A iniciativa é da nova gestão ambiental, através da Secretaria de Meio Ambiente de Macaúbas, que em alguns meses vem dando nova cara a esta pasta, com iniciativas inéditas, ações que estão dando resultados na Educação Ambiental o que confirma uma esperança num meio ambiente equilibrado.

Na próxima segunda feira, 02 de abril, um corpo técnico desta secretaria deverá visitar estabelecimentos comercias e escolas da sede com o intuito de realizar um Cadastro para Coleta Seletiva de Resíduos Sólidos. Os comerciantes e/ou escolas que tiverem interesse de fazer a separação destes materiais deverão informar, no ato da visita, este interesse. O processo deverá ser explicado detalhadamente no ato da visita pelos técnicos habilitados.

Veja nota:

Seleção… Reaproveita o que é bom…

                                                                                  NOTA DE UTILIDADE PÚBLICA:

            “A PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAÚBAS,  representada pela SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE, COMUNICA a todos os proprietários de estabelecimentos comercias e diretores de escola da sede municipal, que a partir das 07h30min.,  segunda feira,  02 de abril deste ano, visitará estes estabelecimentos, no intuito de realizar um cadastro relacionado à COLETA SELETIVA e descarte dos RESÍDUOS SÓLIDOS.”

 

 


Por: Assessoria de Comunicação e Marketing do Projeto

Nós acreditamos que quando o ser humano conhece seus talentos e descobre seus pontos de melhoria ele toma consciência de que o poder de mudança é algo interior e não uma manifestação externa que atinge somente os mais afortunados.

  No entanto, por vezes a realidade na qual está inserido, acaba por vendá-lo, impedindo-o de enxergar suas potencialidades e levando-o a crer que não possui outra escolha que não a de aceitar as exatas e, por muitas vezes tristes, condições que a vida lhe impõe.

Mas e se alguém estiver disposto a tirar a venda de seus olhos e lhe oferecer a poderosa ferramenta do autoconhecimento, mostrando-lhe que existem outros caminhos a trilhar, repletos de possibilidades e realizações?

E se alguém estiver disposto a ajudá-lo a desenvolver confiança e a persistência para vencer as adversidades e alcançar o inimaginável?

E se alguém estiver disposto a restaurar- lhe a capacidade de sonhar e a força para realizar os sonhos?

Foi a partir destas reflexões que o projeto Desenvolvendo Talentos foi idealizado, trazendo consigo a profunda convicção de que ao realizar e desenvolver o próximo, criamos uma corrente de mudanças positivas, fortalecendo a sociedade e tornando o mundo um lugar melhor.

Nas páginas seguintes você conhecerá esse projeto que foi construído com muito carinho e com a genuína vontade de transformar vidas através da possibilidade de novos caminhos!

O que é Coaching?

É um processo de desenvolvimento humano que busca, através de métodos e ferramentas específicas, identificar o estado atual da pessoa que a ele se submete, auxiliando-a  a desenvolver ao máximo as suas potencialidades para que, através de  FOCO PLANEJAMENTO- AÇÃO- MELHORIA CONTÍNUA e RESULTADO o indivíduo atinja o estado desejado de forma mais consciente, rápida e eficaz.

Qual o público alvo do projeto?

Jovens de 16 a 21 anos de idade oriundos de escolas/instituições públicas  ou em situação de vulnerabilidade social.

Qual a duração do projeto?

O projeto está formatado em 10 SESSÕES DE COACHING, que serão realizadas com periodicidade semanal. Deste modo, estima-se que a duração será  entre  75 a 90 dias.

Quem se beneficiará com esse projeto?

O projeto beneficiará os alunos Escolas Públicas: José Batista da Motta  –  Cônego Firmino Soares   e Cursinho Municipal que estejam interessados em trazer a tona sua missão/propósito dando  um novo significado para sua vida.

Qual o papel da escola/instituição que aceitar implantar o Projeto Desenvolvendo Talentos?

-Auxiliar na divulgação do projeto ao público alvo.

– Fornecer aos profissionais que implementarão o projeto todas as informações que necessitem para o desenvolvimento das atividades.

– Disponibilizar espaço adequado para a realização do projeto (10 Sessões COACHING).

– Auxiliar na preparação do espaço onde a Conversa de sensibilização será realizada.

– Providenciar as autorizações dos responsáveis para participação no projeto, nos casos em que o jovem selecionado seja menor de idade.

Qual o papel da empresa/órgão/instituição que aceitar tornar-se parceira do projeto?

