Leite: Caturama sediará encontro dos “produtores de leite”… De fazendeiros!…

Na verdade o encontro é de fazendeiros criadores “daquelas” que produzem o leite bovino: no caso, a vaca!... Assim, certamente definiria o Prof. Ático, profundo pensador e inquieto intelectual que vivia além do seu tempo, que infelizmente partiu antes deste!. Pensar em desenvolvimento sustentável na região, é difícil não se referir a figura do Prof, Ático, pouco “explorado” pelas sociedades regionais e por seus gestores (muitos destes ignorantes e de visão de “ameba“, com as respeitosas exceções)… Sim, e que as devidas “carapuças” se aconcheguem sobre as “carapaças ocas” que deveriam ser ocupadas pela “massa cinzenta” em função da coletividade!…

Pelo menos é louvável essa ideologia petista implantada em seus governos, da regionalização dos feitos públicos, fortalecimento do cooperativismo, assunto difícil de ser incorporado pelas comunidades regionais, é certamente uma batalha contra uma cultura medieval. Só pensando e agindo coletivamente a região terá sobrevivência, completividade e desenvolvimento equitativo.

Posto o exposto, voltamos ao 1º Encontro Territorial Sobre a Cadeia Produtiva dos Leites (vaca e cabra), o qual será realizado em Caturama, antiga capital da cabra. Encontro este que será realizado às 8h30min, no próximo 21 de fevereiro do corrente ano. Oportuno encontro de criadores, visto que Macaúbas, terá em breve o laticínio para beneficiamento do leite local e da região, agregando mais valor ao leite, criando novas divisas e aquecendo a economia regional e local.


Os comentários estão fechados.