Dossiê do Fogo: queimadas em Macaúbas devem parar no Ministério Público. Diz Secretário do Meio Ambiente.

Agora é com o Ministério Público

Iurlei Borges, Secretário de Meio Ambiente de Macaúbas, usando as redes sociais, informa a todos a grave situação das queimadas indiscriminadas e descontroladas que acontecem em Macaúbas, estando duas ainda em atividade na região serrana de Macaúbas, nas comunidades de Jiboia e Cantinho. Segundo Borges o município irá entrar com “queixa crime ambiental” no Ministério Público através da Promotoria de Justiça em Macaúbas, os dados já estão sendo colhidos e um “dossiê do fogo” está sendo criado.

Borges, Sec. Meio Ambiente Macaúbas (Foto ASCOM PMM)

Uma Lei Federal, através de Decreto, proibiu-se queimadas até janeiro de 2022, e Macaúbas que está numa região de baixa umidade e sem chuvas, tem as condições perfeitas para transformar nossa mata nativa num verdadeiro inferno, isto é, se  “O Inverno de Dante” realmente existir… Se assim for, você já sabe onde isso vai parar! Se não, leia Dante! 

 


Os comentários estão fechados.