Um “contra ponto”!… A favor da razão pois, o “afeto” descontrolado não é razoavelmente inteligente e ironicamente: sem as trevas, não há Luz!… Sem o medo,  não há Coragem!… Sem a dor, não há Alívio!… Sem ódio… Sem o Amor… No entanto, se não existisse o diabo, existiria Deus?…

Interessante posicionamento de Natália Dias, em seus questionamentos da razão, do coração…

Mas, qual é mesmo o “afeto que te paralisa?”

…Sem perder o foco…

 * Por Natália Dias.

“Acordei pensando no que nos mobiliza a votar em um ou outro candidato.
Nessas eleições está claro que a questão não tem sido racional, é mobilização de afetos. Mobiliza-se o medo e o ódio, ambas forças poderosas e difíceis de demover.
Por isso pouco funciona a argumentação, a apresentação ou a recomendação pela procura por provas que ajudem as pessoas a se esclarecem dos fatos. 
É muito parecido com o amor bandido.
Não adianta esfregar na cara da pessoa que seu interesse romântico não presta. Contra afetos não há argumentos.
Até agora, no meu ciclo de conhecidos, não vi ninguém declarar que desistiu de votar em Jair Bolsonaro em razão do seu plano de governo ou algo do tipo (o que já é um grande motivo), mas já ouvi algumas pessoas declarando que desistiram quando se colocaram no lugar de quem se sente ameaçado de perder seus direitos, por verem alguém muito próximo ser violentado/a por defesa de ideias contrárias às dele e até por terem ouvido atentamente as falas desse sujeito e do mal estar que isso provocou. Sempre mobilizando afetos.
Eu voto em Haddad por motivos que vão um pouco além da luta em torno do nosso restinho de democracia e do medo de colocá-la sob ameaça. Voto por ver que ele traz para o debate características inovadoras para a política brasileira, sabendo ouvir, repensando-se publicamente quando necessário e se preocupando em emitir respostas didáticas. É um educador, isso é muito de verdade. Essa abertura ao diálogo não é possível dentro da velha política com essa honestidade, humildade e desarme porque a velha política perpetua a dominação masculina, podendo chegar ao discurso ditador e militarista (como é o de Bolsonaro). Haddad parece mais interessado em cuidar dos laços sociais respeitando as diferenças do que em se autoafirmar como macho no exercício do poder público.
Reflitam: Qual o afeto que te move?”

(Fonte do texto: publicado em sua rede social na internet… Por iniciativa do blog, o qual achou interessante a ampla divulgação do texto, por considerar que sua menagem deveria ser levada ao maior número de pessoas para que possa despertar não o ódio, mas sim, o seu “contra ponto”: o Amor!

_______________________________________________________________

* Natália Dias é psicóloga, ativista social e está como secretária municipal da Secretaria de Ação e Assistência Social de Macaúbas.


Por Mauro Filho

“No dia 23 de outubro de 2018, recebemos a lamentável notícia que foi o falecimento da Prof. Guiomar Silva Figueiredo, mais conhecida como Prof. Guió.
Educadora na área de educação física, donde ministrou aulas quando ainda essa disciplina não era tão importante, para centenas de estudantes macaubenses.
Exemplo de pura alegria, conduzia de forma surpreendente, inúmeros cordões juninos por rua afora, principalmente o da “sua” rua, o famoso PIRIMPIMPIM.
De tão para cima, com seu astral elevadíssimo e sempre na elegância da auto estima e sorrisos sempre estampados no seu rosto, ao qual não existia tristeza, nos trazia o que tinha de mais belo para nossa cidade. 
A alegria Junina, bem como a simpatia macaubense.

Madrinha Guió, assim eu a tinha e terei sempre em meu coração, porque tive a grande honra de tê-la como tal, brilhante escolha por parte de meus pais, essa eterna mulher, guerreira, educadora, animadora junina, e o principal, verdadeira Madrinha…sempre orando pelos seus entes queridos, bem como por todos os macaubenses, que em sua orações que fazia, sempre lembravam dos mesmos.
Tinha verdadeiro louvou a orações das “Mãos ensangüentadas de Jesus”.
Descanse em paz no “oriente eterno” minha querida, estimada é eterna MADRINHA GUIÓ!!!”


