Sindicado dos Professores de Érico Cardoso se posiciona sobre demissão de professores e atuação do MP

Prédio da Prefeitura local (Foto reprodução)

O Sindicato dos Professores do Município de Érico Cardoso, tomando conhecimento, por meio das redes sociais, da reportagem do dia 24 de fevereiro de 2018, veiculada por este órgão de comunicação, denominada “Juiz determina demissão de professores não concursados de Érico Cardoso”, observando equívoco, quanto ao conteúdo da reportagem, vem, esclarecer o referido equívoco, especialmente, quanto a autoria da Ação, oportunidade em que faz outros esclarecimentos, também. Trata-se de uma Acão Civil Pública, de autoria do Ministério Público Estadual, porém, o Sindicato, só tem que parabenizar o MP, pela louvável iniciativa, de buscar, com a referida ação, a aplicação da Lei, garantindo assim, direitos e garantias assegurados pela Constituição Federal e Plano de Cargos e Salários dos Professores, luta encampada pelo Sindicato, mas que, sozinho, não teria alcançado, já que foram inúmeras as tentativas de negociação com o Município, porém, sem êxito, obtendo, como resposta, repetidas vezes, pelo Secretário de Educação “ Já que tem direitos, busquem na Justiça”, eis que, a decisão do MM Juiz, é o pronunciamento da Justiça. Mas não vê motivos para alvoroço, é apenas, a determinação para aplicação da Lei, o que deve ser a regra. Entretanto, o Sindicato, como órgão de classe, não é dono de verdade alguma, prima pela negociação e estará sempre aberto para negociar, porém, sem transigir sobre direitos e garantias de seus associados. Mais uma vez, parabeniza o Ministério


Os comentários estão fechados.