Vista parcial do Distrito de Canatiba.
Vista parcial do Distrito de Canatiba.

Novamente em contato por telefone com moradores do Distrito de Canatiba, há 36km de Macaúbas, informarão que sinais de muita fumaça é vista nos povoados de Marinheiro e Soen (que ficam cerca de 8km de Canatiba).

Uma equipe de fiscais da Secretaria de Meio Ambiente está se descolando para a região nesta manhã de sexta feira (27), segundo Informa o Secretário de Meio Ambiente, José Ilton (Lando), irão ver de perto o tipo de incêndio, suas causas e tomar as devidas providências. Represente da Brigada Voluntária Guardões da Mata, também deverá acompanhar os fiscais da Secretaria de Meio Ambiente.

Informações de Moradores relatam que nesta época é comum ver focos de incêndio na região, más que este está demorando muito de acabar, permanecendo as chamas e fumaça por muitos dias. Nenhum morador do lugar entrou em contato com autoridades, a Secretaria de Meio Ambiente só tomou conhecimento através do Blog.

Uma amostra da falta de orientação da comunidade que nota uma situação incomum e não tomam a iniciativa de informar as autoridades competentes.

– Anote ai o telefone da Secretaria de Meio Ambiente: (77) 8145-7410 ou 9975-8405 –

– Prefeitura de Macaúbas: (77) 3473-1461

Denuncias Ambientais: 0800-711-4000 – (75) 9979-4444 ou  (71) 3117-1345 * 

– Blog Macaúbas On Off: (77) 9955-7958 – [email protected] 

 

 


Vista parcial do Distrito de Canatiba, região serrana em Macaúbas.
Vista parcial do Distrito de Canatiba, região serrana em Macaúbas.

Segundo informações de moradora, as serras da região de Canatiba, há 36km de Macaúbas, mais precisamente nos povoados de Marinheiro e Soen, pegam fogo ha três dias. Estas localidades ficam cerca de 08km de Canatiba, região serrana de difícil acesso. Não se tem informações da causa do fogo no entanto, como estamos na “época das queimadas”, ação esta usada por pequenos agricultores para “limpar” o terreno e fazer o plantio, geralmente de capim, pode ser a causa mais provável.

Incêndio ocorrido em outubro de 2012, na próximo ao Tinguis.
Incêndio ocorrido em outubro de 2012, na próximo ao Tinguis.

A imagem acima retrata o incêndio ocorrido em outubro de 2012, muito próximo aos Tinguis, nascente que fornece maior parte das águas que abastecem o município de Macaúbas. Na época foram queimadas mais de 10 mil hectares de mata, segundo informações do Corpo de Bombeiros.

Com a estiagem e o mato praticamente seco, a proliferação do fogo é rápida com o seu poder de destruição potencializado. Informa ainda a moradora que não viu nenhuma ação para controlar o fogo que é notado ha quilômetros de distância.

Em contato com o Secretário de Meio Ambiente, Lando, disse que nenhuma informação tinha chegado a Secretaria, mas que iria entrar em contato com a região para tomar as devidas providências.


8efe043936941798f77330873acedf241A Associação Comercial de Macaúbas em parceria como SEBRAE promovem entre os dias 15 a18 de outubro Curso de Atendimento ao Cliente. As vagas são limitadas, interessados devem entrar em contato com a ACIMAC. (77) 3473-1661 – (77) 9958-5016.

Curso Atendimento ao Cliente 

Objetivo: • Identificar, refletir e planejar as ações e procedimentos de atendimento em sua empresa que garantam a satisfação dos clientes e possam gerar um impacto positivo nos resultados .

Conteúdo Programatico:
• Tratar bem ou atender bem;
• A importância da satisfação do cliente;
• O perfil do profissional de atendimento;
• Superando as expectativas dos clientes;
• Habilidades essenciais do profissional de atendimento;
• Os sete pecados no atendimento ao cliente;
• A satisfação do cliente;

• A escada da lealdade;
• Definição e objetivos da escada da lealdade;
• A estratégia A.C.M. (atrair,conquistar e manter os clientes);

• Clientes bem atendidos compram mais;
• Conceito de recenticidade, freqüência e valor;
• Estratégias de estímulo à freqüência e estratégia
• Multiplicando e cristalizando resultados;
• Os segredos para acalmar um cliente insatisfeito;
• Medindo o índice de satisfação do cliente;
Período: 15 a 18 de outubro de 2013 Horário: 19:00 a 22: 30 h
Carga horária: 15hs Local: divulgaremos posteriormente
Investimento: R$ 50,00 (Cinquenta reais por participante)

Informações/Inscrições: ACIMAC – Silvaneia Furtunato e Alessandra Morais
Contato : (77) 3473-1661 – (77) 9958-5016 .

