Bolsonaro e Haddad: “se ficar o bicho pega e se correr o bicho come”!… Votem em Mim!..

Os brasileiros estão divididos em um dos momentos mais importantes para o país: num processo eleitoral, cheio de dúvidas e incertezas… A maturidade de nossa democracia é a mesma da massa, do povo, dos infelizmente, mais de 50% de sua população no “berço esplendido do alfabetismo“; graças sim, a uma má formação congênita, uterina de um povo miscigenado, que para muitos foi uma “mistura” que não deu certo, como “mais ou menso” assim expressou o Mourão! Ele está certo, bem como “redondamente” enganado, assim é o Brasil, em sua essência um país contraditório porém, fiel as suas origens portuguesas, indígenas, africanas… E o resultado desta mistura deu-se lindas MULATAS (tipo exportação), deu-se o extraordinário SERTANEJO (que “depois” de tudo é um forte)… Deu-se certamente outros “biotipos”, “sociotipo”, “pensotipos” e até os “neotipos”, tipos os Neo-nazistas” mais que isso; deu-se a isso, um neologismo: brasileirismo… Ou uma “jabuticaba”?

Sim, sobre o “bicho pegar”: 

O bicho vai pegar para 50% da população ou fração menos ou mais, vai pegar porque o Brasil, nasceu dividido, desde o Tratado de Tordesilhas até ontem,  é – até ontem pois, quem sabe até o fim de semana, ele não se convence que deveríamos voltar a ser oficialmente uma colônia, melhor – votar para ser uma colônia  “bolsonariana” ou “petistaniana”?

E se correr o “bicho come”: 

Para início de conversa todo “bicho” deve comer e toda “bicha” deve ser comida e quem não se enquadra num ou noutra “lambe”… Nada contra as preferências sexualmente degustativas dos povos do Brasil, visto que eu estou incluso numa destas: do “bico que come” e não é qualquer comida, lembrando que não sou vegetariano, nem vegano, nem somente carnívoro! Muito menos tendências “bolsonariana” ou “petistaniana”, e ainda “alkiminiana”, “ciriana” ou quaisquer outros “ETs” brasileiros… Visto que não optar é uma opção!

Observa o leitor que o texto é inconclusivo, bem como acho que seja, qualquer discurso que polarize  (Norte/Sul), sem uma terceira opção fica difícil decidir entre dois iguais que se diz distintos, e é por isso que o Brasil tá dividido, um lado é contra do que o outro é a favor e vice versa… Mas, anular uma decisão talvez não seja uma boa opção…

Acho que vou votar em mim…

Pois mim quer eu, mim quer vota para índio volta a ser índio, mim que ir pra floresta, mim quer comer índia, mim quer viver pelado, mostrando o rabo, mim quer espelho do português e ver a cara de arrependido de ter expulsados os espanhóis, os holandeses!

MIM, me liga, e comece hoje mesmo a revender a melhor lingerie do Brasil, a revender produtos SexShop, e não ter mais que depender de políticos nem de políticas para sobreviver: ligue agora e faça o seu cadastro (77) 99930-9759.

MIM: Minha Intolerância a Malandragem.


Os comentários estão fechados.