Festa de abertura do São João de Macaúbas tem o maior público doméstico de sua trajetória.

Foi dada a partida!…

Dias antes de sua realização, devido a paralisação causada com os manifestos dos caminhoneiros, foi até cogitada a transferência de data da abertura do São João de Macaúbas, que é um dos mais tradicionais do interior baiano e o maior da região, teve nesta edição de 2018, o seu maior público doméstico; a Praça da Matriz que chegou a abrigar cerca 10 mil pessoas, quase 90% destes eram de casa, os demais públicos das cidades vizinhas até que compareceram, mas em menor número do que nas edições anteriores, também poucos macaubenses que moram ou estão temporariamente fora (como é o caso de centenas de estudantes), também devido a paralisação causada pelos caminheiros, não deram as caras!

A engrenagem: 

O que se constata é que a Praça da Matriz ficou pequena para os festejos juninos, outra é que ano a ano, nota-se o aumento de sua população urbana, causada pelo êxodo rural, que é a principal fonte de renda e emprego do município (pareada com a Prefeitura), lembrando que só os aposentados rurais injetam mensalmente na economia local mais de R$ 10 milhões, recursos indispensáveis para a engrenagem da economia do município. O que nos força a pensar em meios alternativos para gerar novas fontes de renda e emprego! A exemplo do turismo religioso, a agricultura familiar…

Fogão de Lenha: a cozinha-restaurante!…

A Budega: 

Voltando a festa do último sábado 03, patrocinada pela Prefeitura de Macaúbas através da Secretaria de Cultura e com o apoio de outras como a de Infraestrutura e Obras, a qual ficou a cargo da montagem das novas estruturas de barracas, bem como a paparicada Budega, idealizada pelo engenheiro Civil Arilton Rego e Equipe, que para este ano, replicou com fidelidade a “cozinha da roça” e seu tradicional “Fogão de Lenha“, que a transformou num restaurante que serve comidas típicas do sertão, como galinha caipira, pirão, arroz branco e outras iguarias nordestinas!…

Prestigiaram o evento que também inaugurou a Budega, o prefeito Amélio e a Primeira Dama Flordenice, bem como os deputados Nelson Leão e Sergio Brito, além do Presidente da Câmara Anderson Gumes, vereadores outros, secretários municipais e dirigentes de órgãos e departamentos…

Prefeito fala sobre resgate das tradições: 

Segundo o Prefeito Amelinho, a ideia para o São João deste ano, é resgatar a memória dos antigos São João de Roça, a arte da culinária local, o jeito de vida e todo encanto que não pode ser esquecido e cada vez mais as novas gerações se distanciam destes valores tão importantes para nossa identidade cultural. Diz Amelinho.

Por fim, a festa foi condizida pelo músico e ator  Chambinho do Acordeon, Estakazero e Banda Só de Manha e Vitor Bahia, levando o autêntico forro até a madrugada deste domingo… E a expectativa é grande para o São João. As barracas continuam montadas durante todo o mês de junho, tendo eventos e atrações como as quadrilhas juninas.


Os comentários estão fechados.