Endereço : Rua Castro Alves,555 – Prédio Centro. Macaúbas – BA

 


Macaubas-Prefeito-Zezinho-Medicas-Cubanas-em-Brumado-Noticias-41Contratadas pelo Programa Mais Médicos, do Governo Federal, as médicas cubanas Dunia Broche e Dorys Cristina del Rosário já estão no município de Macaúbas, no sudoeste baiano, onde atuarão pelos próximos três anos. As estrangeiras irão dividir uma casa com piscina, pomar, jardim, churrasqueira, salão de jogos, ampla garagem e quatro dormitórios, cujo aluguel no valor de R$ 1.200 será pago pela prefeitura. De acordo com o Jornal a Folha de São Paulo, as médicas estão hospedadas na sede do município, mas irão trabalhar na zona rural, onde o dia a dia de trabalho promete ser intenso. Os postos de saúde nos quais elas atuarão ficam em povoados a 30 km e a 40 km do centro da cidade e as condições das estradas são precárias. Mesmo assim, as duas estão animadas. No povoado de Lagoa Clara, o posto de saúde está com os sanitários interditados ao público. Apenas o banheiro do consultório funciona. Já na unidade de saúde do povoado de Lagoa do Maurício faltam equipamentos, que devem chegar em duas semanas, segundo a prefeitura. A demanda diária desses postos é de 20 a 30 atendimentos.

Macaubas-Casa-Cubanas-em-Brumado-Noticias-41

Em sua pagina do Facebook a Prefeitura de Macaúbas presta esclarecimento sobre o assunto que se tornou manchetes nos principais jornais e site do Brasil. Veja:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

“Acerca da matéria exibida no site do Jornal Folha de São Paulo, datada do dia 25 de setembro, na qual o jornalista Mário Bittencourt afirma, dentre outras assertivas, que os parâmetros do imóvel alugado pela Prefeitura de Macaúbas para residência dos profissionais enviados pelo Programa Mais Médicos, do Governo Federal, está acima dos padrões e, em contrapartida, que a es…trutura dos postos de saúde onde os mesmos irão atuar estão aquém das necessidades da população, a Prefeitura de Macaúbas comunica oficialmente:

Continua lendo…


Foto: Marcio Vaz Cardoso. Vista Parcial de Lagoa Clara.
Foto: Marcio Vaz Cardoso. Vista Parcial de Lagoa Clara.

O distrito de Lagoa Clara e comunidades próximas receberão na próxima quarta feira (25), o Projeto Vigilância Sanitária e Minha Comunidade. O evento acontecerá a partir das 8:30 na Praça Central do Distrito. Veja a programação divulgada no Facebook da Prefeitura:

Teste de Glicemia Capilar, uma das ações do Programa.
Teste de Glicemia Capilar, uma das ações do Programa.

Teste de glicemia capilar e de tipagem sanguínea;
Avaliação com nutricionista
Aferição de Pressão Arterial
Vacinação humana
Aplicação de flúor
Vacinação de Cães e Gatos (somente até às 10 h da manhã)

O Programa também terá palestras sobre Higiene Pessoal e domiciliar; os Perigos da Automedicação; e sobre a Dengue, a Leishmaniose e Chagas e se previna com a distribuição gratuita de Preservativos.
Não se esqueça de levar seu cartão de vacinação!

Informa a nota que a equipe da Vigilância Sanitária irá recolher medicamentos com prazo de validade vencido, os moradores devem levar até a Praça para que sejam descartados de forma correta.

Continua a  nota: “Para quem não conhece, o Projeto Vigilância Sanitária e Minha Comunidade tem o objetivo de estreitar a relação entre a Vigilância Sanitária e a população, através de ações integradas entre as equipes da Atenção Básica, Vigilância Epidemiológica, SAMU, Secretaria de Meio Ambiente e Secretaria da Educação.”

Este  Projeto VIGILÂNCIA SANITÁRIA E A MINHA COMUNIDADE foi aprovado para a apresentação no VI Simpósio Brasileiro de Vigilância Sanitária na modalidade Discussão Temática. O Simpósio acontece em Porto Alegre, entre 28 e 30 de outubro de 2013, informa nota.


Áreas consideradas devolutas estão sendo cercadas, diz cidadão.
Áreas consideradas devolutas estão sendo cercadas, diz cidadão.

