Caixa em Macaúbas adere a greve dos bancários.
Caixa em Macaúbas adere a greve dos bancários.

Nota: motoqueiro “deficiente” estaciona veículo em local reservado para outras “deficiências”!

Em campanha salarial desde agosto e com data base em 1º de setembro, os bancários reivindicam reajuste de 11,93%, enquanto a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) oferece 6,1%. Este é o principal motivo da paralisação que iniciou hoje em todo estado da Bahia e que deve se prolongar por data indeterminada, assim diz representantes de sindicado da categoria.

Em Macaúbas as três agências, sendo Caixa Econômica e Banco do Brasil, paralisaram suas atividades, no entanto e apesar de ter afixado na porta de entrada, o Bradesco pelo menos hoje está atendendo normalmente, o que não garante que deverá ocorrer durante os próximos dias.

Banco do Brasil também tem suas atividades parcialmente paralisadas.
Banco do Brasil também tem suas atividades parcialmente paralisadas.

A alternativa é procurar os correspondentes, no caso do Banco do Brasil há nas agencias dos Correios o Banco Postal, para clientes da Caixa, as casas Lotéricas e do Bradesco, postos de atendimento em diversos comércios espalhados pela cidade. Ainda resta os atendimentos pela internet.

 

 


Elevatória de Água Tratada, localizada no Alto da Capelinha.
Elevatória de Água Tratada, localizada no Alto da Capelinha.

Segundo relatório do Engenheiro Civil, Aldo Roberto França, também especialista em Engenharia de Saúde Pública, realizado em agosto de 2009, diz que o sistema de abastecimento de água de Macaúbas encontra-se em “fase de saturação”. O relatório contem 18 páginas e há quatro anos foi constatado esta “fase de saturação“, o município de lá para cá tem aumentado sensivelmente o aumento de consumo, mais ainda nos últimos anos com as poucas chuvas e longa estiagem. Imagine um relatório se realizado em 2013?

Canal de Derivação. Tinguis.
Canal de Derivação. Tinguis.

O diagnóstico já está nas mãos das autoridades competentes do município. Para a solução do problema o relatório aponta inicialmente a construção de barragem no leito do Rio Santo Onofre, que na época pertencia a Macaúbas, com a perda de quase 20% do território para Riacho de Santana, o município perdeu também 50% do rio. Outra saída seria construção de adutora da Barragem do Zabumbão, servindo Macaúbas e Boquira. No entanto, com a seca dos últimos dois anos, a barragem Zabumbão entrou em crise, ou seja, também está em colapso!

Com estas considerações, não previstas no relatório de 2009, aponta para outro estudo mais atualizado, levando em conta as novas realidades e busca de novas alternativas.

Ficam ai alertadas as entidades civis e a sociedade organizada de Macaúbas, para que provoquem e cobrem das autoridades competentes urgentes soluções ou o município, dentro em breve estará com sérios problemas com o fornecimento de água potável.

CLIQUE AQUI  e tenha acesso ao Relatório do Diagnóstico da situação apresentada em agosto de 2009. 

Veja abaixo trechos do Relatório:

“SITUAÇÃO ATUAL DE ABASTECIBILIDADE
O Sistema de Abastecimento de Água da cidade de Macaúbas encontra-se em fase de saturação no tocante a oferta de água. As manobras de registros da rede de distribuição já é uma rotina diária, visando-se uma distribuição equitativa da água pelos diversos locais da cidade. O Sistema que originalmente tinha sido concebido durante a sua vida útil para o atendimento exclusivo da sede do município, com o passar dos anos foi sendo utilizado para o suprimento de diversas localidades da zona rural, estando na atualidade com as seguintes demandas: Várzea Verde, Olaria, Lapinha, Várzea Suja, Enchu, Sapecado, Formosa, Três Oiteiros, Leite, Muquém, Pau de Légua, Várzea do Boi, Quati, Mandacaru, Riachão, Tamboril, Galinhas, Lagoa do Capim, Queimadas, Bebedouro, Ponta do Morro, Nova Macaúbas, Cupido e Pé do Morro, as quais representa na sua totalidade uma sangria de 7 a 10% da oferta do Sistema.

