Prefeito fala de confiança na Democracia

O prefeito de Macaúbas, Amélio Costa Jr. usa as redes sociais na internet para agradecer o apoio e votos dados aos candidatos os quais ele representou nestas eleições, o gestor também diz que confia na Democracia. Veja nota:

Venho por meio dessa rede social,expor minha gratidão pelo voto de confiança em nós depositado.Todo esforço,luta e consciência política serão recompensados pelos nossos candidatos,Sérgio Brito e Nelson Leal com compromisso e trabalho em nossa querida terra.
Vamos juntos para o segundo turno com a confiança e a certeza que o Brasil escolherá a DEMOCRACIA.

Viva o povo brasileiro!
Viva o nordestino!
Viva Macaúbas!”

Amélio Costa Jr. Prefeito de Macaúbas/BA


Os brasileiros estão divididos em um dos momentos mais importantes para o país: num processo eleitoral, cheio de dúvidas e incertezas… A maturidade de nossa democracia é a mesma da massa, do povo, dos infelizmente, mais de 50% de sua população no “berço esplendido do alfabetismo“; graças sim, a uma má formação congênita, uterina de um povo miscigenado, que para muitos foi uma “mistura” que não deu certo, como “mais ou menso” assim expressou o Mourão! Ele está certo, bem como “redondamente” enganado, assim é o Brasil, em sua essência um país contraditório porém, fiel as suas origens portuguesas, indígenas, africanas… E o resultado desta mistura deu-se lindas MULATAS (tipo exportação), deu-se o extraordinário SERTANEJO (que “depois” de tudo é um forte)… Deu-se certamente outros “biotipos”, “sociotipo”, “pensotipos” e até os “neotipos”, tipos os Neo-nazistas” mais que isso; deu-se a isso, um neologismo: brasileirismo… Ou uma “jabuticaba”?

Sim, sobre o “bicho pegar”: 

O bicho vai pegar para 50% da população ou fração menos ou mais, vai pegar porque o Brasil, nasceu dividido, desde o Tratado de Tordesilhas até ontem,  é – até ontem pois, quem sabe até o fim de semana, ele não se convence que deveríamos voltar a ser oficialmente uma colônia, melhor – votar para ser uma colônia  “bolsonariana” ou “petistaniana”?

E se correr o “bicho come”: 

Para início de conversa todo “bicho” deve comer e toda “bicha” deve ser comida e quem não se enquadra num ou noutra “lambe”… Nada contra as preferências sexualmente degustativas dos povos do Brasil, visto que eu estou incluso numa destas: do “bico que come” e não é qualquer comida, lembrando que não sou vegetariano, nem vegano, nem somente carnívoro! Muito menos tendências “bolsonariana” ou “petistaniana”, e ainda “alkiminiana”, “ciriana” ou quaisquer outros “ETs” brasileiros… Visto que não optar é uma opção!

Observa o leitor que o texto é inconclusivo, bem como acho que seja, qualquer discurso que polarize  (Norte/Sul), sem uma terceira opção fica difícil decidir entre dois iguais que se diz distintos, e é por isso que o Brasil tá dividido, um lado é contra do que o outro é a favor e vice versa… Mas, anular uma decisão talvez não seja uma boa opção…

Acho que vou votar em mim…

Pois mim quer eu, mim quer vota para índio volta a ser índio, mim que ir pra floresta, mim quer comer índia, mim quer viver pelado, mostrando o rabo, mim quer espelho do português e ver a cara de arrependido de ter expulsados os espanhóis, os holandeses!

MIM, me liga, e comece hoje mesmo a revender a melhor lingerie do Brasil, a revender produtos SexShop, e não ter mais que depender de políticos nem de políticas para sobreviver: ligue agora e faça o seu cadastro (77) 99930-9759.

MIM: Minha Intolerância a Malandragem.


Após matéria postada no site Macaúbas Notícias do comunicador Marcos Sant’Ana, denunciando a falta por semanas de médico anestesista no Hospital de Macaúbas, o que ocasionou a não realização de cirurgias de parto cesariana, tendo que muitas gestantes “pegar o caminho” da cidade de Paramirim, que aparentemente tem melhor apoio à saúde que o município de Macaúbas que tem o dobro de sua população.

veja nota publicada do Macaúbas Notícias publicada em 27/09/18 e em seguida Nota de Esclarecimento da Secretaria da Saúde de Macaúbas.     

