Covid-19: nesta terça, 18 – Macaúbas iniciará vacinação em crianças a partir de 5 anos.

Após “sabotagem” do Planalto à vacinação de crianças entre 5 a 11 anos, por protestos e intensa campanha da imprensa e comunidade científica, foi iniciada no Brasil, a campanha vacinal contra covid-19 para este publico. Em Macaúbas, segundo informações da Prefeitura local, crianças de 5 a 11 anos com comordidades terão prioridades nesta primeira fase. É necessária a presença de pais e/ou responsável legal, com os documentos de ambos e seguindo as orientações da Secretaria de Saúde.

O indígena Davi Seremramiwe Xavante, de 8 anos (Foto Nelson Almeida/AFP)

Muito se fala de inclusão social, “passar uma mensagem corretamente política”, ver-se uma criança com traços orientais, talvez “chinesa” como “modelo” do banner da Prefeitura de Macaúbas, certamente um “ctrl c+v” sem origem definida… Já em São Paulo, o primeiro brasileiro a ser vacinado tem sua origem indígena, uma criança de 08 anos com uma rara doença nas pernas, conforme noticiou a mídia nacional. Pouco prestamos a atenção nas “mídias” de fundo, nas mensagens embutidas, e mais: “nos fatos das conspirações”! Não pense você que tem toda essa liberdade não, você é controlado e não sabe, faz as escolhas deles e não sabe!

Brasileirinha “oriental” … “Mas o que importa é a mensagem, não é!?”

 

A lógica em vacinar crianças, é que as mesmas podem e fazer a transmissão do vírus, além de serem muitas das vezes a própria vítima, e ignoradas pelas autoridades federais.

Veja abaixo algumas orientações:


Os comentários estão fechados.