Contribuir através de valor monetário e/ou serviços para a obtenção dos materiais e recursos necessários à realização do projeto


Monitoramento mostra os resultados do Projeto

Conforme nota da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Meio Ambiente de Maca´buas,  dando continuidade ao projeto denominado PÁSSARO LIVRE relacionado à APREENSÃO e SOLTURA de aves silvestres, vem mostrar alguns resultados animadores, Como pode ser visto nas imagens, os animais soltos, que estão sendo monitorados pela equipe técnica, e com ajuda de particulares, em uma área preservada, com presença de alguns primatas e outros animais, adaptaram-se e estão se reproduzindo gradativamente, aumentando a quantidade de indivíduos e gerando grandes expectativas para que nosso município recupere não só esta espécie de ave que é o nosso Canário da Terra (Sicalis flaveola), mas também outras como: azulão (Cyanocompsa brissonii), papagaio(louro) (Amazona sp.), coleirinho (Sporophila caerulescens), papa-capim (Sporophila nigricollis), tiziu (Volatinia jacarina) entre outras que não se vêem mais em abundância nossa região.

Vejam que os animais em liberdade podem sim se adaptarem e reproduzirem. Com a ajuda de todos, podemos ampliar ainda mais este projeto, apreendendo as aves silvestres criadas em cativeiros por cidadãos ainda inconscientes do mal que podem causar com tal prática. A idéia e ampliar o projeto, soltando esses animais nas matas no entorno, da nossa cidade, bem como nas matas próximas a localidades rurais, após serem avaliados e triados, fazendo com o que as aves fiquem mais próximas, facilitando a fiscalização e monitoramento por parte da Equipe Técnica e comunidade consciente, dificultando assim a ação dos infratores, mas isso só será possível com a colaboração de todos.

Vale ressaltar que, Apesar do apoio da maioria da população macaubense e região, esta secretaria tem encontrado resistência de algumas pessoas, que não se sensibilizaram com o projeto. Projeto esse tão nobre! Mas são válidas tanto as criticas construtivas quantos as negativas, através delas buscamos nos adequar, e anexar em nosso atendimento e na melhoria de nossos projetos, corrigindo nossas falhas e aperfeiçoando as partes positivas.

O projeto está em curso, buscamos parcerias com a comunidade e em breve serão estendidos às empresas, e assim, tornaremos a fauna nativa do nosso município cada vez mais exuberante, para que deixemos esta consciência ambiental em forma de legado para as novas e futuras gerações, como esta pontuada em nossa Carta Magna em seu artigo 225.

Contatos para Denuncia/Sugestões:

Fone: 77 3473:1916 e Cel.: 77 98145-7410

E-mail: [email protected]

Art. 225. Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações.

Fonte: http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/constfed.nsf/16adba33b2e5149e032568f60071600f/62e3ee4d23ca92ca0325656200708dde?OpenDocument


Secretário fala da importância de preservar as nascentes como fontes de água.

Conforme nota da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Meio Ambiente de Macaúbas, nesta semana que comemoramos o Dia Internacional das Águas, o senhor Marbenildo Firmino dos Santos, Secretário Interino da pasta, proferiu uma palestra no Colégio Municipal de Contendas, juntamente com alguns professores da localidade, com a presença e participação do vereador José dos Anjos – Ié, onde abordaram vários temas relacionados ao meio ambiente, conseqüentemente sobre a importância da água, trazendo a tona o compromisso do ser humano com este liquida tão precioso e vital a nossa existência.

Levando em conta, a experiência vivida pelos alunos à palestra se transformou em um longo bate papo, com a participação de todos, e com o surgimento de varias soluções e idéias para a conservação das nascentes tão quanto do meio ambiente como um todo.

Estudantes da rede municipal

Lembrando a toda comunidade Macaubense, que a água é um bem comum de uso de todos, tornando todas as pessoas aptas na conservação e proteção deste valioso e único mineral liquido.

