Nesta terça feira, 11 – O Decreto 089 de 28 de julho/2020, deverá perder sua validade, o Prefeito Amelinho e um Comitê Gestor deverá editar um novo decreto para dar continuidade às medidas deste, prorrogado-as ou flexibilizando-as ou até mesmo alterando alguns itens, este novo decreto deverá ser publicado nesta terça feira.

Um abraço!…

Até então, neste período (de 14 dias), teve registro de alguns casos, no entanto a velocidade destes foram bem menor, o que mostra os resultados positivos adotadas pela Prefeitura e sua Secretaria de Saúde. Hoje, o município que antes tinha 25 casos ativos, conta com apenas 03, tendo daqueles 20 curados e 02 óbitos por causas outras.

Espera-se que o controle continue, mas que algumas medidas sejam flexibilizadas, como a abertura de alguns setores do comercio e a volta do fechamento em horário habitual.

No entanto, uma ação que deveria ser adotada principalmente com o suporte e apoio financeiro por parte dos governos federal e estadual é a testagem em massa, porém eles sabem que esta ação poderia multiplicar por no mínimo 10 o número de casos hoje existentes oficialmente.


Além dos investimentos direcionados na prevenção, diagnósticos, tratamento e campanhas, a Prefeitura de Macaúbas, está conseguindo manter o cronograma das obras, entre elas as de infraestrutura em diversos setores, desde reforma e construção de PSF, bem como ampliação e reforma de prédios escolares, como acontece com o Colégio de Contendas; outras obras de extrema importância são as pavimentação de ruas que tanto acontece na sede quanto no interior do município, levando maior qualidade de vida aos moradores, valorizando imóveis e dando dignidade as pessoas, a pavimentação é tão importante que até a saúde das pessoas melhoram. Outro investimento são em obras que geram emprego e renda, como a Usina dos derivados da cana de açúcar.

 

 

 


A Prefeitura Municipal de Macaúbas, através da Secretaria de Assistência Social e do Setor do CADASTRO ÚNICO, vem a público esclarecer que os bloqueios e suspensões relacionados aos benefícios do AUXILIO EMERGENCIAL e também do PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA NÃO SÃO DE RESPONSABILIDADE DO MUNICÍPIO.

A avaliação e decisão das suspensões e bloqueios é de responsabilidade do MINISTÉRIO DA CIDADANIA (MC) juntamente com os órgãos de fiscalização como CGU Controladoria Geral da União e DATAPREV que estão averiguando a situação de fraude na emissão do Auxilio Emergencial em todo pais.

Na segunda-feira 20/07, o Ministério da Cidadania prorrogou por mais 180 dias a suspensão de revisão cadastral de procedimentos operacionais do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único, por meio da Portaria no 443, publicada no Diário Oficial da União.

Lembramos que toda a gestão e operacionalização no que se refere a avalição, aprovação, pagamento ou Bloqueio do Auxilio Emergencial é de Competência exclusiva do Governo Federal. O que deixa claro que o Município não tem culpa pela ocorrência dos casos de suspenção de pagamento do Programa Bolsa Família e Auxilio Emergencial e ficamos impossibilitados de realizar qualquer ação para mudar essa situação. O que só pode voltar a ser feito depois de uma a Autorização do Ministério da Cidadania.

Nos colocamos a disposição para demais esclarecimentos.

Macaúbas, 03 de Agosto de 2020


O vírus não anda sozinho, precisa de você para contaminar pessoas e até matar. Entenda como é relativamente fácil controlar a proliferação de um vírus mortal, desconhecido, sem cura, sem vacina e que muita gente não leva a sério (até que seja surpreendido com um “espiro da morte”)… 

Originário da China, sua “linguagem” científica ainda não foi “decodificada”, bem como é para muitos o Mandarim e seus “rabiscos” um tormento para seus estudantes pacientes… Pacientes não querem ser quem bem conhece os propósitos de um agente infeccioso como o Covid-19… Sem os trocadilhos, é melhor você tomar os devidos cuidados para não ser um próximo número no boletim de sua cidade…

Macaúbas pelo último Boletim Oficial divulgado tem o registro de apenas 22 casos positivos, destes 10 estão curados e mais 02 mortes por outras causas e destes outros 10 são de casos ativos, porém estáveis, muitos assintomáticos, (ativos porque ainda não foram curados, pois não passou o tempo necessário que é de 14 dias, após sua contaminação, depois deste período é feito um novo teste onde se deve apenas ser registrado que o paciente tem anticorpos e que não tem mais o poder da transmissibilidade do vírus)…

Qual a sua responsabilidade nisso? 

