justificando que a demanda da população é grande para esta especialidade, bem como a aquisição do aparelho que realiza exames de colonoscopia, sendo este um exame muito requisitado em Macaúbas.

As solicitações já foram protocoladas e aguarda-se um posicionamento do chefe do executivo e dos setores competentes da gestão em saúde do município. A demanda é cobrada e esperada por toda sociedade, alega o vereador Marcelo Nogueira.


Muito próximo !

O município de Caetité, a 170 km de Macaúbas, registrou seu primeiro caso suspeito de “Monkeypox”, doença conhecida como varíola dos macacos. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o caso está sendo investigado pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). Até o momento, a secretaria municipal de saúde ainda não se pronunciou sobre o caso. O paciente segue em isolamento domiciliar. A Bahia já confirmou 13 casos da doença, em Salvador, Santo Antônio de Jesus e Ilhéus.

Não mata tanto quanto o Covid-19… Mas pode!

Ainda de acordo com o órgão de saúde, a Bahia tem 69 casos suspeitos da doença. São notificações dos municípios de Amargosa (1), Aratuípe (1), Barra (1), Caetité (1), Cairu (1), Camaçari (1), Camamu (1), Conceição do Coité (1), Conceição do Jacuípe (1), Cruz das Almas (1), Dias D’Ávila (1), Ibicaraí (3), Ilhéus (1), Itaberaba (3), Itapebi (1), Itiruçu (1), Jaguaripe (1), Jeremoabo (1), Juazeiro (1), Lauro de Freitas (2), Nazaré (1), Salvador (35), Santa Cruz Cabrália (1), Santa Cruz da Vitória (1), Santo Antônio de Jesus (1), São Sebastião do Passé (1), Serra do Ramalho (1), Ubaitaba (1), Vitória da Conquista (1) e Xique-Xique (1).

(Nota do Achei Sudoeste, adaptada)


O que é comumente vista nos grandes centros, principalmente na capital paulista, onde o caos social tem o nome de “Cracolândia”, caos este fruto da incapacidade de gestão dos poderes nacionais constituídos indo do Executivo, passando pelo Judiciário e caindo no colo do Legislativo, e Macaúbas infelizmente faz parte deste mundo “civilizado” a sua moda! Ou seja, temos nossa própria “Cracolândia” seja ela em “pó” ou em “fumo”!
Por um fio!… (Imagem redes sociais)
Segundo nota do comunicado João de Jesus, que usou a redes sociais para informar que na última quarta feira, 03 – foi furtado em Macaúbas, numa propriedade rural próximo ao centro urbano, cerca de 200 metros de fio de energia elétrica. Uma ação característica para fomentar o mercado de drogas ilícitas, lembrando que Dipirona também é uma “droga”, o que difere as duas, é  apenas a dosagem, tanto é que existem as “drogarias” sem nenhum detrimento as farmácias!
E aparentemente não se tem como isso evitar, o instituto da “Cracolândia” – como um centro personalizado do consumo, mais que “drogas” – é um desalento social gravíssimo, que bate a nossa porta – e o consumo é o último vagão, deste nascem os “filhos” dos miseráveis sociais, dos que vivem as “margens” dos Bolsa Família, do Auxilio Brasil, do Vale Gás, precisamos urgentemente do “Auxilio Cannabis”! …
Veja nota do comunicador João de Jesus:
Um morador de Macaúbas/BA entrou em contato com o Portal para relatar um fato que ocorreu em seu estabelecimento rural, que fica próximo do bairro Loteamento Bastos, perto da subida para serra. Segundo ele, que prefere não se identificar, ao chegar na sua propriedade, na manhã desta quarta-feira (03 de agosto), se deparou com a falta de, aproximadamente, 200 metros de fio de alumínio dobrado e encapado grosso.
Como conta, o furto do material, que era usado para fins de eletricidade, ocorreu com a ajuda de uma escada. Isso devido o fio passar perto de uma casa, então ele acredita que a pessoa, na qual praticou essa ação, subiu num muro, depois no pé de umbu e realizou a retirada do objeto.
Mesmo que não há suspeita, o cidadão pede que caso a pessoa perceba alguém vendendo fio, por um preço baixo, pode avisar aqui nos comentários, que será analisado. Se ele conseguir recuperar os quase 200 metros do material, quem fizer a devolução receberá uma gratificação, pois o macaubense precisa muito do utensílio para fins de trabalho no local.”