* Por Irlando Oliveira
Estávamos a avaliar a atual conjuntura do Brasil, evocando, na nossa tela mental, os inúmeros presidentes dessa pátria verde-amarela, antes mesmo de 1985, ocaso do regime político militar, e após, em pleno estado democrático de direito. De todos que trazemos à lembrança, não nos recordamos de um só que trouxe tantos dissabores aos brasileiros como esses que compuseram a gestão espúria da esquerda, sob a batuta do Partido dos “Trabalhadores” (PT). Um após o outro! Afinal, o período de estagnação e corrupção debutou! Perdurou sofridos 15 anos (2003/18).
Aqueles que outrora esbravejavam, o tempo todo promovendo protestos no país, ostentando sempre a cor do comunismo, o vermelho, sobretudo contra o desemprego e a corrupção, tiveram a oportunidade de “mostrar como se faz”, e o resultado foi catastrófico! O índice de desemprego aumentou significativamente, e concorreram, através de expertise própria, para que o Brasil pudesse registrar o maior escândalo de corrupção já desencadeado por uma organização política criminosa, lançando bilhões de reais no “ralo da corrupção”!
Tiveram um largo período para “mostrar como se faz” e ainda brigam pela permanência para “fazer mais pelo Brasil”, imaginando que têm os mesmos eleitores de outrora; que certamente conseguirão burlar, de uma ou de outra forma, o processo eleitoral, usando, como sempre fizeram, o princípio maquiavélico, através do qual os fins justificam-se os meios! Não! Absolutamente, não!
Neste sufrágio, graças a um movimento ímpar que vem tomando corpo já há anos, se valendo das redes sociais para sua auto-afirmação e legitimidade, auxiliando no esclarecimento da população, através de denúncias verdadeiras, porque baseadas em fatos concretos, finalmente conseguiremos por fim a esse mal que assola o país há 15 anos! A esperança por nós depositada no nosso Presidente Bolsonaro nos encoraja para a certeza de dias melhores, em que possamos ter efetivamente um Brasil acima de tudo! 🇧🇷
_______________________________________________________
* Irlando Lino Magalhães Oliveira é Tenente-Coronel da Reserva Remunerada da Polícia Militar da Bahia, escritor e ensaísta.

* Por Irlando Oliveira
Mais uma vez, “institutos de pesquisa” tentam macular a campanha do nosso Presidente Bolsonaro! Esse instituto de nome Datafolha — altamente tendencioso e manipulador, como a grande maioria —, realizou uma “pesquisa” no final da semana passada “entrevistando” “9.137” eleitores, em “314” cidades do país. O “levantamento” foi contratado pelo “O Globo” e pela “Folha de São Paulo”. Eles tentam, de todas as formas, posicionar Jair Bolsonaro como déspota, tudo em razão de terem a certeza de que não mais “mamarão nas tetas” da União e, em dado momento, talvez levado por um arroubo desses nossos, ele ter feito declarações mais contundentes, em razão da anarquia que se instalou no país por essa corja avermelhada!
Notamos que a “pesquisa” foi direcionada ao tema principal: ditadura. Ora, minha gente, o Brasil é Estado-parte tanto da Organização das Nações Unidas (ONU), quanto da Organização dos Estados Americanos (OEA), sendo signatário de inúmeros tratados e convenções internacionais, que pugnam pelos direitos humanos, em todos os aspectos, envolvendo aqueles de primeira e segunda geração, como os considerados difusos, o que naturalmente impõe sanções e embargos políticos àqueles Estados-partes que violarem seus pactos.
Sendo assim, como se vai implantar uma ditadura aqui na nossa nação? Tal regime político não comporta mais no Brasil! Os tempos são outros! Isso é mais um absurdo que essa esquerda perdedora e derrotada deseja disseminar aos eleitores menos esclarecidos! Na atual conjuntura, em razão do direito internacional humanitário, os Estados-partes perdem, naturalmente, suas soberanias, ficando, portanto, sob o “jugo” tanto da ONU, quanto da OEA, as quais lhes “exigirão” que cumpram seus pactos, na medida em que sejam signatários.
Que fiquemos atentos, pois nesta semana que antecederá as eleições deste 2º turno, em razão do desespero da esquerda ante a vitória certa de Bolsonaro, eles se valerão de inúmeros ardis para ludibriar o eleitorado, já que isso eles sabem fazer com maestria! Brasil acima de tudo! Deus acima de todos! 🇧🇷
________________________________________________________
* Irlando Lino Magalhães Oliveira é Tenente-Coronel da Reserva Remunerada da Polícia Militar da Bahia, escritor e ensaísta.

