* Por Irlando Oliveira

Talvez esta eleição seja a mais atípica de todas, considerando o ódio exacerbado dos eleitores, ocasionado pela forte crise sócio-econômica, aliado à situação deplorável da segurança pública, à tentativa de homicídio contra Bolsonaro em plena campanha, à vontade da esquerda de se perpetuar no poder, aos valores morais em constante crise, ao desejo espúrio de ressignificar a família, aviltando-a, dentre tantos outros aspectos, os quais vêm nos afligindo a todos.
Diante dos incontáveis movimentos sociais insurgentes contra o atual governo, os quais espocaram naturalmente nos quatro cantos do país, exigindo mudanças imediatas sem quaisquer respostas efetivas, o brasileiro foi se sentindo desassistido nas suas necessidades básicas de cidadão, se revoltando diante dos impostos escorchantes sem direito a absolutamente nada, considerando não dispor daquilo que compõe os pilotis de sustentação de qualquer sociedade: saúde, educação e segurança.
Diante de toda essa situação caótica, e do discurso sempre firme e contundente do presidenciável Bolsonaro, os brasileiros passaram a vê-lo como salvação para essa crise sem precedentes na nossa história, se identificando com o seu arroubo e palavriado, tão próprio para a atual conjuntura, promovendo uma espécie de coro popular, em uníssono: “este me representa!”.
Por outro lado, o país já sendo governado pela esquerda há quinze anos, não logrou atender aos níveis mínimos de satisfação dos brasileiros; pelo contrário, conduziu a nação montando uma verdadeira organização criminosa — vide Lava Jato, cujo chefe-mor já foi condenado pela Justiça, se encontrando preso até hoje —, com o escopo de colocar em prática a sua ideologia político-partidária e, obviamente, se locupletar!
Assim, diante do crescimento assustador de Bolsonaro na campanha política ao Planalto, a esquerda passa, insistentemente, a tentar rotulá-lo de fascista, homofóbico, racista, misógino, dentre outros conceitos pejorativos, certamente em razão de não encontrar nele qualquer indício que o associe a corrupto, condição tão bem apropriada pelos corruPTos comunistas.
_________________________________________________________
* Irlando Lino Magalhães Oliveira é Tenente-Coronel da Reserva Remunerada da Polícia Militar da Bahia, escritor e ensaísta.

* Por Irlando Oliveira
A partir de agora, tudo o que a esquerda puder fazer para combater Bolsonaro, ela fará! A Bahia infelizmente elegeu Jaques Wagner ao Senado, na tentativa de “empoderar” o time desses comunistas que agora, no desejo vão de angariar votos para o estabelecimento do seu plano diabólico, já pensa em ostentar a nossa bandeira brasileira — acreditem —, que não tem qualquer ligação com essa súcia do mal.
Após destruir sonhos e arrasar o Brasil, roubando de todo jeito o erário da União, através de desvios de recursos públicos, propinas e lavagem de dinheiro, numa onda de corrupção jamais registrada, tenta tratativas neste 2º turno com Ciro, Marina e FHC para se perpetuar no poder, apresentando um discurso totalmente desprovido da práxis necessária ao convencimento do brasileiro esclarecido, tentando, como sói acontecer, enganar a massa, até então sua aliada, mas que, assim como nosotros, já não suporta mais essa ideologia político-partidária infame!
Na empreitada macabra, o referido senador eleito, conforme reportagem lida por nós, já fala no reconhecimento dos “erros” — belo eufemismo de crimes —, na busca de mais uma vez ludibriar os brasileiros. Como se já não bastasse esse candidato “laranja” que frequentemente recorre a um presidiário na busca de “orientação”, e que se for eleito não passará de um títere do condenado para a continuidade do caos que implantaram, se valem, mais uma vez, de ardis deploráveis para a arregimentação de “forças” outras para se manterem no poder!
Desta forma, teremos, a partir de agora, de ficar mais vigilantes, redobrando a nossa cautela juntamente com as hostes dos favoráveis ao nosso candidato Bolsonaro, a fim de pormos termo na hegemonia petista, que já se desenvolve no país há mais de uma década, trazendo consequências nefastas à nação, envolvendo não somente a corrupção avassaladora, mas também o aviltamento dos nossos valores morais, na tentativa de macular a família — célula mater da sociedade —, concorrendo, dentre outros fatores, para o registro dos piores índices de criminalidade, resultando em mais de 60.000 homicídios/ano, cuja situação aqui na Bahia não é menos lamentosa.
Avantes nobres brasileiros! Vamos continuar perseguindo o nosso objetivo, que é acabar de enfraquecer essa esquerda, desnudando-a e mostrando aos nossos irmãos quem de fato ela é e representa! Destituindo-a do poder central do Brasil, que cansou de padecer desse mal! Se não logramos êxito no 1º turno, não foi por inércia nossa! Pelo contrário, empenho e dedicação não nos faltaram e não nos faltarão nesta nova peleja eleitoral! Brasil acima de tudo! Deus acima de todos!
________________________________________________________________________
* Irlando Lino Magalhães Oliveira é Tenente-Coronel da Reserva Remunerada da Polícia Militar da Bahia, escritor e ensaísta.

