Prédio da Prefeitura local. (Reprodução)

Segundo nota do blog O Botuporense   (www.obotuporense10.blogspot.com.br), do comunicador Clério Vieira, “há alguns meses, exclusivamente, os funcionários contratados da Prefeitura de Botuporã, vem sofrendo com atraso de pagamento, nos mais diversos setores da administração. Isso sem falar na demissão em massa, de grande parte, destes mesmos contratados, por meio do Decreto nº 062/17 que entrou em vigor dia 02 de outubro último. Onde o executivo municipal alega como motivo, de tal prática (a demissão), a perda de receita e reconhece como, estando acima do permitido, o índice de contratados. Além da necessidade de adequação orçamentária, ou seja, para fechar as contas.

Fato este que até procede, uma vez que o mesmo já foi multado pelo TCM Tribunal de Contas dos Municípios por excesso de contratação, que significa contratar acima do que prevê a Lei de Responsabilidade Fiscal, onde o índice prudencial ou legal é de 49%“podendo chegar” a 54%. No caso de Botuporã, em Setembro último, este índice alcançou a marca de 67.7%. Uma das possíveis soluções para este tipo de problema é a realização de Concurso Público e ou até mesmo de processos seletivos. E quando bem gerido, sobrará dinheiro para investimento em outras áreas que tanto necessitam.

As demissões assim como os atrasos de pagamento, sem dúvida, têm causado muitos transtornos e dificultado ainda mais a vida de quem já ganha pouco. Por meio das redes sociais o Vereador Glauber Magalhães declarou “Além dos médicos, recebemos denúncias que merendeiras, faxineiras e os professores do EJA estão com salários atrasados (o coordenador do EJA, o senhor Delson Brandão, precisa tomar uma atitude, visto que o setor de educação de Botuporã é o que mais recebe recursos em nossa região). Não calaremos nossa voz e nossas atitudes a favor daqueles que mais necessitam. Quem preferir calar, que cale-se. O povo de Botuporã não pode aceitar essa incompetência administrativa. Cidadania, sempre!”

De início alegou-se falta de orçamento, fato que levou o executivo (Prefeito) a lutar por suplementação orçamentária (liberação de mais orçamento) junto à Câmara de Vereadores.

Que, após muita discussão e inclusive, a necessidade de intervenção do Ministério Público no caso para dirimir possíveis incorreções no pedido, foi sim aprovada uma suplementação de 70% no orçamento, o que corresponde, a mais ou menos, 30 milhões a mais para este ano de 2017. Imaginou-se, que após tal medida os problemas seriam resolvidos. Contudo, não ocorreu como o imaginado e os atrasos continuam.

Para o cúmulo do absurdo, o vazamento ou publicação nas redes sociais do Ofício 0117/17 (imagem abaixo) da parte da Secretaria Municipal de Saúde dirigido ao Prefeito municipal causou um verdadeiro alvoroço na população e internautas. E como diz a máxima popular “uma imagem vale mais que mil palavras”, ficam justificados os fatos narrados acima.

Com isso, a população fica desassistida em diversos setores, inclusive, na Unidade de Saúde citada que, tem “dado conta” de atender a população, uma vez que o Hospital da Cidade (Hospital Santa Bárbara) foi fechado já há alguns meses por motivos diverso”

A redação do Blog não consegui manter contato com a Prefeitura de Botuporã. No entanto, espaço fica aberto para interessados através do email: [email protected]


Comunidades participam de encontro organizado pelo CAPS.

Realizado neste fim de tarde da ultima sexta (17), encontro entre as comunidades atendidas pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS), com as presenças dos agentes de saúde de Contendas e Região. O encontro foi patrocinado pelo CAPS, sob a coordenação da psicologa Ana Paula. Segundo nota do site da Prefeitura, também participaram desta reunião representantes das escolas das comunidades de Catolés, Veredinha e Contendas para discutir a participação ativa de todos dentro da Saúde Mental.

Continua nota informando que foram discutidos juntamente com Psiquiatra Antônio Reinaldo Rabelo as dificuldades dos professores com crianças com transtornos de hiperatividade, déficit de atenção… As dificuldades enfrentadas pelos agentes de saúde, o preconceito que muitas pessoas ainda têm em relação aos problemas mentais.

