Rua Direita o caos no trânsito e a urgente Zona Azul. Vidas em risco!

Imagem constante e desgastante às 9h30min de 18/02/2022

 

Tão comum que já acostumamos com o caos! A “instituição” da Fila Dupla em Macaúbas, seja para as ambulâncias ou para o cidadão comum comprar seu pão ou doce na delicatéssem no final de tarde, se tornou rotina por falta de uma política de urbanismo e infraestrutura por parte do poder público local. Quem vem tirando uma “casquinha” disso é o Estado Baiano que de vez em quando passa uma viatura da PM multando o cara!

Veja o que o CTB diz sobre esta situação:

“Conforme o art. 181 do CTB, “estacionar o veículo ao lado de outro veículo em fila dupla” é uma infração de natureza grave. Corresponde a 5 pontos na carteira de habilitação, multa de R$ 127,69 e remoção do veículo.”

Ambulâncias de cidades vizinhas se amontoam na Rua Direita

A solução é Azul: 

Azul é a cor que a atual administração tem empregada nas obras públicas sob sua responsabilidade, uma boa oportunidade e estender o “blue” para a Zona da Rua Direita, onde o caos é “perfeitamente negro”. Este logradouro é a principal artéria viária da cidade, a qual cresce e não vem tendo a devida atenção do poder público local. A negligência por parte da Prefeitura pode causar mortes, visto que há nesta rua a UNICA clinica da região que faz procedimentos de saúde, imagens para diagnósticos se não aqui somente em Guanambi ou Vitória da Conquista e atende toda região. Com a demora em achar um lugar de estacionamento este “desserviço” pode por em risco vidas!

A implantação da Zona Azul é uma necessidade urgente, e somente a Prefeitura pode fazer isso, mas parece que falta vontade e coragem política, visto que para muitos é uma medida “antipática”  politicamente. No entanto, é uma necessidade urgente! Além da Zona Azul em alguns pontos da cidade é também urgente a implantação de postos secos, lugar onde possa caminhões realizarem a carga/descarga do que chega na cidade! Visto que somo essencialmente “importadores”…


Os comentários estão fechados.