Macaúbas: gestante de oito semanas teria sido assassinada a golpes de facão.

Corpo é levado para polícia técnica (Foto Macaubense Life)
Apelidado como “corredor da morte” uma estrada rural de chão batido, onde se tem notícia de alguns crimes “insolucionáveis”, mais um entra para o rol de um provável crime que deve ser caracterizado de duplo homicídio, e é certo que o Ministério Público deverá imputar ao autor (ou autores), outros em seu currículo pela ação que levou a morte de dois indivíduos, uma criança de dois meses e sua progenitora.
O caso é bastante conhecido em Macaúbas e região, proliferou rapidamente nas redes sociais, agora a TV deverá dar maior audiência ao caso, tomando proporções nacionais. Tatiane Santos Silva (32), dada como desaparecida desde a última quarta feira (09), quando supostamente teria ido a um Centro de Saúde na cidade de Macaúbas, por volta das 13h00, no entanto, foi encontrada morta em estado crítico de decomposição aos arredores da cidade no domingo 13, por volta das 10h00.
Momento da retirada do corpo para perícia (Foto Macaubense Life)
Segundo informações preliminares, a mulher teria sido assassinada a golpe de facão ou arma branca similar, na região da cabeça, pescoço e outras partes do corpo, as autoridades acreditam que o criminoso não agiu sozinho, certamente teve “cobertura” na ação e/ou até na prática do crime.
A polícia ainda não emitiu nota oficial do caso, as especulações se tratam de informações extraoficiais obtidas nos bastidores das investigações  que se seguem. Em rede sociais, policiais fazem campanha para que a comunidade coopere com as investigações, dando informações sobre o assunto. Certamente a Polícia Civil tem uma lista de suspeitos que já devem ter consciência do crime cometido e sua gravidade.
Um Crime Contra o Criador
Um Crime Contra o Criador:
Não deve ser visto como mais um crime contra a mulher, a infância  mas sim, contra a civilidade e, mais ainda, a própria humanidade e sua natural razão de: “Crescei e Multiplicai”um crime contra o Criador. Atentar contra a vida de um “ser” em procriação é apontar para o fim da raça humana, é o recado do “não querer” que a humanidade habite este planeta. O Ministério Público tem um importante papel no desenrolar deste fato desumano.

Os comentários estão fechados.