Segundo consta, na reunião foi comunicado também sobre o CAPS Itinerante que iniciará nesta região. Logo depois irá expandir para todas as comunidades do município, com psicóloga, enfermeiro, assistente social que realizarão palestras e orientações. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Macaúbas, através da Secretaria Municipal de Saúde.


(Imagem: http://www.ceert.org.br)

Segundo nota do Bahia Notícias, um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado nesta terça-feira (14), aponta que na Bahia o número de mortes por causas externas entre homens de 15 a 24 anos cresceu 171% na última década. Outros estados das regiões Norte e Nordeste também registraram aumentos expressivos. Estes números contrastam com os dados de outros estados em que o número caiu significativamente, é o caso de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Santa Catarina. Para levantar os dados são contabilizados casos como homicídios, suicídios, atropelamentos e acidentes. De acordo com o IBGE, a redução da quantidade de mortes no Sudeste e no Sul estaria relacionada aos ganhos sociais e à redução da desigualdade. O levantamento mostra ainda um aumento do número de mortes em geral no Brasil. Foram 1.270.898 óbitos em 2016, 3,5% a mais do que em 2015 e 24,7% a mais do que em 2006.


Waldenor e Diretoria do Abrigo (

Conforme nota do portal do Jornal do Sudoeste, em visita ao município de Macaúbas no último sábado (11), os deputados Waldenor Pereira (federal) e Zé Raimundo (estadual) conheceram as novas instalações onde está sendo construído o Abrigo dos Idosos do município.

A Associação Beneficente São Francisco de Assis de Macaúbas (ABSFAM) acolhe idosos de famílias de baixa renda. Presta assistência multiprofissional e oferece atividades que promovem a qualidade de vida e autoestima dos idosos. A nova instituição está sendo construída para atender a normas necessárias à instituições de longa permanência, com maior acessibilidade e capacidade de ofertar novas vagas.

Abrigo é beneficiado com recurso da emenda de R$ 100 mil

Segundo o presidente da ABSFAM, Gilvan Silva, a construção precisa de mais recursos para a finalização. A obra começou a ser construída com doações da comunidade. O presidente e outros integrantes da diretoria da associação pediram intermediação dos deputados para auxiliar na aquisição de móveis, utensílios e equipamentos para a conclusão do abrigo.

Diante do pedido, os deputados Waldenor e Zé Raimundo se comprometeram a encaminhar recursos de emenda parlamentar no valor de R$ 100 mil para a aquisição de uma ambulância e instalação do Conselho das pessoas com deficiência, dentro do Abrigo.

A diretoria da ABSFAM agradeceu aos deputados, ressaltando que a instituição estará a serviço daqueles que mais precisam.

 


Conforme nota da Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal da Ação Social de Macaúbas, em sua página oficial nas redes sociais na internet, informa que: …”Nos dias 8, 9 e 10 de novembro, do corrente ano, foi realizada em Salvador a 11° Conferência Estadual de Assistência Social e o município de Macaúbas Bahia se fez presente por meio da delegada eleita na etapa Municipal, representante da sociedade civil e também atual presidente do Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS.
Não podemos deixar de informar também que a maioria das propostas deliberadas na etapa municipal foram defendidas e aprovadas na etapa estadual, passando agora para a etapa Federal que será em dezembro no Distrito Federal.
Agradecemos a representação e participação de Alessandra Gonçalve”

Macaúbas representada pela cidadã Alessandra, eleita na convenção municipal. 

