Após falha na alimentação do Boletim da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, onde constavam 02 casos positivos para o Novo Coranavirus, e com óbito do único caso testado laboratorialmente no município, conforme nota da Prefeitura de Macaúbas, bem como tendo dado negativo (teste rápido), para as pessoas que tiveram contato com o paciente, o município de Macaúbas, na prática, não tem nenhum caso de Covid-19, confirmado.

Veja nota:

...”A Prefeitura Municipal de Macaúbas, através da Secretaria de Saúde, vem esclarecer à população acerca do suposto segundo caso de COVID-19 em nosso município, noticiado nas redes sociais na noite de ontem.

Após apurar as informações junto à SESAB, constatou se tratar de um equívoco do setor responsável pela elaboração do Boletim Epidemiológico do Estado, que já foi corrigido na edição desta quarta-feira, 03 de junho.

Até o momento, Macaúbas apresenta somente 01 caso confirmado de COVID-19, que ainda consta como ativo no sistema estadual, apesar de o paciente ter vindo a óbito por outras causas, pois ainda estão em curso as investigações sobre o possível local de contaminação e os efeitos em nosso município. Os familiares e pessoas que mantiveram contato continuam sendo monitorados pela equipe de Vigilância Epidemiológica.

A Prefeitura Municipal e a Secretaria de Saúde acreditam que a transparência das informações prestadas é um ato de respeito para com a população macaubense e uma das principais medidas de combate à disseminação do Novo Coronavirus.

Juntos venceremos essa luta.”…

Macaúbas – BA, 03 de junho de 2020.


Para também conter o crescimento dos criadouros do mosquito da Dengue o qual transmite também Chikungunya e o Zika Vírus, a Prefeitura de Macaúbas, através da Secretaria de Saúde e seus órgãos de controle está fazendo uma campanha para que a população coopere. Listou 12 procedimentos simples para evitar casos destas doenças e assim complicar ainda mais o sistema público de saúde, que já enfrenta a pandemia do Covid-19… Veja as orientações e siga:

Esse é o cara!

01 – Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.

02 – Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.

03 – Não jogue lixo em terrenos baldios.

04 – Se for guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha-as sempre com a boca para baixo.

05 – Não deixe a água da chuva acumular sobre a laje e calhas entupidas.

06 – Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.

07 – Se for guardar pneus velhos em casa, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.

08 – Limpe as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água.

09 – Lave com frequência, com água e sabão, os recipientes utilizados para guardar água, pelo menos uma vez por semana.

10 – Os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão, toda semana. É importante trocar a água desses vasos com frequência.

11- Piscinas e fontes decorativas devem ser sempre limpas e cloradas.

12- Sempre que possível evite o cultivo de plantas como bromélias ou outras que acumulem água em suas partes externas.

Combata o mosquito da Dengue, pois ele também transmite a Chikungunya e o Zika Vírus.


Informações preliminares dão conta que uma Van, vinda da cidade do Rio de Janeiro, na madrugada desta quinta feira, 16, conforme informa a Prefeitura de Macaúbas em rede social, transportando pessoas até a zona rural de Macaúbas, localidade não informada pela nota, apenas diz que a informação foi dada anonimamente…

Conforme as imagens a equipe de Controle Sanitário, com o apoio da Polícia Militar, foi até o local e fez o devido monitoramento, orientando os passageiros a ficarem de quarentena. Basta agora as autoridades de saúde realmente fazer a averiguação se estes passageiros irão mesmo fazer a quarentena, visto que há casos que pessoas vindas de fora não estão cumprimento as recomendações do “#ficaemcasa”…

Eis ai a importância da denuncia, das informações que muita das veze quem tem é a própria população.. Bem como recai sobre a comunidade de destinos destes passageiros a “fiscalização” para que cumpram a quarentena…


Boa parte da cidade está sendo higienizada

A Prefeitura de Macaúbas iniciou no dia 03/04 uma ação preventiva de combate à propagação do CORONAVÍRUS. Foi realizada a higienização e desinfecção dos locais públicos de maior circulação de pessoa, como: Praça Matriz, Rua Direita, Praça da Feira e ruas no entorno, Rua dois de Julho e as calçadas da UPA24. A ação preventiva também foi realizada nas ruas das principais Clínicas e no Hospital Regional de Macaúbas e unidades de Saúde: Parque Bela Vista, Centro de Saúde, SAMU e PSF Loteamento Bastos, além de igrejas, rodoviária, Fórum e Ministério Público. A ação contou com o apoio da Polícia Militar.

Pedimos que, para segurança sua e de todos nós, continuem em medida de Isolamento Social.