Acrescenta-se a isto o incremento de ligações, que na sede do município apresenta uma média mensal de 23 ligações. Deve-se enfatizar que a política tarifaria adotada na atualidade pelo SAAE, associada ao elevado percentual de hidrometação, é uma forte inibidora do desperdício e talvez seja um dos fatores para que o Sistema não tenha entrado em colapso até o momento

Barramento do Rio Santo Onofre
Na década passada foi realizado pela SEMARH/CERB um estudo de viabilidade técnica para construção de uma barragem no rio Santo Onofre, a ser localizada no município de Macaúbas. O foco do empreendimento era para utilização principal em irrigação, contemplando os municípios de Paratinga e Macaúbas. Os estudos conduziram a um volume de acumulação de 54,54 milhões de metros cúbicos e uma área irrigável de 1.000 hectares. Na época o empreendimento foi considerado economicamente inviável.
Esta alternativa merece um re-estudo focado no abastecimento humano, tendo em vista as dificuldades
hídricas da região.”

(Fotos e textos retirados do Relatório, enviado por e-mail)

 


DSCN6177

Em reunião realizada nesta segunda feira (16),presidida pelo vereador Marcos Ricardo Figueiredo Pinto, teve a aprovação de dois projetos do Executivo, as visitas dos Secretários de Recursos Hídricos, Antenor Silvino (Nin de Antenor), Idelfonso Pereira da Pasta de Infraestrutura e do Diretor do SAAE, José Raimundo (Zezito), os quais prestaram esclarecimento sobre suas áreas de atuação.

Acompanhe o andamento da reunião por tópicos.

Fala cidadão:

Usou a Tribuna Livre da Casa o usuário do sistema de água, Sr. Junior Brasil, morador da comunidade rural de Contendas. Indignado pela situação que se encontra a distribuição de água nas comunidades da região de Contendas, pediu intervenção da Câmara junto ao SAAE no sentido de melhorar o sistema de distribuição de água e seu tratamento.

Clique aqui e assista o vídeo.

Em resposta o Diretor do SAAE disse que nossas águas não necessitam propriamente de tratamento e sim de “desinfecção”, sendo a água colhida em fontes ou poços, considerados potáveis e que há alguns anos a comunidade recebia água “desinfectada”, mas que por falta de recursos técnicos foi retirada a pedidos dos próprios moradores e que com o avanço no sistema e meios de melhoramento, pode sim ser retomado.

Em seguida usa a Tribuna o Diretor do SAAE.

DSCN6163

José Raimundo, Zezito, informa que há mais de dez anos, assume o cargo de Diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Macaúbas,  falou sobre os poços tubulares administrados pela Autarquia Municipal e em seguida responde parcialmente alguns questionamentos dos vereadores, sobre diversos assuntos:

Aumento da Tarifa de Água: indagado por muitos vereadores da oposição, para explicar os motivos que levaram o SAAE a reajustar as tarifas de água em 16%, o diretor, se esquiva e disse que precisaria ser oficializado para responder sobre o tão complexo assunto, envolvendo muitos termos técnicos e justificativas contábeis.

SAAE tem déficit ou superávit?

Outra pergunta dirigida pelo vereador Marcelo Nogueira ao Diretor do SAAE que ficou sem resposta, foi sobre os resultados financeiros da Autarquia: se ela tem déficit ou superávit no final do mês.  Em sua fala Zezito disse que presta contas e que envia a Prefeitura e ao Tribunal de Contas resumo das Prestações Mensais e que também precisaria ser oficializado para tratar deste assunto, ou seja, não deu a resposta se sim ou se não.

