Como anda a situação do terreno do CEUSMA em Salvador que foi invadido? Prejuízo de alguns milhões para Macaúbas.

Rua José Durate, Tororó, Salvador

Adquirido pelo município, na década de 80, pelo ex-prefeito João Sales, um antigo casarão em Salvador, onde abrigou dezenas de macaubenses sendo muitos destes hoje médicos, professores, engenheiros, agrônomos, enfermeiros… Alguns até já falecidos, mais construíram uma vida acadêmica e profissional graças por Macaúbas ter na capital um lugar para morar e estudar.  Com a casa em ruinas nos primeiros anos do ciclo “dos dois mil” – o ex-prefeito Sebastião Nunes, consegui comprar outra casa. Sem uso e com problemas estruturais,  o casarão que foi demolido, ABANDONADO e em seguida ocupado irregularmente, como mostram as fotos cedidas na época por estudantes e ex-moradores indignados.

Em 2012 há 10 anos, a prefeitura entrou com uma ação judicial de reintegração de posse, o processo por diversas vezes seguiu a revelia, sem acompanhamento do setor jurídico do município, certamente por prevaricação dos gestores. E hoje, como está a situação? Com a palavra o prefeito Aloisio Rebonato e seu setor jurídico.

Terreno sendo edificado por “posseiros” (imagem cedida) 2012

 


Os comentários estão fechados.