USUÁRIO SE QUEIXA DE MOROSIDADE NOS SERVIÇOS DO DETRAN.

Em nota enviada por e-mail, usuário se queixa de morosidade e ingerência do DETRAN no Estado baiano, veja a seguir a história do internauta:
“Estou aguardando a transferência de um veículo no município de Boquira há 25 dias, e não pode ser feito ainda devido o coordenador do Retran etá de licença médica e não tem substituto. Tentei fazer a transferência em Macaúbas que dista 30 km de Boquira (por ser a cidade onde seria digitado o documento), porém o coordenador se encontrava em Salvador e também não não tinha substituto.
No dia 20 de agosto o coordenador do Retran de Macaúbas foi exonerado e foi nomeado um substituto interino que também estava em Salvador a semana passada toda e ontem fui informado pelo despachante que informaram a ele em Macaúbas que não mais digitariam os documentos de Boquira em Macaúbas e estes deveriam ser digitados em Guanambi. 
Até quando vamos ficar reféns deste tipo de descaso do estado para com os cidadãos que pagam seus impostos em dias e quem trabalhar dentro da lei? Como pode nos dias de hoje, um servidor não ser substituível? A população ficar refém de apenas um servidor, porque não tem um sub coordenador quer possa substituir o titular quando este estiver impossibilitado de atender? Não esquecendo que o mesmo aconteceu em Luis Eduardo Magalhães, onde o veículo que estou tentando transferir precisou de fazer uma vistoria lacrada e o servidor que emitiria esse laudo também estava em salvador atrasando por 5 dias a realização da vistoria.”
 
Texto Enviado veia e-mail por: Ismael Almeida.
 
 

Os comentários estão fechados.