Na verdade o SAAE é uma empresa que não visa auferir lucros, se estiver tendo “gordas” sobras de receitas, lucros ou superávit, não há como justificar um reajuste nas tarifas de água em torno de 16%, levando em conta que a inflação de 2012 ficou em torno de 5,85%.

Durante sua fala o Diretor do SAAE explica a falta de água nas chamadas “pontas de rede”, onde o morador em vez e água recebe “vento” e paga por ele. Justifica que isso é uma questão do “tempo da manobra”, duração em que aquela rede fica com água, não sendo suficiente para que atenda os usuários que ficam no fim da rede. Dá como exemplo as comunidades de Caititú de Veredinha. Más não apontou solução para o problema.

Recursos Hídricos: 

Em seguida usa a Tribuna Livre o Secretário de Recurso Hídrico, o ex-vereador Antenor Silvino, (Nin de Antenor). Fala das dificuldades em assumir uma Pasta tão importante e da falta de recursos, sem orçamento e que vem fazendo o que é possível diante da crise que assola o município e também todo o País. Disse que durante sua gestão já colocou em operação 29 poços tubulares que estavam desativados e construiu centenas de dutos de água. Pediu compreensão por parte dos vereadores e que para o próximo ano, com o novo Orçamento poderá melhorar os serviços da Secretaria de Recursos Hídricos. Disse da parceria que vem mantendo com o SAAE e a Prefeitura no sentido de amenizar o sofrimento do homem do campo.

Infraestrutura:

Por último faz uso da palavra o Secretário de Infraestrutura, o professor aposentado Idelfonso Pereira, apresentou o projeto de Nº 37, que autoriza o município a adquirir terreno para construção de Cemitério Público. Disse que as obras irão começar de imediato e que já tem em mãos o projeto para construção de uma Capela com capacidade para 200 pessoas.

O projeto foi posto em votação e aprovado por todos os presentes. A compra do terreno de duas hectares de terra fica localizado no Loteamento Mundo Novo, foi adquirido pela Prefeitura ao custo de R$ 100 mil, pagamento parcelado em três vezes.

Recesso Parlamentar:

Projeto de Lei do vereador Anderson Gumes, que mudaria o Art. 30 da Lei Orgânica do Município, reduzindo o recesso parlamentar no meio do ano e autorizando a Câmara a realizar duas reuniões por semana. Devendo se votado em duas reuniões (ou dois turnos), a emenda a Lei Orgânica foi rejeitada nesta primeira votação. Tendo dois votos favoráveis e cinco contra, sendo este da situação. A oposição por considerar o tema divergente entre os próprios vereadores situacionsita, se abstêm do voto.

Titulo Cidadão Macaubense: 

A Câmara também aprovou por unanimidade dos presentes o Titulo de Cidadão Macaubense concedido ao Dep. Federal Sergio Brito, indicação do Blog PT/PDT.

Sessão Itinerante:

Ficou agendada para o dia 07 de outubro reunião itinerante do Distrito de Lagoa Clara, para tratar da perda de território para Riacho de Santana, Saúde e outro tema que deverá ser escolhido pela comunidade.


Macaubense conquista vice campeonato.
Macaubense conquista vice campeonato.

O macaubense WELLITON MALHEIRO BASTOS de apenas 17 anos, disputou o CAMPEONATO BRASILEIRO DE KARATÊ realizado na cidade ANÁPOLIS-GO, nos dias 07 e 08 de setembro. Após quatro vitórias consecutivas, o jovem WELLITON foi classificado para disputar a final, ficando em 2º lugar garantindo o VICE CAMPEONATO BRASILEIRO DE KARATÊ após perder a decisão por apenas dois pontos, para seu adversário.

O Grupo Robinson Nunes parabeniza este macaubense de fibra e tem orgulho de ser o patrocinador de Welliton. Em novembro deverá acontecer o Campeonato Panamericano, juntos estaremos torcendo pelos macaubenses.