Se vivemos numa comunidade, numa sociedade… Somos SÓCIOS, de tudo que nela acontece, ou seja, temos o dever de participar para que o bem comum seja para todos e jamais por em risco, como neste caso de pandemia, a saúde dos demais membros da comunidade… E para isso, se você chegou em Macaúbas, respeite o período da quarentena, FIQUE EM CASA, mesmo que ache que não tem o vírus, pois você pode ter e não sabe!.. E se você tem o vírus, não saia de casa, precisou de alguma coisa peça ao parente, amigo ou vizinho para te ajudar… Todos são solidários aos infectados, quem tem medo ou preconceito, é porque “inocentemente” deve ser mal informado… Vamos por esse caminho!…

Ajude sua comunidade, se ajude: 

Se tem conhecimento de caso suspeito ou de pessoas que chegou no município e não atendou a quarentena, ligue para a Polícia, Secretaria de Saúde, pro Pastor, pro Padre, e para OMS e denuncie o cara!… Pois, ele pode te contaminar! Isso não é ser “X9″… E sim cidadania!…

A Prefeitura através do Prefeito Amelinho e sua equipe, através, principalmente da Secretaria de Saúde, está fazendo o possível para conter novas contaminações, usando os meios de comunicação disponíveis no município para alertar  sua população, editando decreto que auxiliam no controle, reduzindo o período de comércio aberto, mas tudo isso só terá sucesso se Eu, Você, Nós fizermos nossa parte com responsabilidade e a consciência que não estamos sozinhos no mundo!… A não ser que você seja um extraterrestre!

Veja o último boletim deste sábado, 1º de agosto de 2020


Na lista divulgada pelo TCU (Tribunal de Contas da União), consta o nome do município de Macaúbas entre as 30 cidades onde servidores públicos receberam o Auxilio Emergencial do Governo Federal, devido o estado de pandemia planetário. Segundo lista, outras cidades do Vale do Paramirim, tal como Boquira com 551 e Paramirim com 876, também formam citadas, Barreiras foi o município baiano que tem o maior número de servidores beneficiados, com 1.433, superando Salvador com 1.241 e Feira com 613.

Agencia da CEF em Macaúbas… Nem tudo é fraude…

Segundo orientação do TCU, o servidor que fazer a devolução de forma espontânea não sofrerá nenhuma sanção, pois há casos de não má fé por parte dos servidores, pois, muitos estavam inscritos do Cad Único e acabaram por receber o benefício de foram automática, no entanto mesmo estes devem fazer a devolução.

Entenda muitos dos casos de Macaúbas: 

O blog manteve contato com a servidora contratada temporariamente do município a senhora MPS, que preferiu  não ser identificada, ela é funcionária contratada para fazer limpeza durante a pandemia, onde a Prefeitura de Macaúbas, se viu obrigada a fazer contratações de pessoal de apoio, principalmente de limpeza no auxilio ao enfrentamento ao Coronavirus, bem como o pessoal que atua nas barreiras sanitárias, na higienização das ruas, parques e equipamentos públicos, quase a maioria destes estavam desempregados e são beneficiários do Bolsa Família, inscritos do Cad-Único ou em outro programa do governo, e assim, receberam automaticamente o auxilio emergencial. Se tratam na verdade de pessoas de baixa renda comprovada, e em sua maioria já usaram o dinheiro e não tem como fazer a devolução, muitos estão apavorados, uma situação diferenciada que deve ser analisada pelos órgão de controle.

Esta mesma situação certamente aconteceu em muitos municípios do Nordeste, como é o caso dos nossos vizinhos de Boquira e Paramirim, notem na lista que Salvador, onde tem proporcionalmente menos pessoas inscritas no Cad-ùnico teve um número reduzido de servidores beneficiados, o que atesta que em muitos casos não houve má fé…

Veja a lista, a qual não deve ser observada com indignação, e sim saber de forma justa como se deu cada caso. (Fonte TCU)

