Fala Cidadão: leitor questiona valores de novos subsídios de agentes políticos de Érico Cardoso.

Prédio da Prefeitura de Érico Cardoso (imagem reprodução)
Prédio da Prefeitura de Érico Cardoso (imagem reprodução)

Em contato com a redação do Blog cidadão de Érico Cardoso, interior da Bahia, com população estimada em 2016 pelo IBGE em 11.405 habitantes, sendo que cerca de 80% residem na Zona Rural e um Orçamento Fiscal para 2016 de R$ 24.233.851,00, diz cidadão que em consulta ao Diário Oficial do Município no endereço eletrônico: www.diariosoficiais.org.br, em sua edição 621 de 19 de outubro de 2016 (Veja Aqui), que torna público a Lei 078/2016 que fixa o subsídio do Prefeito, Vice Prefeito e Secretários Municipais a partir de 2017.

Segundo cidadão que preferiu ter sua identidade não revelada, diz esta indignado com valores tão altos e fora da realidade local, com “salários” de prefeito em R$ 14.000,00, vice-prefeito R$ 7.000,00 e Secretário Municipal R$ 4.000,00, os quis entrarão em vigor a partir de 2017. Diz que vem acompanhado o Movimento Todos Por Macaúbas, que tem uma população quase 5 vezes maior que a de Érico Cardoso (mais de 50 mil habitantes) e para 2017 o subsídio do prefeito será R$ 14.000,00, com a revogação da atual lei,  além disso, completa: …” O movimento popular pede redução para R$ 9.600,00″… Visto que ainda o orçamento do município de Macaúbas é também cerca de quatro vezes mais que o de Érico (mais de R$ 100 milhões), uma desproporcionalidade tamanha que diz não entender.

img_0326

Segundo texto da Lei 078/2016, que fixou estes valores diz está em consonância com a Lei Orgânica do município, a qual foi sancionada pelo atual Prefeito, este que já exerce seu segundo mandato consecutivo e elegeu sucessor.  Não foi informado os valores dos subsídios atuais nem seu percentual de aumento.

O blog não consegui manter contato com a Prefeitura de Érico Cardoso para que a mesma se posicione diante argumentos do cidadão. No entanto, espaço fica aberto para interessados através do e-mail da redação: [email protected]


2 Respostas para “Fala Cidadão: leitor questiona valores de novos subsídios de agentes políticos de Érico Cardoso.”

  1. Movimento Popular Apartidario Todos por Macaúbas

    Prezado leitor de Érico Cardoso,
    O Movimento Todos Por Macaúbas compartilha da sua indignação, pois sofremos “na pele” os efeitos dessa mesma IMORALIDADE aqui em nosso município. Embora tenhamos uma população maior do que a de Érico Cardoso, os valores dos subsídios pagos aos agentes políticos de Macaúbas estão em total descompasso com a realidade vivida pela grande parte da população local, que, assim como aí, é essencialmente rural. Já no que se refere ao fato do município de Macaúbas ter um orçamento quase 5 vezes superior (mais de R$ 100 milhões) ao de Érico Cardoso (um pouco superior a R$ 24 milhões), acredito que a sua própria constatação de que a população macaubense é quase 5 vezes maior do que a do seu município, já explique tal diferença. Ademais, vejo que em ambos os casos precisamos da REDUÇÂO dos subsídios, haja vista que no caso de Macaúbas, por exemplo, um Vereador ganha não menos que R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais) por UMA ÚNICA reunião semanal de 2 horas, enquanto que um TRABALHADOR assalariado, que ainda é privilégio de uma minoria, recebe R$ 880,00 para trabalhar 44 HORAS por mês. Lembrando que, parte desse salário do trabalhador, seguirá em forma de tributos para os cofres públicos para, em seguida, sustentarem os privilégios dessa classe política do município. Não bastasse isso, o município de Macaúbas passa por uma grave crise em suas instituições, onde a saúde, a educação, a cultura, a infraestrutura, o saneamento básico agonizam e clamam por socorro!
    O que podemos concluir é que precisamos nos unir em prol da causa, tendo em vista que estamos sendo vítimas de uma verdadeira INJUSTIÇA SOCIAL, e é com este sentimento que o TPM se coloca à disposição para ajudá-los naquilo em que se fizer necessário. Para isso, busque nossa página no Facebook e sinta-se à vontade para mandar mensagem que iremos manter seu sigilo e contribuir no que pudermos com a luta da sua cidade.
    https://www.facebook.com/todospormacaubas/
    #REDUÇÃOJÁ

  2. Movimento Popular Apartidário Todos Por Macaúbas

    Prezado leitor de Érico Cardoso,
    O Movimento Todos Por Macaúbas compartilha da sua indignação, pois sofremos “na pele” os efeitos dessa mesma IMORALIDADE aqui em nosso município. Embora tenhamos uma população maior do que a de Érico Cardoso, os valores dos subsídios pagos aos agentes políticos de Macaúbas estão em total descompasso com a realidade vivida pela grande parte da população local, que, assim como aí, é essencialmente rurícola. Já no que se refere ao fato do município de Macaúbas ter um orçamento quase 5 vezes superior (mais de R$ 100 milhões) ao de Érico Cardoso (um pouco superior a R$ 24 milhões), acredito que a sua própria constatação de que a população macaubense é quase 5 vezes maior do que a do seu município, já explique tal diferença. Ademais, vejo que em ambos os casos precisamos da REDUÇÂO dos subsídios, haja vista que no caso de Macaúbas, por exemplo, um Vereador ganha não menos que R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais) por UMA ÚNICA reunião semanal de 2 horas, enquanto que um TRABALHADOR assalariado, que ainda é privilégio de uma minoria, recebe R$ 880,00 para trabalhar 44 HORAS por mês. Lembrando que, parte desse salário do trabalhador, seguirá em forma de tributos para os cofres públicos para, em seguida, sustentarem os privilégios dessa classe política do município. Não bastasse isso, o município de Macaúbas passa por uma grave crise em suas instituições, onde a saúde, a educação, a cultura, a infraestrutura, o saneamento básico agonizam e clamam por socorro!
    O que podemos concluir é que precisamos nos unir em prol da causa, tendo em vista que estamos sendo vítimas de uma verdadeira INJUSTIÇA SOCIAL, e é com este sentimento que o TPM se coloca à disposição para ajudá-los naquilo em que se fizer necessário.
    #REDUÇÃOJÁ

Os comentários estão fechados.