Hohoho! Loja de lingerie e sex shop é “arrombada” na noite de Natal em Macaúbas, por um “Papai Noel Noia”!

…” O que levaria um sujeito de “aparência hétero”  a visitar uma loja de lingerie e sex shop na noite de Natal?”…

Pelo menos numa das principais ruas do comércio de Macaúbas, a Rua Dr. Vital Soares, onde de fato deveria ser “renomeada” para Rua Direita, visto que a história modificaria seu nome por “motivos de ingratidão” – matéria para mais a frente, após as devidas consultas ao historiador Prof. Alan de Figueiredo! Retornando aos fatos ultimamente ocorridos na Rua Direita, em menos de 30 dias três ações foram registradas: por duas vezes uma farmácia foi assaltada, agora uma loja de lingerie teve portas arrombadas e vitrines danificadas, por um meliante AINDA não identificado; por volta das 00h30 minutos do dia 25 de dezembro de 2021 – ou seja, logo após a passagem do Papai Noel… Minutos após o ocorrido uma viatura da Polícia Militar esteve no local, a qual foi acionada por vizinhos solidários que ouviram os fortes golpes contra os vidros da loja, para tanto, o meliante fez uso de um pedaço de madeira encontrado numa casa ao lado.

Para o arrombamento foi usado um pedaço de madeira.

O fato de nada “hétero”,  mais se aproxima da linha do “bizarro” – bem como, meio que “exótico”… Mas, nada de “erótico”! Não se explicaria porque um cidadão, (bem se sabe, que nada de lúcido o acompanhava) arrombaria uma loja de lingerie e sex shop? Um “fetiche” talvez!

Bizarrice a parte, é preocupante, para a comunidade comerciária de Macaúbas, a falta de segurança, “luxo” não só de Macaúbas! visto que, os pequenos furtos e arrombamentos, em sua origem tem o patrocino para o consumo de drogas ilícitas! O que reflete a ausência dos Estados, tanto da União como o Ondina, em programas de combate ao tráfico, comercialização e consumo de tais drogas, estas ilícitas, porque AINDA não RECOLHEM impostos para as “panças” do Estado Medíocre! Ou seja, uma “sacanagem” com o pagador de impostos! Com você, caro cidadão/eleitor, visto que o empresário/comerciante, nada mais é que um “coletor” de impostos e taxas, aqueles que embute nos produtos/serviços que vende/fabrica/presta, os valores que devem ser repassados ao erário! Por outro lado, ações constantes destas, desestimulam o empresariado ao investimento ou então os “encarecem” e quem paga a conta é sempre a sociedade, esta formada por sua vez, por “sócios ingratos”! 

O fato será registrado na Delegacia de Policia local, para que se registre e faça parte de uma estatista e mostre que a velha e “Boacaúbas” não é a mesma de ontem, onde janelas e portas “arreganhadas” nas madrugadas a dentro eram testemunhas do balançar das meias infantis, nos lares de uma Macaúbas nostálgica que acreditava na visita noturna de Papai Noel e não de uma “talvez” vitima do sistema político administrativo de um Estado Medíocre, este “Papai Noel” – que na verdade em gíria das “bocas de fumo e do pó”, é reconhecido por “Noia”, o que poderia ser um “Papai Noia”, alucinado por talvez não ter tido a chance de em horário comercial visitar nossa ala dos “mil prazeres” ou quem sabe por  uma “lingerie tailandesa” e fazer da vida um “gozo” infinito, onde aos autoridades políticas/administrativas  sabem como fazer com o povo! ( E este povo é composto por você, por mim, pelo noia, por Papai Noel, pelo consumidor, pelo empresário, comerciário, pela dona de casa: num composto de masoquistas! E nada de sado, maso… Num ato de “amarras das castidades intelectuais” conhecidas por: VOTO!)

 


Os comentários estão fechados.