Um morador da região de Lagoa Clara, divisa do município de Macaúbas e Tanque Novo denuncia suposta grilagem de terras e crimes ambientais naquela região. O cidadão pede intervenção do Conselho Municipal do Meio Ambiente e autoridades ambientais de Macaúbas.

O caso será levado ao conhecimento da Secretaria de Meio Ambiente, do Conselho Municipal de Meio Ambiente e da Promotoria de Justiça de Macaúbas. Em seu texto o cidadão faz um relato do que está ocorrendo na região. O blog excluiu nomes de cidadãos que foram citados, más na denuncia que serão encaminhadas às autoridades seguirá na íntegra, exceto o nome do denunciante que pediu sigilo do seu identidade, vez que a Lei incentiva que cidadãos façam denuncias, mesmo que anônimas. Cabe as autoridades averiguar a situação e constata a denuncia.

Um piquizeiro é usado como esticador.
Um piquizeiro é usado como esticador.

Estive na região, divisas entre os municípios de Macaúbas e Tanque, onde existem aproximadamente 5.000 hectares de resquícios de cerrado,conhecido popularmente por “gerais”, que vai do distrito de Lagoa Clara ao recém criado distrito de Murici, território de Tanque Novo, podendo ser encontradas árvores frutíferas típica desse tipo de vegetação como: o pequi, o puçá, a cagaita,a mangaba,o araticum, o bapacari e outras. Devido a baixa fertilidade estas terras até então não era aproveitada para a agricultura, caracterizando terras devolutas de acordo com o Artigo 20,II e 26, IV da Constituição Federal. São portando áreas de uso coletivo, onde a população nativa dedica o extrativismo vegetal e o pastoreio.Porém tal realidade esta sendo modificada com o surgimento na região de um capim gramão ( espécie de gramínea), conhecido na região como capim sete légua,adaptado a esse tipo de solo fez com essas terras tende a cumprir uma sentença macabra, o desaparecimento desse bioma, que na prática é uma amosta do cerrado, vegetação típica do Brasil Central em plena caatinga nordestina. Isto se o poder público de ambos municípios não fizerem. Macaúbas parece desconhecer a quem pertence essas terras assim como desconhecia a quem pertencia o território que perdeu para Riacho de Santana.

– Uma área de 100 hectares cercadas a quase 04 ( foto do pequizeiro servindo como esticador) e anexada ao latifúndio do Sr. JFPN e uma picada ( foto), onde o mesmo pretende cercar umas 300 ha. a mais;
– Uma área de mais ou menos 50 hectares, exatamente na divisa entre os dois municípios pelo o Sr. BAR, ampliada nos últimos dias;
– Mais adiante onde supõe ser território do município de Tanque Novo um roçado sobre dezenas de pequizeiros e uma área de gerais cercada equivalente a 10 hectares pelo Sr. DJL.

Na estrada que liga Lagoa Clara a Comunidade do Rio Santo Onofre se vê o gerais sendo loteado em dezenas de lotes, como se fosse um loteamento urbano. Diante de tal realidade pedimos a sua valiosa colaboração aí no Conselho de Meio Ambiente. A publicação no blog fica a seu critério”

(Texto e fotos enviados por e-mail por internauta)


Quinta-feira -19 de Setembro de 20133 - Ano V - Nº 1148
Quinta-feira -19 de Setembro de 2013 – Ano V – Nº 1148

AUDIÊNCIA PÚBLICA – CONVITE

José João Pereira, Prefeito Municipal de Macaúbas, Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais, torna público para o conhecimento de interessados, que realizar-se-á uma Audiência Pública, no dia 24 de Setembro de 2013, às 08:30 horas, nas dependências da Câmara Municipal, em cumprimento ao que dispõe o Art. 9º, § 4º, Lei Complementar nº 101/00 de 04 de maio de 2000, Lei de Responsabilidade Fiscal, para apresentação dos Relatórios das Metas Fiscais do 2º Quadrimestre do Exercício de 2013.

Macaubas (Ba), 19 de Setembro de 2013.
José João Pereira
Prefeito Municipal

Esta edição encontra-se no site: www.macaubas.ba.io.org.br
Quinta-feira -19 de Setembro de 20133 – Ano V – Nº 1148


Discurso de Junior Brasil, morador de Contendas, cobra das autoridades na Câmara Municipal em sessão realizada na última segunda feira (16), melhorias no tratamento e distribuição de água naquela região. Em suas palavras o cidadão diz que o sistema de distribuição é precário, tendo “cobrança abusiva de tarifas”, distribuição desigual de água, má utilização e falta de fiscalização do poder público. Clique na imagem acima e veja o vídeo.

Fonte onde é captada água para região de contendas.
Fonte onde é captada água para região de contendas.