Centro Cirúrgico do Hospital de Macaúbas

  

                              “Hospital de Macaúbas não está realizando parto cesárea”              

“Segundo relatos há cerca de duas semanas, as gestantes que estão procurando o Hospital Municipal Antenor Alves da Silva em Macaúbas para ganhar seus bebês e necessitam realizar uma cesariana, estão tendo que se deslocar as pressas para as cidades vizinhas.

Devido ao fato de o hospital não estar contando com um médico anestesista.

Essa madrugada por volta da 2:30h uma gestante teve que se deslocar para cidade de Paramirim para realizar o parto de seu filho e por conta própria, uma vez que a Prefeitura também não está disponibilizando uma ambulância para fazer a transferência.

Uma situação de pânico para as gestantes e familiares, principalmente quem se desloca da zona rural que chega no hospital não são atendidas e não tem condições de pagar um transporte para Paramirim e se veem em uma situação desesperadora.”(Fonte Macaúbas Notícias em 27/09/2018) 

   Nota de Esclarecimento da Secretaria da Saúde de Macaúbas, em resposta a nota acima:       

                                                “NOTA DE ESCLARECIMENTO 

A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que em virtude de um problema de saúde, um dos três anestesistas que atendem no Hospital Antenor Alves da Silva teve que se afastar para tratamento médico. Sendo assim, ficando sem atendimento deste profissional em alguns dias do mês e portanto, mantendo-se o atendimento normal nos dias referentes aos atendimentos dos outros dois anestesistas.

Diante desta situação e da pouca disponibilidade deste Profissional no Brasil, está ocorrendo dificuldade na sua contratação. Em razão disso, e nos dias da ausência deste profissional, todos os pacientes que são atendidos no Hospital, inclusive e principalmente gestantes, e que têm indicação de cirurgia estão sendo internados e transferidos por ambulância, em tempo hábil, para a realização do procedimento no município de Paramirim.

A Secretaria Municipal de Saúde não tem medido esforços no sentido de prestar uma assistência integral e de qualidade a todos os pacientes que necessitam dos serviços prestados no Hospital Antenor Alves da Silva e todas as demais Unidades de Saúde. Desde já, colocamo-nos à disposição para qualquer esclarecimento.”

(Fonte: Site da Prefeitura de Macaúbas em 28 de outubro de 2018) 

 


O polêmico deputado federal do PSL, candidato a presidente da República Federativa do Brasil, Jair Bolsonaro, terá carreata neste fim de semana prevista para muitas cidades do país, e em Macaúbas, simpatizantes do “jeito” bolsonarista estão organizado um ato de apoio ao seu candidato, através de uma carreata que iniciará as 17h00 no trevo de acesso a cidade de Macaúbas.

O candidato que há algumas semanas foi vítima de uma facada num ato político no estado mineiro, e encontra-se hospitalizado. Após o atentado, Bolsonaro teve aumento em sua pontuação nas intenções de votos, mas na ultima pesquisa IBOPE, desceu 1 ponto, de 28 para 27, especialistas dizem que ele chegou no “teto”. O seu índice de rejeição que supera aos 40% parece ser o seu grande problema!


A Secretária Municipal de Saúde promoveu na sexta feira dia 21 de setembro, uma palestra realizada pelo Urologista Dr Bruno Carneiro. O objetivo do encontro foi instituir o Protocolo de Urologia nos serviços de saúde do município. Estiveram presentes Enfermeiros e Médicos do Hospital, UPA, Unidade Básica de Saúde e Postos de Saúde.


As redes sociais, especialmente o Facebook, estão comprovando que não se pode acreditar que o fascismo como conceito prático da natureza humana deixou de existir, apesar das crenças contrárias por causa da estupidez do hitlerismo no século vinte. 

Infelizmente nessas eleições as raízes do fascismo surgiram no Brasil, imitando outras partes do mundo, para ameaçar a democracia e a diversidade de pensamento. Quando não se apresenta projetos políticos claros para resolver os problemas sociais e econômicos, mas se esbraveja impropérios e absurdos, e convence aquela parcela da sociedade que tem como marca a superioridade bem informada, é grande o motivo de preocupação com nosso futuro.

