São João 2022: “Prata da Casa” deverá ser maioria nas atrações deste ano em Macaúbas.

Corroborando com isso, a necessidade desta iniciativa, tem-se uma Lei de autoria do ex-vereador Anderson Gumes, que foi batizada de “Prata da Casa”, onde o município tem o dever legal de contratar em seus eventos, e principalmente, os juninos, pelo menos 30% das atrações locais. Esta iniciativa além de jutas beneficia a todos, primeiramente valorizando os artistas locais, os quais, muitos destes têm o mesmo potencial ou até melhor dos contratos “faraónicos” pagos a “estrangeiros” – outra vantagem é que incentiva a “produção” dos da terra, mais gente que tem dons, a desenvolvê-los e por fim, melhorar a economia local, deixando os “minguados” no mercado consumidor interno! Gerando assim renda e mais empregos no município.

2014… Menos “estrelas” no palco… Mais dinheiro por ai ou, por aqui!

Assim sendo, segundo informações preliminares e de bastidores, dão conta que boa parte das atrações dos festejos juninos estão certas, na medida de uma “estrangeira”  por noite e o restante da noite com as locais, isso é uma ideia “de hoje” o que pode mudar amanhã. No entanto, o que o Passo Municipal quer é gatar (investir) pouco, ou proporcional as sua capacidade de pagamento segundo o orçamento municipal. Contudo, sendo este um ano de Copa do Mundo de Futebol, a facilidade (até do pensar) das ornamentações fica até  mais fácil e em conta, visto que basta uma meia dúzia de bandeirinhas e uns balões verde e amarelo, e pronto – já é São João da Copa!

 


Os comentários estão fechados.