1186749_215094785320477_1807720870_nSão extraordinárias as obras que fazem parte da Exposição do Projeto Os Gêmeos e o Irrealismo dos Tipos Brasileiros, do CETEP. Tendo como artistas homenageados a dupla de grafiteiros OS GÊMEOS, o AVE (Artes Visuais Estudantis) 2013, projeto da Secretaria de Educação do Governo do Estado da Bahia. Na etapa do CETEP, apresentou uma série de trabalhos que demonstraram o avanço dos estudantes dos cursos de Meio Ambiente e Enfermagem produziram no que se refere à pintura e desenho.

1280482_215094955320460_965113934_nEste foi o melhor dos resultados obtidos, mais que qualquer eventual premiação que ele apresente: o crescimento através do aprendizado. Os estudantes Margarete e Robernéia do 4º Ano de Meio Ambiente, foram os alunos vencedores que representarão o CETEP na final territorial nesta sexta-feira, 13 de setembro, à partir das 14:00h no Centro Cultural José Benedito do Amaral.

A amostra foi organizada pelo Professor de Artes do CETEP, Téo Ferreira;  projeto este que tão fidedigna transmissão de sabedoria artística. A Exposição vai até nesta quinta, 12. Informações a partir do Facebook da Prefeitura de Macaúbas.

Veja abaixo a galeria de fotos publicada no Facebook da Prefeitura de Macaúbas.

 


Em Macaúbas pode chegar até R$ 40,00, o botijão.
Em Macaúbas pode chegar até R$ 40,00, o botijão.

Gás liquefeito de petróleo (GLP)  – também conhecido como gás de cozinha, foi um dos produtos que teve reajuste em Macaúbas, hoje um botijão de 13kg pode chegar até R$ 40,00, incluso ai taxa de entrega em domicílio. No depósito o preço fica em torno de R$ 37,00, o aumento fica em torno de 10 a quase 15% a depender da distribuidora. O blog entrou em contato com algumas distribuidoras de cidades vizinhas e obteve o seguinte resultado: Boquira, há quem ache o botijão a R$ 37,00, em Ibipitanga também é possível encontrar até de R$ 35,00, já em Botuporã é praticado o preço de R$ 31,00. Já em Tanque Novo o botijão pode ser comprado por até R$ 30,00.

Se comparado o valor praticado em Macaúbas com Tanque novo a diferença fica em torno de 30%. O que pode explicar esta diferença de preço tão exorbitante?

aumento-preco-ouroVale a pena lembrar que o índice da inflação oficial de 2012 foi de 5,85%. Os reajustes de preços em Macaúbas não obedecem a uma lógica de mercado, visto que na semana passada o preço do pão comum teve um reajuste de 50%, há aluns meses a tarifa de água teve um aumento de quase 16% e agora o gás de cozinha que é um dos maiores da Bahia. Vale lembrar também os preços praticados nos postos de combustíveis, um dos mais altos do país.


vinicius

Um conjunto de atividades fazem parte dos Projetos Estruturantes de 2013, promovido pela Secretaria da Educação, através das Diretorias Regionais da Educação (Direc).

A Direc-23, deverá promover diversos eventos que fazem parte do Projeto de 2013, que comemora o centenário do poeta Vinícius de Moraes, se vivo estivesse.

Vinícius de Moraes, nascido Marcus Vinicius de Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, dramaturgo, jornalista, poeta e compositor brasileiro.
Poeta essencialmente lírico, o que lhe renderia a alcunha “poetinha”, que lhe teria atribuído Tom Jobim, notabilizou-se pelos seus sonetos. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador.

Veja a programação deste ano:

PROVE

Mostra de vídeo do PROVE: Produção de Vídeos Estudantis – Serão exibidos nesta quinta feira, 12, às 18:00h no Centro Cultural Prof. José Benedito do Amaral.

images

Sarau do TAL: Tempos de Arte Literária Mostra de álbuns do EPA – Educação Patrimonial e Artística, Vernissage do VE – Artes Visuais Estudantis – iniciará às 14:30h, desta sexta feira, 13 – No Centro Cultural Prof. José Benedito.

download (1) cópia

FACE Festival Anual de Canção Estudantil – Acontecerá na Praça da Matriz de Macaúbas, nesta sexta feira, 13 – a partir das 18:00h.