* Por Irlando Oliveira
Uma das maiores falhas de um líder, senão a maior, é pecar pelo exemplo. No nosso ambiente de caserna, em razão da nossa condição de militar, sempre ouvimos a máxima: “A palavra convence, mas o exemplo arrasta”, ou seja, diante do seu bom proceder, naturalmente você terá também bons seguidores, em razão da sua postura positiva, da sua forma de agir!
Depois dos últimos acontecimentos, envolvendo a cúpula esquerdista numa “onda” de crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, principalmente, vem à tona questionamentos sobre aqueles que não compõem a mencionada cúpula, pois se “eles” que estão no ápice da pirâmide do poder têm se permitido ou se permitiram a tais disparates, imaginemos o escalão de assessoramento, e assim por diante!
Como a “coisa” estava fácil demais, pois até então ninguém tinha sido condenado da forma que todos nós tomamos conhecimento, envolvendo nada mais nada menos do que o ex-presidente da nossa República, ministros, parlamentares, dentre tanta gente “importante”, tudo isto no governo do PT, dessa gente aí que ainda pugna pela permanência no poder, com a maior “cara de pau” e o maior cinismo — e o que é pior, sob o amparo e apoio de inúmeros “seguidores ideológicos” incautos, porque não dizer cegos —, acompanhamos também vários casos de desvios de recursos públicos, superfaturamento de obras, dentre outros, cujos envolvidos foram prefeitos de muitas cidades deste nosso Brasil, os quais se permitiram a entrar na “onda” petista e estão respondendo a processos.
Ora, como se pode ter governabilidade diante de tanta exposição negativa perante a sociedade brasileira? Não foi à toa que tivemos no país inúmeras manifestações populares contrárias a essas excrescências! A esse descaso para com a coisa pública! O país se transformou em um “oceano de ilícitos”, tudo isto sob a batuta petista! O exemplo negativo conduziu a nação ao caos, à corrupção desenfreada, ocasionando a pior crise dessas últimas décadas! Que possamos refletir sobre o Brasil que queremos! Se o nosso Presidente Bolsonaro não atender às nossas expectativas, não aprumando o país, saberemos, com a mesma veemência, sinalizar seus erros e pugnar para a sua substituição, pois, na condição de brasileiro, temos a obrigação de auxiliar um bom governo!
____________________________________________________________
* Irlando Lino Magalhães Oliveira é Tenente-Coronel da Reserva Remunerada da Polícia Militar da Bahia, escritor e ensaísta.

Com água e energia próxima…

Tendo alguns pés de Umbú nativos e dezenas de outras plantas frutíferas, terreno no Quanti, há alguns quilômetros da sede de Macaúbas, com 1.800m2, todo cercado está a venda. Interessados, para obter mais informações, podem manter contato direto com o proprietário Roberto Longa através do telefone (77)  99982-1093.


Anderson e Márcia, sempre fazem este tipo de visita e fiscalização por todo município

Uma postagem do vereador Anderson Gume e Marcia Benda, em rede social na internet, onde postaram visita de acompanhamento e fiscalização em obra de pavimentação asfáltica no bairro Mamão, além dos parabéns recebidos e das palminhas  

foram “sugeridos” e cobrados para intervirem em outros pontos da cidade que há anos necessitam também de pavimentação e melhorias outras.

