Transexual de Macaúbas é uma das primeiras do interior baiano a ter “nome social” em Título de Eleitor.

 

O bom seria se Titulo da Eleitora, também fosse!..

Com as novas instruções normativas do Superior Tribunal Eleitoral, aqueles e aquelas que não se identificam com o sexo que nasceram, podem alterar seu nome de batismo no seu Titulo de Eleitor (a), o seu nome social, como deseja ser chamado(a) ou é conhecido (a), um dos primeiros casos do interior da Bahia pelo menos, em nossa região é da transexual Luyara Kelly, que sorridente sai do cartório eleitoral de Macaúbas com seu novo Título da Eleitora, veja nota da cidadã divulgada no Portal de Macaúbas.

“Bom quero dizer que é uma grande vitória no nosso meio GLBT DE MACAÚBAS e  toda região da Chapada Diamantina. A sociedade brasileira nos deu um pouco de aceitação para mim que sou transexual sofria muito com o antigo nome.  Sofria BULLING nas escolas, empregos, era muito difícil lhe dar com essa situação difícil e  constrangedora,  espero que  a  sociedade  aceite  a nossa condição de  vida e aceitação. Ninguém é obrigada a gostar, mas a respeitar sim! Referente aos outros documentos, já estão em tramitação, demora um pouco mais por enquanto já foi uma vitória.  O TÍTULO DE ELEITOR foi o primeiro, em breve todos os outros terão meu novo nome.  Peço mais respeito e agora que me tratem na condição feminina pelo meu nome feminino: LUYARA KELLY”


Os comentários estão fechados.