Professores de Inglês da rede estadual são selecionados para curso nos Estados Unidos

De malas prontas para USA

Um total de 40 professores de Língua Inglesa da rede estadual de ensino foram contemplados com uma bolsa de estudos para o curso de aperfeiçoamento de Inglês da empresa Fulbright Brasil, com duração de seis semanas, nos Estados Unidos. Eles foram selecionados após fazer a prova de proficiência TOEFL para o Programa de Desenvolvimento Profissional de Língua Inglesa nos EUA (PDPI).

Em todo o Brasil, foram selecionados 479 bolsistas e a Bahia foi o Estado que obteve o maior número de contemplados. O curso, que será realizado de 10 de janeiro a 25 de fevereiro de 2018, é financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), em parceria com a Embaixada dos EUA, que arcará com as despesas como visto, passagens, alimentação, hospedagem e material didático.

Os professores farão o curso de acordo com o seu nível (Intermediário I e II) ou Metodologia do Ensino da Língua. A carga horária será de mais de 200h para aperfeiçoamento do idioma e aprendizado de novas formas de atuação em sala de aula, por meio das metodologias vivenciadas. Um grupo de professores terá aulas na University of Kansas, no Estado do Kansas, outro na University of Missouri, no Estado de Missouri e, alguns, em uma universidade localizada em Miami.

A professora Cristhiane Bastos, que leciona Inglês no Colégio Estadual Getúlio Vargas, em Mata de São João, já está na expectava para a viagem. “Estou muito feliz com esta grande oportunidade porque nós vamos vivenciar o que falamos no dia a dia para os nossos alunos. Vamos levar um pouco de nossa cultura e aprender um pouco da cultura deles para depois levar essa experiência para dentro da sala de aula”, destaca educadora, que estudará na University of Kansas.

Igualmente ansiosa para as aulas está a professora Tatiana da Silveira, que ensina Inglês na Escola Estadual Professora Armandina Marques, em Salvador, que também estudará no Kansas. “Esta é uma experiência única e enriquecedora e que serve de estímulo para nós professores, pois iremos nos atualizar e levar novas práticas para serem aplicadas posteriormente com os estudantes”, destaca.


Os comentários estão fechados.