Saneamento Básico de Macaúbas é “internacionalizado”… O problema não é só nosso!

… De Lisboa… Ao lado do Tojo, Macaúbas é esperançosamente lembrada…

O Tejo é um importante rio  europeu, que corta a área metropolitana de Lisboa, capital de Portugal, sua revitalização iniciada em 2009, teve investimentos na ordem de oitocentos milhões de Euros, em Real o custo chegaria a quase R$ 3,6 bilhões. A despoluição desse rio é um exemplo que é possível com investimentos sérios, o que nem sempre é possível no Brasil, os governos terem seriedade com os recursos públicos, despoluir rios brasileiros, como o Tietê…

Intervenções de ativistas em Macaúbas…

Rodando alguns países europeus, o ativista Joe Kallif, passando por Lisboa, “inspirado”, lembra da luta dos “poucos” macaubenses quanto a questão do “luxo” que parece ser o Saneamento Básico, que há 20 anos é despejado “in natura” pelos córregos em torno da cidade, poluindo ai fontes de água, solo, ar e  proliferando doenças que as vezes são invisíveis… Sempre proativo, Kallif, não perdeu a oportunidade de internacionalizar o problema de Macaúbas que também atinge milhões de cidadãos mundo a dentro!.. Principalmente os países subdesenvolvidos ou em desenvolvimentos, com o Brasil, países que passaram por colonização e até hoje parece ser “quintal” mal cuidado dos europeus, diferentemente do dominante EUA, que foi colônia britânica!

Enquanto Kallif, espalha cartazes pela velha e boa Lisboa, a matriarca “brasileira”, há certamente de muitos macaubenses lamentando e cruzando os braços nas esquinas, inspirando a catinga costumeira, que jorra de cima para baixo, nos córregos e corredores!…


Os comentários estão fechados.