Não podemos, e jamais devemos, conceber um novo tipo de fascismo no Brasil apenas como agressões verbais nas ruas e nas redes sociais contra militantes de esquerda, porque isso ainda pode ser resultado das paixões políticas que surgem em todas as eleições, pois a preocupação maior é com as atitudes daqueles membros da sociedade que são considerados os mais inteligentes.

Como Adorno e Horkheimer disseram, são os mais inteligentes que são literalmente os mais estúpidos, porque são eles que facilitam as coisas para os bárbaros. E é exatamente isso que está acontecendo no Brasil de hoje contra as forças políticas, que obedecendo as regras da democracia, governaram nos últimos anos, e que retirados à força política de bastidores dos corredores de Brasília, o povo quer de volta por direito e com o voto.

A parcela da sociedade mais informada, que deveria exatamente por ser mais “inteligente”, ser mais sensata e respeitar a democracia, quer assumir o ônus político de uma coisa que ela mesmo não sabe do que se trata, porque não existe um projeto político claro desse novo fascismo. O grito, a destemperança, a agressão verbal, a invasão nas redes sociais daqueles que são contrários, não significam propostas claras de como governar o Brasil, significam a estupidez no sentido mais literal da palavra.

Como diziam os mesmo autores citados aqui, não é nada fácil falar com um fascista, porque mesmo ele sendo inteligente, não apresenta argumentos sólidos, não escreve além de quatros linhas, interrompem com insolência e é totalmente inacessível à razão, porque só à enxerga na capitulação do outro.

Para muitos é bom pensar melhor antes de agredir sem apresentar nada de consistente, além de atingir minorias ou idéias diversas, ou achar que as armas resolverão tudo. É bom lembrar que aqueles que tomaram o poder na Alemanha dos anos trinta com as mesmas idéias eram mais inteligentes que os liberais e os comunistas, porém foram exatamente os mais estúpidos. A história é a prova dos nove!

Fonte: genaldo40.blogspot.com


* Por Irlando Oliveira

Através da imprensa e das redes sociais, vem ela novamente tentando sair do obscurantismo artístico que se enterrou há tempos: Daniela Mercury. É só lembrarmos que, quando ninguém mais ouvia falar no nome dela, em razão da queda vertiginosa dos palcos de “sucesso” fogo-fátuo da vida, considerando a fragilidade da sua “música” e do seu “rebolado”, eis que ela “declara” paixão recolhida e amor incondicional por uma mulher, “saindo do armário”, se dizendo abertamente lésbica. Quis aparecer na mídia e conseguiu! Contudo, voltou a ser esquecida!!!
Agora, às vésperas de uma eleição presidencial, eis que essa “cantora” ressurge das cinzas para aparecer, tentando em vão um movimento contrário aos interesses do povo brasileiro! Movimento “Ele não”, através do qual convida todas as mulheres do país a irem às ruas no dia 29/ Set, inclusive desafiando a cantora Anita a apoiar a sua “ideia” — só se Anita for louca!
Me faça uma garapa Daniela Mercury! Se você quer aparecer, busque uma outra forma de fazê-lo, não tentando manchar uma campanha vitoriosa prevista para o 1º turno! O povo cansou de sustentar vocês “artistas” com o dinheiro público! Certamente você está preocupada com isto! Essa mamata vai acabar!!! Seu “movimento” será um fracasso tal qual a sua carreira! Respeite o povo brasileiro!
Essa pecha que você e alguns medíocres querem colocar no nosso candidato Jair Bolsonaro não pegou e nem vai pegar, pois todos sabemos que isto foi jogada dessa imprensa tosca e nojenta que sabe, assim como você, que a mamata vai acabar!!! Temos a certeza do esvaziamento desse seu movimento, pois o povo sabe que você está, no mínimo, tentando tirar um proveito disso, para voltar às mídias, como qualquer “artista” esquecido! Vá procurar se esmerar um pouco mais na arte que você se dedicou, para ver se aparece por um bom motivo! Afinal, o povo quer um Brasil acima de tudo e o terá!
____________________________________________________________
* Irlando Lino Magalhães Oliveira é Tenente-Coronel da Reserva Remunerada da Polícia Militar da Bahia, escritor e ensaísta.