CORPO DE BOMBEIRO LUTA PELA INDEPENDÊNCIA DA CORPORAÇÃO.

Deverá acontecer nesta quinta feira (29), às 14:00h, na Assembléia Legislativa da Bahia, Audiência Pública sobre os benefícios da Independência do Corpo de Bombeiro da Bahia. A decentralização dos bombeiros do mesmo comando da Polícia Militar é uma antiga reivindicação da classe.  Em quase todos os Estados brasileiros, eles são ligados  a Polícia Militar e seu comandante é subordinado ao comandante geral da PM, que, por sua vez, recebe ordens do governador do Estado. Somente nos estados do Rio de Janeiro, Alagoas e Brasília, o Corpo de Bombeiros é uma instituição independente e separada da Polícia Militar, subordinada apenas ao governo estadual. 
 
No Brasil há pouco mais de 50 mil bombeiros, número este considerado pequeno se levado em conta a extensão do País, de cada 100 cidades apenas 17 tem corpo de bombeiro e em sua maioria tem sérias deficiência de estrutura. 
 
No mês de julho foi realizado curso para formação de Brigada de Incêndio na cidade, através da cooperação do Corpo de Bombeiro de Lençóis, INEMA,  da Prefeitura de Macaúbas, Secretaria de Meio Ambiente, com a cooperação do CETEP, através do Curso de Meio Ambiente, do STR e Acimac. O Sub-Tenente Uirlei Borges foi um dos grandes responsáveis pela vinda do projeto para Macaúbas.  
 
Cerca de 30 voluntários deverão formar a Brigada de Incêndio Guardiões da Mata.
Preparação dos voluntários feitas por oficiais do Corpo de Bombeiro de Lençóis.
Caso acontece a decentralização do Corpo de Bombeiro da Polícia Militar certamente a sociedade baiana irá ser a grande beneficiada, ações como estas, criação de Brigadas de Incêndio pelo interior  deverá ser incentivada. 

Os comentários estão fechados.