O maior projeto social  da iniciativa privada (da comunidade) em Macaúbas, único na região e há poucos a nível de Bahia e Brasil, que elege assistência integral ao idoso, através de acolhimento numa unidade de assistência alimentar, médica, psicológica e acima de tudo, acolhimento estes feitos com afeto e dedicação por almas generosas. Lembrando que jamais deve ser esquecida também a figura ímpar do seu idealizador, o ex-combatente da 2ª Gerra Mundial, Manoel Defensor Sant’Ana, enfermeiro de profissão, que fundou em 1992, o lar que atendeu dezenas de idosos que poderiam estar em risco social…

Hoje, com uma estrutura melhor, e tendo em construção uma sede, que teve seu terreno doado pela gestão anterior, do ex-prefeito José João Pereira, está em campanha para concluir a obra, estando precisando de materiais elétricos como fios e lâmpadas, a relação consta no folheto acima.

Interessados em fazer a doação em material ou financeira devem procurar a unidade ou depositar na conta da entidade:

Banco do Brasil – Agência: 1091-x – Conta Corrente: 5.143-8

Caixa Econômica: Agência 3516 – Conta Corrente: 451-9


Debater o Câncer de Mama, promover a conscientização sobre a doença, é muito importante para a sua prevenção. Um simples autoexame pode identificar a doença e dar chances maiores de sua cura.
É importante se cuidar, se prevenir, se amar. “Não tenha vergonha de fazer o autoexame

Ação e Garra!…

Este foi o “slogan” do vereador Anderson Gumes, quando foi candidato a vereador em seu primeiro mandato há alguns antos atrás e, após quatro mandatos no Legislativo Municipal, continua com a mesma Garra e melhorando a cada dia suas Ações. 

Em sua gestão a frente da Câmara Municipal, há pouco mais de um ano, criou a Ouvidoria do Legislativo através do 0800 71 3013, onde já recebeu dezenas de demandas do cidadão macaubense, muitas destas solucionadas, além de dar mais transparência ao trabalho do Legislativo, a exemplo das transmissões ao vivo pela internet das sessões, visitas regulares às escolas, as obras e reunião com secretários municipais  entre outras ações.

 


Prefeito fala de confiança na Democracia

O prefeito de Macaúbas, Amélio Costa Jr. usa as redes sociais na internet para agradecer o apoio e votos dados aos candidatos os quais ele representou nestas eleições, o gestor também diz que confia na Democracia. Veja nota:

Venho por meio dessa rede social,expor minha gratidão pelo voto de confiança em nós depositado.Todo esforço,luta e consciência política serão recompensados pelos nossos candidatos,Sérgio Brito e Nelson Leal com compromisso e trabalho em nossa querida terra.
Vamos juntos para o segundo turno com a confiança e a certeza que o Brasil escolherá a DEMOCRACIA.

Viva o povo brasileiro!
Viva o nordestino!
Viva Macaúbas!”

Amélio Costa Jr. Prefeito de Macaúbas/BA


Os brasileiros estão divididos em um dos momentos mais importantes para o país: num processo eleitoral, cheio de dúvidas e incertezas… A maturidade de nossa democracia é a mesma da massa, do povo, dos infelizmente, mais de 50% de sua população no “berço esplendido do alfabetismo“; graças sim, a uma má formação congênita, uterina de um povo miscigenado, que para muitos foi uma “mistura” que não deu certo, como “mais ou menso” assim expressou o Mourão! Ele está certo, bem como “redondamente” enganado, assim é o Brasil, em sua essência um país contraditório porém, fiel as suas origens portuguesas, indígenas, africanas… E o resultado desta mistura deu-se lindas MULATAS (tipo exportação), deu-se o extraordinário SERTANEJO (que “depois” de tudo é um forte)… Deu-se certamente outros “biotipos”, “sociotipo”, “pensotipos” e até os “neotipos”, tipos os Neo-nazistas” mais que isso; deu-se a isso, um neologismo: brasileirismo… Ou uma “jabuticaba”?

Sim, sobre o “bicho pegar”: 

O bicho vai pegar para 50% da população ou fração menos ou mais, vai pegar porque o Brasil, nasceu dividido, desde o Tratado de Tordesilhas até ontem,  é – até ontem pois, quem sabe até o fim de semana, ele não se convence que deveríamos voltar a ser oficialmente uma colônia, melhor – votar para ser uma colônia  “bolsonariana” ou “petistaniana”?

E se correr o “bicho come”: 

Para início de conversa todo “bicho” deve comer e toda “bicha” deve ser comida e quem não se enquadra num ou noutra “lambe”… Nada contra as preferências sexualmente degustativas dos povos do Brasil, visto que eu estou incluso numa destas: do “bico que come” e não é qualquer comida, lembrando que não sou vegetariano, nem vegano, nem somente carnívoro! Muito menos tendências “bolsonariana” ou “petistaniana”, e ainda “alkiminiana”, “ciriana” ou quaisquer outros “ETs” brasileiros… Visto que não optar é uma opção!