Contatos para Denuncia/Sugestões:

Fone: 77 3473:1916 e Cel.: 77 98145-7410

E-mail: [email protected]

 


Praticamente as ruas em declive e/ou aclive em Macaúbas, as quais ainda não pavimentadas, estão com problemas de trafegabilidade, umas não impedem somente tráfico de veículos mas, sim de pessoas o que é inadmissível. O blog tem recebido dezenas de pedidos orais para postar sobre o assunto, bem como de outros no entanto, apenas é postado o que chega em sua redação, preferencialmente pelo facebook ou por e-mail ([email protected]) pois, entendo que o INTERESSADO direto pela solução do problema deve fazer o MÍNIMO necessário, tirar uma foto e enviar – e é garantido o SIGILO da FONTE – e isso, é um preceito legal do jornalismo (mesmo não sendo este blog redigido por um jornalista)…

Após o exposto… 

Cidadão reclama que sua rua localizada no Bairro Luiz Brandão, na lateral da Av. Manoel Messias de Figueiredo, de acesso ao povoado do Pajeú, diversas vias publicas estão inaceitavelmente intrafegáveis, como mostram as imagens cedidas…

Ruas também do Alto do Cruzeiro, as que situam na lateral da construção do Abrigo São Francisco de Assim, também estão em estado de caos…

O blog não manteve contato com a Prefeitura local, pois o gestor já se pronunciou publicamente sobre o assunto, quando foi cobrado por vereadores, disse que esta alugando maquinário para reparar tais vias que as maquinas da Prefeitura estão todas ocupadas fazendo recuperação das vias rurais…

O Fala Cidadão é um espaço aberto e apolítico, envie por e-mail a sua demanda de interesse publico coletivo: [email protected]


Conforme nota da Secretaria de Meio Ambiente, com o novo chefe da pasta, tem feito, proporcionalmente, em apenas alguns meses, mais apreensões e soltura de pássaros do que a soma das gestões anteriores. Macaúbas é um extenso município, algumas áreas de difícil penetração  e em muitas vezes uma população que “pouco” gosta de participar das gestões municipais, pouco se comprometem com denuncias, críticas ou sugestões. No entanto, tem visto algumas denuncias anonímias que contribuiriam para resultado com este. Veja nota:

Livres, graças as suas denuncias

“Art. 29. Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida:

Pena – detenção de seis meses a um ano, e multa.

§ 1º Incorre nas mesmas penas:

I – quem impede a procriação da fauna, sem licença, autorização ou em desacordo com a obtida;

II – quem modifica, danifica ou destrói ninho, abrigo ou criadouro natural;

III – quem vende, expõe à venda, exporta ou adquire, guarda, tem em cativeiro ou depósito, utiliza ou transporta ovos, larvas ou espécimes da fauna silvestre, nativa ou em rota migratória, bem como produtos e objetos dela oriundos, provenientes de criadouros não autorizados ou sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente.

§ 2º No caso de guarda doméstica de espécie silvestre não considerada ameaçada de extinção, pode o juiz, considerando as circunstâncias, deixar de aplicar a pena.

§ 3° São espécimes da fauna silvestre todos aqueles pertencentes às espécies nativas, migratórias e quaisquer outras, aquáticas ou terrestres, que tenham todo ou parte de seu ciclo de vida ocorrendo dentro dos limites do território brasileiro, ou águas jurisdicionais brasileiras.

§ 4º A pena é aumentada de metade, se o crime é praticado:

I – contra espécie rara ou considerada ameaçada de extinção, ainda que somente no local da infração;

II – em período proibido à caça;

III – durante a noite;

IV – com abuso de licença;

V – em unidade de conservação;

VI – com emprego de métodos ou instrumentos capazes de provocar destruição em massa.

§ 5º A pena é aumentada até o triplo, se o crime decorre do exercício de caça profissional. § 6º As disposições deste artigo não se aplicam aos atos de pesca.”

Pássaros serão soltos e gaiolas destruídas

Conforme o artigo acima citado, da Lei Federal de Crimes Ambientais nº 9605/98, esta secretaria vem atuando fortemente na Fiscalização, Controle e Monitoramente do meio ambiente local, contando sempre com o apoio e a cooperação da comunidade macaubense, e desta forma, viemos mais uma vês, trazes ao conhecimento de todos, que, hoje dia 27/02 através de denuncia anônima, foi localizado mais um infrator, que dentro dos tramites legais, foi devidamente notificado e deverá dentro do prazo estipulado pelos fiscais, comparecer a esta secretaria de meio ambiente para prestar esclarecimentos, conforme for, poderá ser estabelecida multa pecuniária. O mesmo estava capturando os animais que já tinham sido apreendidos e devolvidos a natureza, agravando assim a sua situação, conforme leis de crimes ambientais.

Esta secretaria mais uma vez agradece a colaboração de todos, e pedimos as pessoas, que nos ajude cada vez mais no controle deste tipo de crime, converse com seus vizinhos, parentes e amigos; vamos conscientizas todos, além de ser um ato de cidadania você contribui para um meio ambiente ecologicamente equilibrado.