* Por Irlando Oliveira
Mantendo-se já há quinze anos na política brasileira, desde 2003, a esquerda vem, de forma sistemática e estratégica, estabelecendo ações sorrateiras com o escopo de se perpetuar no poder. Esquiva-se em implementar políticas públicas que objetivem, de fato, a criação de um maior Estado social, como forma de se tentar mitigar a miséria que assola o país, mas age em conformidade com os postulados exarados nos manuais de política da própria esquerda, aplicando um “assistencialismo” em larga escala, através do qual – infelizmente – mal atende a fome daqueles que se encontram em vulnerabilidade social, isto em razão – vale dizer – da falta de perspectivas de, com esforço próprio, conduzir suas vidas com dignidade. Ao invés de se ensinar a pescar, deu-se o peixe, o que concorreu, sobremaneira, para tornar difícil a mão de obra principalmente para serviços comezinhos, favorecendo a indolência daqueles que já tinham aversão ao trabalho dignificador.
No campo da educação, para se “erradicar” o analfabetismo no país – que obviamente concorre para o baixo índice de desenvolvimento humano (IDH) -, na tentativa de projetá-lo positivamente no cenário internacional, buscou-se o caminho mais fácil, através do qual se deveria promover, de todas as formas, a aprovação dos alunos, concorrendo para a criação de uma geração praticamente inculta, carecendo do devido preparo intelectual para arrostar a barreira do vestibular. E para compensar tal deficiência intelectiva, fomentou-se a abertura de universidades e faculdades no país, de modo a facilitar o ingresso dos discentes egressos desse insensato “modelo”. Assim, a nação foi tomada por inúmeros estabelecimentos de ensino de nível superior, muitos dos quais sem a devida habilitação para a condução da atividade nobre, lançando no mercado de trabalho inúmeros profissionais sem a devida mestria para a condução do ofício, necessitando de mais capacitação.
A geração estudantil que aí está, mormente a do considerado ensino médio e universitário, vem sofrendo, por sua vez, influências acerbas de alguns integrantes – esquerdistas – que compõem o corpo docente dos vários estabelecimentos de ensino, que os “encharcam” dos ideais da política que se fidelizaram, fazendo verdadeiro proselitismo político em tais educandários, invectivando contra todos aqueles que não comungam com o pensamento vermelho, depreciando-os violentamente.
Ademais, como bem temos acompanhado as operações da Polícia Federal em todo o território brasileiro, a estratégia política esquerdista necessita de vultosas cifras para a sua concretização, o que tem levado o país aos maiores registros de corrupção já vistos na sua história. Afinal, para a consecução dos objetivos, vale tudo! É o princípio maquiavélico, na acepção da palavra, em que os fins justificam os meios!
____________________________________________________________________________
* Irlando Lino Magalhães Oliveira é Oficial da Polícia Militar da Bahia, no posto de Tenente-Coronel, escritor, ensaísta e especialista em gestão da segurança pública e direitos humanos.

Base da barragem: infiltração e vazamento comprometiam sua estrutura.

Uma ação conjunta entre a Prefeitura de Macaúbas, através da intervenção do Prefeito Amelinho em parceria com a Associação dos Produtores de Santa Terezinha, SAAE de Macaúbas e a Prefeitura de Ibipitanga, conforme nota publicada em rede social, reformam a barragem de contenção sobre o leito do Rio Paramirim que atravessa a comunidade do Distrito de Cristais.

Correção realizada pelo Consorcio das Prefeituras e Associação Comunitária (Foto Sergio Meira)

A ação conta com a contenção nas laterais, as quias com as forças das águas estavam sendo desgastadas, comprometendo assim a segurança da edificação. Também foram estão sendo realizados reparos na base externa do muro principal da barragem, evitando desta forma o vazamento e infiltração de água, ações estas que poderiam danificar seriamente sua estrutura.

Com as intervenções que estão sendo feitas espera-se que a captação de água com as chuvas que já caem na região, possam aumentar a capacidade de armazenamento do reservatório, alongando desta forma o tempo de barramento das águas por mais tempo. A comunidade de Cristais usa as águas para consumo humano, animal e irrigação de pequenas propriedades rurais que abastecem a comunidade local, bem como são vendidas para o Programa Municipal de Merenda Escolar.

Veja outras imagens a partir da página do comunicador Sergio Meira.


Conforme nota publicada no site oficial da Prefeitura de Macaúbas, a Secretaria de Ação Social, leva ao conhecimento dos idosos e pessoas com deficiência que recebem Benefício de Assistência Continuada (BPC) a necessidade de realizarem o recadastramento ou sua atualização no Cadúnico. Este procedimento deve ser feito até dezembro deste ano, na sede do Setor Bolsa Família na rua  Castro Alves. Alerta sobre a possibilidade de cancelamento do benefício caso a atualização cadastral não serja realizada dentro do prazo.