Todos estes eventos deverão ter a participação das escolas estaduais dos nove municípios que integram a 23ª Região Administrativa da Bahia, pertencentes a jurisdição da Direc-23.

O poeta carioca foi imortalizado também pelos seus sonetos, um estilo de poesia pouco difundido entre os poetas da atualidade. Considerado difícil a sua estrutura por muitos que preferem não “contar” letras, silabas para “achar” nos vastos verbetes da infinita Língua Portuguesa abrasileirada! E para os amigos da poesia, o Soneto do amigo Moraes!…

 

Soneto do amigo

Enfim, depois de tanto erro passado
Tantas retaliações, tanto perigo
Eis que ressurge noutro o velho amigo
Nunca perdido, sempre reencontrado.

É bom sentá-lo novamente ao lado
Com olhos que contêm o olhar antigo
Sempre comigo um pouco atribulado
E como sempre singular comigo.

Um bicho igual a mim, simples e humano
Sabendo se mover e comover
E a disfarçar com o meu próprio engano.

O amigo: um ser que a vida não explica
Que só se vai ao ver outro nascer
E o espelho de minha alma multiplica…

Vinícius de Moraes


P9070032

Por e-mail internauta indignado com situação de suposto loteamento irregular localizado ao lado da rodovia que dá acesso à Macaúbas, envia texto e fotos, conforme mostra a imagem datada de 07/09/2013 (no canto da foto), ou seja, a imagem é recente. Segundo o texto do internauta que reproduzimos na íntegra, o loteamento foi embargado e o proprietário continua a executar serviços no local. Em contato com o Secretário de Meio Ambiente disse que as medidas legais já foram tomadas e espera ações de outras autoridades e instâncias competentes do Município. A identidade do dono do loteamento não foi informada oficialmente.

Segundo informações, mesmo após embargado, empresário continua obra.
Segundo informações, mesmo após embargado, empresário continua obra.

A imagem capturada nesta manhã de 07 de setembro mostra uma máquina fazendo serviços no loteamento que está embargado.

Através de ofício enviado ao Conselho Municipal de Meio Ambiente (Nº 035/2013), a Secretaria de Meio Ambiente de Macaúbas, apresenta uma relação de 08 (oito) loteamentos licenciados e 12 (doze) em face de licenciamento. Anexo a esta correspondência enviou o Programa de Educação Ambiental de Macaúbas, cópia da Legislação Municipal Ambiental do Município (contendo Código Ambiental do Município, Leis de Uso e Ocupação do Solo e outras). Este material servirá de base para o Conselho formar um grupo de estudo e acompanhamento dos loteamentos em Macaúbas e outras ações ambientais. Uma reunião do Conselho deverá acontecer durante a próxima semana e será aberta ao público, oportunidade esta que a comunidade terá para apresentar queixas e obter informações.

Veja a seguir o texto enviado por e-mail:

“MACAÚBAS-BAHIA: TERRA SEM LEI!
Informado por boca miúda, este leitor se indígena, após ser embargado empreendimento, e comunicado as autoridades de Macaúbas, empresário do ramo de loteamentos, descumpre ordem da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e de outras AUTORIDADES, e continua com suas atividades, além de desmatar, construiu estradas e por fim, está asfaltando, em plena luz do dia sem nenhum constrangimento, na Via do Acesso ao lado direito sentido a Macaúbas, como se nada estivesse ocorrendo. Será possível que as autoridades não estão vendo esse desrespeito? O que está acontecendo com nossa Cidade? Será possível que Macaúbas têm realmente um dono? Essa é a pergunta que não quer calar!”