Prédio da Prefeitura local (Foto reprodução)

O Sindicato dos Professores do Município de Érico Cardoso, tomando conhecimento, por meio das redes sociais, da reportagem do dia 24 de fevereiro de 2018, veiculada por este órgão de comunicação, denominada “Juiz determina demissão de professores não concursados de Érico Cardoso”, observando equívoco, quanto ao conteúdo da reportagem, vem, esclarecer o referido equívoco, especialmente, quanto a autoria da Ação, oportunidade em que faz outros esclarecimentos, também. Trata-se de uma Acão Civil Pública, de autoria do Ministério Público Estadual, porém, o Sindicato, só tem que parabenizar o MP, pela louvável iniciativa, de buscar, com a referida ação, a aplicação da Lei, garantindo assim, direitos e garantias assegurados pela Constituição Federal e Plano de Cargos e Salários dos Professores, luta encampada pelo Sindicato, mas que, sozinho, não teria alcançado, já que foram inúmeras as tentativas de negociação com o Município, porém, sem êxito, obtendo, como resposta, repetidas vezes, pelo Secretário de Educação “ Já que tem direitos, busquem na Justiça”, eis que, a decisão do MM Juiz, é o pronunciamento da Justiça. Mas não vê motivos para alvoroço, é apenas, a determinação para aplicação da Lei, o que deve ser a regra. Entretanto, o Sindicato, como órgão de classe, não é dono de verdade alguma, prima pela negociação e estará sempre aberto para negociar, porém, sem transigir sobre direitos e garantias de seus associados. Mais uma vez, parabeniza o Ministério


Segundo decisão judicial em primeira instância, proferida pelo Juiz de Direito Dr Gleison dos Santos Soares, o qual responde pelas comarcas de Macaúbas e Paramirim, e sendo assim, dá assistência de Érico Cardoso, antiga Água Quente, em sua decisão publicada em 18 último, numa ação de autoria do Sindicato dos Professores de Érico Cardoso, o qual questionava a provável irregularidade na contratação de professores não concursados pela gestão municipal. Em sentença o Juiz faz suas considerações e atende pleito, determinando o fim do contrato dos professores sem concurso público. Veja: 

Prédio da Prefeitura local (Foto reprodução)

..“Ante o exposto e por tudo mais que constam do autos, DEFIRO A LIMINAR PLEITEADA e DETERMINO ao Município de Érico Cardoso/BA, na pessoa do seu representante legal, que:

 28.1) PROMOVA a suplementação da carga horária dos professores concursados, lançando edital para inscrição dos interessados, contendo todas as vagas atualmente ocupadas com os professores contratados, a ser concluído no prazo máximo de 30 (trinta) dias, nos termos da Lei municipal n. 80/2016;

 28.2) EXONERE todos os professores admitidos sem concurso público após concluído o procedimento de suplementação acima pleiteado, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, salvo se inexistir professores efetivos que optaram para a vaga de suplementação disponibilizada.

29- Dada a gravidade do caso, e para que não haja dúvida quanto ao caráter de urgência do cumprimento da medida liminar, fixo multa ao município réu e solidariamente e pessoalmente ao seu gestor, pelo descumprimento da medida no valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) por cada período de 01 (um) dia em que essa decisão não seja cumprida, até o limite de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais), além das sanções cíveis, administrativas e criminais que possam advir pelo descumprimento da medida, devendo tal valor ser revertido ao fundo previsto no art. 13 da Lei n. 7.347/85.

30- Em tempo, determino a citação do réu para apresentar reposta à inicial no prazo legal, conforme requerido na peça vestibular, sob pena de sofrer os efeitos da revelia.

31- Por fim, proceda-se a intimação desta decisão através do meio mais célere possível (fac-símile, e-mail, telefone, etc.).

32- Sem custas e com gratuidade em razão da causa ser patrocinada elo Ministério Público.

33- Publique-se. Intimem-se. Notifiquem-se. Cumpra-se.

34- Em respeito aos princípios da celeridade e economia processual, concedo à presente decisão força de mandado de citação/intimação/notificação e ofício, acautelando-se das advertências legais, prescindindo da expedição de qualquer outro para a mesma finalidade.

                                                                                         Macaúbas, 18 de fevereiro de 2018.

                                                                                                    GLEISON DOS SANTOS SOARES

                                                                                                                 Juiz de Direito”

O blog não consegui manter contato com o sindicado dos professores de Érico Cardoso nem com a gestão municipal local. No entanto, espaço fica aberto para interessados através do e-mail de sua redação: [email protected]