BARREIRAS – 1433

LAURO DE FREITAS – 1380

SALVADOR – 1241

CANSANÇÃO – 1036

PARAMIRIM – 876

ITAMARAJU – 869

CASA NOVA – 838

MONTE SANTO – 828

ARAÇÁS – 727

INHAMBUPE – 726

PORTO SEGURO – 725

ITABERABA – 721

PILÃO ARCADO – 691

CANAVIEIRAS – 688

RUY BARBOSA – 686

CÍCERO DANTAS – 679

CAMPO ALEGRE DE LOURDES – 657

MACAÚBAS – 652

ITAPICURU – 649

CRUZ DAS ALMAS – 623

SÃO SEBASTIÃO DO PASSÉ – 620

FEIRA DE SANTANA – 613

MALHADA – 609

CAMAMU – 600

RIO REAL – 588

VALENTE – 579

ITAGUAÇU DA BAHIA – 574

JUAZEIRO – 563

BOQUIRA – 551


Secretaria Municipal de Assistência Social de Macaúbas informa, através de nota a impressa local,  que todos os órgãos estão em funcionamento seguindo as orientações do Ministério da Cidadania, com atendimentos, preferencialmente, remotos, tanto por meio de ligação telefona e/ou por e-mail e WhatsApp, atendendo presencialmente apenas casos emergenciais.

Atendimento remoto, estamos todos juntos!

 A Secretaria informa ainda que o funcionamento das Unidades Sociais a partir do dia 27 de Julho de 2020, buscando preservar a integridade da saúde, tanto dos profissionais, quanto dos usuários, será da seguinte forma:

Secretaria Municipal de Assistência Social funcionará somente para trabalho interno.

Programa Bolsa Família, no Setor do Cadastro Único, está com as atividades suspensas para os próximos 15 dias,  com previsão de retorno dia 10 de agosto de 2020.

Conselho Tutelar: (77) 99819-73691

Conselho Tutelar está realizando atendimentos presenciais e visitas domiciliares limitados a casos de extrema urgência, no entanto, o serviço continua funcionando em horários normais de forma remota, por ligações e WhatsApp através do telefone: (77) 99819-73691

CREAS: (77) 99819-7369

CREAS está realizando atendimentos presenciais e visitas domiciliares limitados a casos de extrema urgência, no entanto, o serviço continua funcionando em horários normais de forma remota, por ligações e WhatsApp através do telefone (77) 99819-7369.

CRAS:  (77) 99856-3403

CRAS está realizando atendimentos presenciais e visitas domiciliares limitados a casos de extrema urgência, no entanto, o serviço continua funcionando em horários normais de forma remota, por ligações e WhatsApp através do telefone (77) 99856-3403.

Em nota a Secretaria destaca que continua tomando providencias para dar suporte as famílias que se encontram em maior vulnerabilidade e as que vierem a ser atingidas economicamente pela pandemia do novo corona vírus.


Conforme Decreto nº 0089 de 28 de Julho de 2020, entre outras considerações feitas, a que mais pesou foi o aumento de casos no município do Novo Coranavirus e segundo o decreto a partir de sua publicação, o comércio de Macaúbas tanto na sede quanto na zona rural, os considerados não essenciais neste momento, só poderão abrir entre as 7h até as 15h00. Veja o decreto.


Resultado de um “antes” e “agora” de um loteamento sem planejamento.

 

Macaúbas em todas as suas administrações fechou os olhos para a abertura de loteamentos, bem como para o próprio crescimento da cidade. Os loteamentos que mais tarde dão origem a bairros, foram e ainda são criados sem planejamento, muitos deste irregulares o que prejudica primeiramente os antigos compradores e hoje os atuais moradores. Sendo implantados sem o mínimo de infraestrutura como exige a lei (que é ignorada, ou seja descumprida), tais como pavimentação, ligações de esgoto, água e energia elétrica, se transforma em prolema social, econômico e de bem estar!

E o município não consegue atender a crescente demanda de infraestrutura que são criadas por estes loteamentos “clandestinos”, e quem sai perdendo é sempre o povo, este que também tem sua parcela grande de responsabilidade por adquirir lotes sabendo de sua irregularidade…

Antes de comprar um lote exige a sua regularidade do vendedor

Durante esta semana a Prefeitura de Macaúbas, pavimenta uma grande avenida do Loteamento Figueiredo, o qual está na lista dos irregulares, tendo até dificuldade de emitir documento como escritura pública aos proprietários. Nesta bendita avenida passa um córrego carregado de esgoto “in natura” que todo ano se faz um lago, prejudicando o acesso de moradores, e até invadindo casas que foram construídas irregularmente dentro do córrego.

A obra segundo nota da Prefeitura teve o financiamento com a Agencia Baiana de Desenvolvimento a Desenbahia com contrapartida do município que tem que honrar as parcelas futuras do financiamento.