Observa o leitor que o texto é inconclusivo, bem como acho que seja, qualquer discurso que polarize  (Norte/Sul), sem uma terceira opção fica difícil decidir entre dois iguais que se diz distintos, e é por isso que o Brasil tá dividido, um lado é contra do que o outro é a favor e vice versa… Mas, anular uma decisão talvez não seja uma boa opção…

Acho que vou votar em mim…

Pois mim quer eu, mim quer vota para índio volta a ser índio, mim que ir pra floresta, mim quer comer índia, mim quer viver pelado, mostrando o rabo, mim quer espelho do português e ver a cara de arrependido de ter expulsados os espanhóis, os holandeses!

MIM, me liga, e comece hoje mesmo a revender a melhor lingerie do Brasil, a revender produtos SexShop, e não ter mais que depender de políticos nem de políticas para sobreviver: ligue agora e faça o seu cadastro (77) 99930-9759.

MIM: Minha Intolerância a Malandragem.


Após matéria postada no site Macaúbas Notícias do comunicador Marcos Sant’Ana, denunciando a falta por semanas de médico anestesista no Hospital de Macaúbas, o que ocasionou a não realização de cirurgias de parto cesariana, tendo que muitas gestantes “pegar o caminho” da cidade de Paramirim, que aparentemente tem melhor apoio à saúde que o município de Macaúbas que tem o dobro de sua população.

veja nota publicada do Macaúbas Notícias publicada em 27/09/18 e em seguida Nota de Esclarecimento da Secretaria da Saúde de Macaúbas.     

Centro Cirúrgico do Hospital de Macaúbas

  

                              “Hospital de Macaúbas não está realizando parto cesárea”              

“Segundo relatos há cerca de duas semanas, as gestantes que estão procurando o Hospital Municipal Antenor Alves da Silva em Macaúbas para ganhar seus bebês e necessitam realizar uma cesariana, estão tendo que se deslocar as pressas para as cidades vizinhas.

Devido ao fato de o hospital não estar contando com um médico anestesista.

Essa madrugada por volta da 2:30h uma gestante teve que se deslocar para cidade de Paramirim para realizar o parto de seu filho e por conta própria, uma vez que a Prefeitura também não está disponibilizando uma ambulância para fazer a transferência.

Uma situação de pânico para as gestantes e familiares, principalmente quem se desloca da zona rural que chega no hospital não são atendidas e não tem condições de pagar um transporte para Paramirim e se veem em uma situação desesperadora.”(Fonte Macaúbas Notícias em 27/09/2018) 

   Nota de Esclarecimento da Secretaria da Saúde de Macaúbas, em resposta a nota acima:       

                                                “NOTA DE ESCLARECIMENTO 

A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que em virtude de um problema de saúde, um dos três anestesistas que atendem no Hospital Antenor Alves da Silva teve que se afastar para tratamento médico. Sendo assim, ficando sem atendimento deste profissional em alguns dias do mês e portanto, mantendo-se o atendimento normal nos dias referentes aos atendimentos dos outros dois anestesistas.

Diante desta situação e da pouca disponibilidade deste Profissional no Brasil, está ocorrendo dificuldade na sua contratação. Em razão disso, e nos dias da ausência deste profissional, todos os pacientes que são atendidos no Hospital, inclusive e principalmente gestantes, e que têm indicação de cirurgia estão sendo internados e transferidos por ambulância, em tempo hábil, para a realização do procedimento no município de Paramirim.

A Secretaria Municipal de Saúde não tem medido esforços no sentido de prestar uma assistência integral e de qualidade a todos os pacientes que necessitam dos serviços prestados no Hospital Antenor Alves da Silva e todas as demais Unidades de Saúde. Desde já, colocamo-nos à disposição para qualquer esclarecimento.”

(Fonte: Site da Prefeitura de Macaúbas em 28 de outubro de 2018) 

 


O polêmico deputado federal do PSL, candidato a presidente da República Federativa do Brasil, Jair Bolsonaro, terá carreata neste fim de semana prevista para muitas cidades do país, e em Macaúbas, simpatizantes do “jeito” bolsonarista estão organizado um ato de apoio ao seu candidato, através de uma carreata que iniciará as 17h00 no trevo de acesso a cidade de Macaúbas.

O candidato que há algumas semanas foi vítima de uma facada num ato político no estado mineiro, e encontra-se hospitalizado. Após o atentado, Bolsonaro teve aumento em sua pontuação nas intenções de votos, mas na ultima pesquisa IBOPE, desceu 1 ponto, de 28 para 27, especialistas dizem que ele chegou no “teto”. O seu índice de rejeição que supera aos 40% parece ser o seu grande problema!