Após intervenção do Jurídico da Câmara água do Orfanato de D. Efigênia é restabelecida.

Se falta água falta tudo. (foto Itamar Alves)

Após ampla divulgação e repercussão nas redes sobre a situação do Orfanato estabelecido na comunidade rural de Contendas, em Macaúbas, tendo a entidade corte de água por falta de pagamento, tomando conhecimento do fato, a Câmara de Vereadores de Macaúbas, através de seu departamento jurídico, tendo como titular a advogada Dra Clísia Cardoso, numa ação judicial, restabeleceu o fornecimento d’água do Orfanato, devolvendo às crianças e adolescentes que lá vivem dignidade e acesso ao bem precioso e indispensável à vida.

Acesso a água de qualidade é um desafio para boa parte da população

Segundo o presidente da Câmara de Vereadores, por impedimentos do Tribunal de Contas, há um questionamento sobre as subvenções, que antes as prefeitura concediam as entidades como o Orfanato de D. Efigênia, no entanto, diz o vereador que irá procurar outros meios legais e administrativos junto ao Prefeito Amelinho para ajudar entidades de Macaúbas com as mesmas razões  sociais, bem como as culturais e desportivas.

Em contato com a redação do Blog, após a publicação desta nota, a Secretária de Ação Social, Srtª Natália Dias, informa que há apenas um único “abrigo de crianças” em Macaúbas mantido pelo município, que é a Casa Lar Dona Noemi e finaliza nota informando que na “semana que vem irá divulgar nota esclarecendo a questão” 

(Matéria atualizada às 11h10min de 16/02/19)


Os comentários estão fechados.