Macaubense é o grande vencedor do Livramento-Ride 2018.

Bom de pedal… Bom de história…

Campeão de apenas 18 anos, conta sua história de vida e como conheceu a magrela, que deu um novo sentido a sua vida, veja relato do campeão do Livramento-Ride 2018, desafio de ciclistas de toda região e que teve a participação de diversos atletas de Macaúbas. Veja relato de Marcos Xavier:

…”Tudo se iniciou no ciclismo depois que sofri um grave acidente de moto no ano de 2015 deixando logo um adolescente quase com perda total dos movimentos de um dos braços(canhoto), isso pelo fato de ter sofrido uma das piores lesões envolvendo nervos, enfrentando a lesão do plexo braquial, assim me recuperei dos arranhões mas os movimentos do braço não recurei total.
Fiquei impossibilitado de voltar a pilotar moto e também não tinha mas coragem o suficiente pra conduzir a mesma e aí que recebi uma bicicleta simples como forma de pagamento de uma dívida com um cidadão, onde vim começar a pedalar com dificuldade pois era pouco movimento que tinha pra guia-la, mas não desistir.


De começo ia até o acesso num percurso de 12km ida e volta partindo de casa, assim logo num fim de semana surgiu um passeio da ciclo Chaves de 42km e inventei de ir e com a bike ruim e uma galera que hoje são os pedaleiros do sertão de macaúbas todos com bicicletas boas, coisa que quando vi me preocupei em dar trabalho, nesse primeiro passeio já conheci meu grande amigo e padrinho de pedal Marcelo Duda que quando comecei a sentir pesado o passeio esteve comigo dando aquela força de companheirismo.
Pronto, conseguir completar os 42km e aí já foi uma vitoria que também veio o vício, já fui logo trocando de bicicleta pra não sofrer tanto, evoluir e já quis outra, me juntei aos pedaleiros do sertão equipe a qual faço parte hoje, onde tenho maior respeito por cada um sendo eu respeitado também por ter o mesmo ritmo de pedal de cada um deles mesmo com minhas necessidades.
No entanto, logo no início de 2018 com muito esforço veio bike nova da oggi deixando o garoto mas empolgado nos treinos, não queria mas acesso da cidade e sim serra, de primeira não conseguir subir toda a mesma, sendo que na descida cair e me ralei todo e o pior estava sozinho, usei uns remédios e recuperei e fui de novo com fé e coragem. Na subida fui bem e na descida tomei mas cuidado e fui cauteloso, me sinto bem hoje com meus treinos não tendo ainda conseguido recuperar total movimentos do braço afetado, mas o que movimentava 10% posso afirmar que essa porcentagem mudou e pra melhor.
Assim, subo serra e desço serra, focado nos estudos quando posso tô eu fazendo meus treinos nas serras de macaúbas, municípios e cidades vizinhas, certo dia tava aqui tranquilo resolvi sair com a bike, primeiro fui na serra Lagoa do Maurício, acesso(trevo) duas vezes e pra finalizar fui na ladeira do Cristo subindo a mesma 5 vezes algo nunca feito antes por ninguém.
Assim acontece meus treinos e terceiros observando essas loucuras, passando observar que tinha muito mas que já superado o que me faltava e que poderia ser até mesmo um campeão.
Por fim, os mesmos terceiros, Marcelo Duda, Aguinaldo(guina) e a Ciclo Chaves me surpreendeu ajudando e arcando com os valores totais nas despesas do Livramento-Ride, pois ser um ciclista e sair pra competir em outras cidades não fica barato, tive a felicidade de ser campeão, representando Macaúbas e os Pedaleiros do Sertão e toda a galera que me desejou boa sorte, isso tudo garanto que será só o começo e desde já agradeço a todos pelo o carinho e aproveito pra pedir mas o apoio da prefeitura com os ciclistas de nossa cidade pois tem muito pedaleiros e pedaleiras bons aí com possibilidades de ser um campeão ou campeã, mas como já disse ser ciclista e sair pra competição não é barato os gastos são muitos e alguns não tem a condição de arcar com tudo.
Muito feliz com troféu e medalha de campeão, algo que ninguém mas pode tirar de mim” 

Este é o “breve” relato de Marcos, que se fala mais um pouco daria pra fazer uma novela!… Texto enviado pela sua assessoria de imprensa à redação do blog, sem muita correção textual, poi é a fala e o desabafo do campeão!…


Os comentários estão fechados.