Festa do Pequi, a cada ano mais forte e alerta para a conservação do Bioma Serrano.

Equipe da “mão na massa” (Foto Genivaldo Guedes)

A 4ª Edição da Festa do Pequi, idealizada pelo ativista político e cultural Genivaldo Guedes, que neste ano tem a assessoria da jovem Bia Bastos, formada em administração, têm muito contribuído com ações sociais e culturais no município, além de ser uma cozinheira de “mão cheia”… Pegando o “fio da miada”, esta edição será realizada na comunidade de Poço Dantas, no sitio de Zé de Odília, prevista para o próximo domingo 14.

Os preparativos que antecedem os festejos são gigantescos que têm um custo financeiro e dedicação pessoal dos organizadores e da comunidade local, mas tem também a cooperação técnica e financeira da Prefeitura, de boa parte do comércio local e da comunidade.

Apesar de apelo por todos os lados para a conservação das matas nativas da região serrana, é visto por lá grande degradação ambiental nas conhecidas Vereadas, baixadas unidas, nascentes milenares, comprometendo assim a biodiversidade e dentro destes sistemas, estão os pequizeiros, mangabeiras, buritizeiros  e outras árvores frutíferas que poderiam fazer a “redenção” sócio-financeira da região. Um bom memento para discutir isso, é em eventos como estes…

Ampla área verde deve acolher o visitante

Veja o recado do também comunicador social Genivaldo Guedes em seu perfil na internet.

…”Hoje, dia 09 de janeiro de 2018, estive com Bia Bastos na Comunidade de Poço D´Antas no local onde será sediada a 4ª festa do pequi no sítio de Zé de Odília. Tudo dentro do previsto. Muita gente trabalhando, terminando os banheiros, roçando, instalando serviços de água para os cantos. Depois de localizarmos todos os locais de barracas de bebidas, comidas, artesanatos, onde serão feitas as comidas e etc, em seguida demos uma volta em todo circuito Com Zé de Odília e Têra para verificar e deixar tudo organizado. Vejam as fotos, em seguida postaremos os vídeos. Bom dia…”


Os comentários estão fechados.