 

Ação tem importante participação da Câmara de Vereadores

Também em quarentena, a Câmara de Vereadores de Macaúbas, que reduziu seu quadro funcional e alguns em expediente interno, enxugando assim, gastos com expediente, combustíveis, tarifas de água, luz e telefonia, vem transferindo este recursos para o município, os quais estão sendo usados no combate e enfrentamento ao Covid-19…

Câmara coopera na compra de EPI

Segundo o Presidente da Câmara o Vereador Anderson Gumes, se faz necessário neste momento todo esforço para amenizar ao máximo os efeitos desta pandemia, tanto para a saúde dos macaubenses, como também ao comércio local, diz que com a autorização do Legislativo, a Câmara vem votando projetos em regime de urgência, como a prorrogação de tarifas e impostos cobrados pela Prefeitura.

A Câmara também coopera com a compra de insumos como mascaras e EPIs e ações de limpeza e desinfecção das ruas e logradores públicos, através dos recursos oriundos de devolução de excedentes por adotar medidas de contenção de gastos e redução de expediente.

 


A

Segundo dados do último boletim informativo da Secretaria de Saúde de Macaúbas, desta terça, 07 – o município ainda não registrou oficialmente (visto que é possível a existência de casos assintomáticos na cidade), nenhum caso “laboratorialmente” falando do Covid-19, bem como os números dão conta que 08 casos foram descartados destes 50% por exames de laboratório e outro “epidemiologicamente” ou seja, por “critérios da epidemiologia” (???)…

O Boletim de ontem, apresenta um novo formato, sendo este o terceiro da série, com novos nomes, tipo “palavrões” para os leitores e cidadãos menos familiarizados aos “jargões” técnicos-científicos adotados… No entanto, o que importa mesmo é a última informação: 00

E, por fim: fique em casa quem puder!


Segundo o Decreto Publicado nesta segunda feira, 06 – O prefeito Amélico Costa Jr, em consenso com os demais prefeitos da Bacia do Paramirim, resolvem prorrogar o Decreto de cada município, o qual mantem os comércios fechados em medida ao controle de circulação de pessoas. Ficam abertos apenas os estabelecimentos essenciais, como os de gêneros alimentícios, medicamentos, postos de combustíveis entre outros.

Macaúbas ainda não tem nenhum caso confirmado, apenas segue 08 pessoas em isolamento domiciliar, há quem acredite que já exista casos, mas não há como atestar clinicamente, é necessário um exame laboratorial, o qual quando sair, as pessoas já estarão curadas…

Abaixo uma imagem da Rua Rui Barbosa em Macaúbas (Praça da Feira), imagem essa do perfil do comunicador Jovane Sales, mostra a contradição de fechar o comércio e as pessoas continuam circulando, não dá para entender isso…

Macaúbas (foto a partir do perfil de Jovane Sales) 06/04

No entanto, cidades como Vitória da Conquista que já tem casos confirmados, fez uma estratégia de rodízio, devido a pressão das entidades que representam o comercio, consegui junto ao prefeito abrir o comercio em forma de rodízio, media esta que poderia ser adota em Macaúbas, INDEPENDENTEMENTE  da decisão dos demais municípios da região, visto que Macaúbas é uma cidade independente e nem sempre deve agir em colegiado, exemplo maior foi no caso das policlínicas, em situação de pactuação e outros pontos.

O comércio pode abrir e tomar as medidas de proteção coletiva e individual, o que falta é mais engamento do comércio e pressão sobre o poder público local. Justifica-se isso, pelo movimento que a cidade tem, há centenas de pessoas na rua e o comércio fechado, gente indo aos bancos, casa lotéricas, mercados, que diferença faz?

Essa pandemia irá deixar mais sequelas sociais do que se imagina mas aprendizagem muito pouca, após seu controle a “selva” volta ao “normal”

Veja decreto:


“Na mão da solidariedade”, sem ultrapassar nenhum sinal vermelho, o grupo de motociclistas Rota 156, presidido pelo empresário Felix Jr. com apoio de alguns comércios de Macaúbas, da Polícia Militar, profissionais liberais e principalmente pelos associados da própria agremiação, arrecadaram fundos e foram pra pista!… Na tarde deste sábado, 04 na BA, que dá nome ao grupo, foi feita abordagem a caminhoneiros oferecendo alimentos e outros gêneros de uso básico… Segundo nota foi um gesto de solidariedade em apoio a uma categoria que se faz necessária mais que nunca neste momento de isolamento social que está passando o páis, e sendo assim, a categoria dos caminhoneiros e de todos os profissionais que viabilizam a “quarentena”  e a segurança daqueles que estão em casa. A ação deverá ser repetida em outros  dias da semana, informa a organização da Rota 156.