Uma outra Macaúbas: 

Na verdade mais de 30% das ruas de Macaúbas estão na terra, sem meio fio e esgoto, isso é um resultado de anos de abandono e conveniência  com os proprietários de loteamentos que “encheram as burras” de dinheiro e deixaram o problema para o Poder Público que também foi conivente, o qual deveria ter exigidos dos donos de loteamentos infraestrutura adequada, além de muitos destes estarem irregulares até hoje! Em Macaúbas existem quasse 5 mil lotes não edificados, e estes nenhum paga IPTU, e não poderia talvez pagar pois as ruas estão no mato, sem acesso digno, no entanto nestes muitas casas estão edificadas sem o mínimo de infraestrutura!

O que fazer?

O Plano Diretor, que parece que só ficou no “plano”, dito com um dos mais arrojados da Bahia, está “vencido” deveria ser revisto “somente” após dez anos, (fato é que antes disso sofreu modificações), no entanto, o Plano Diretor e outras legislações municipais, precisam de reformas e revisões, a exemplo do Código de Postura e Obras e Código Tributário. Na verdade o município de Macaúbas, sem as devidas cobranças de taxas que são constitucionais e obrigado a fazer, faz uma renuncia fiscal, que é mais prejudicial para os cidadãos que para o próprio cofre do Erário! Teríamos que melhorar nossa capacidade de arrecadação, tipo ISS, IPTU, CIP ou COSIP (taxa de iluminação pública), alvarás de diversos expedientes entre outros… Com isso ou melhor, sem isso, Macaúbas perde mensalmente não menos que R$ 2 milhões… É muito dinheiro…

E o povo deve cobrar! 

Veja entre as   a cobrança de alguns usuários da rede social, uma postura interessante do leitor, eleitor e cidadão, que não preferiu apenas os “parabéns”  de uma ação que deveria ser regular e de todos os servidores públicos, os quais o vereador é, bem como os prefeitos, deputados, senadores e o chefe maior o presidente da República! Vejamos:

“Rosa Bastos Parabéns

“Antonia Amaral Parabéns!!! Agora faça aquela rua onde André mora Rua: Almir de Oliveira pois quando chove é um horror os buracos que abre sem ter condição de passar um carro quanto mais pedestre 👏👏👏👏👏👏👏”

“Rosa Ferreira Parabéns agora falta as ruas do bairro Eldorado da uma passadinha por aqui ficaremos grátis”

“Zenilde Alves 👏👏👏👏👏”

“Yan Kleber Também está faltando o bairro próximo a cobertura da feira nova, onde hoje se chama Bela Vista II que infelizmente suas obras começaram em julho e devido a algum em relação a quantidade de ruas a serem asfaltadas, onde na câmara foi aprovada uma determinada quantidade se não me engano 11 ruas e a prefeitura iria pavimentar apenas 5, caso que foi parar na promotoria, dizem que o caso já foi resolvido, mas, acredito que não iniciaram devido a outras obras, como exemplo esta. Portanto, confiou em vocês, segui em frente prefeitura de Macaúbas!!! Bela vista II esta esperando o asfalto aqui!!! Ruas esburacabas devido as chuvas, logo logo se tornará intransitável.”

“Gilvana Souza Parabéns….! Asfalta o bairro do mamão também, no futuro vou construir minha casa lá!”

“Tamires Amaral Tomara que as próximas ruas a serem calcadas sejam no Açude .”

“Lau Silva Quando vai sai o de Caititu ?”

Post fechado às 8h45min. (o blog usou as citações e comentários dos usuários do Facebook, por entender que são públicas, de interesse social)


* Por Irlando Oliveira
A história sempre objetiva fazer os devidos registros dos acontecimentos, proporcionando ao leitor penetrar no âmago da realidade fática da época, atinente a este ou aquele assunto. Os quinze anos da gestão petista no país (2003/18) levarão dados extremamente vergonhosos aos anais da nossa história, atestando, enfim, que aqui no Brasil definitivamente o comunismo não prospera.
Diante da observância cronológica dos fatos conduzidos no país, sob a égide do Partido dos Trabalhadores (PT), desde o momento em que o condenado Lula, ex-presidente da nação, assumiu o governo, nos assusta ver o “modus operandi” dessa trágica gestão comunista. Ao invés de se engajar para promover o país, concorrendo para melhorar os seus níveis em vários aspectos, se permitiu ao olhar tão somente dos seus interesses mesquinhos e primários, se lançando numa ganância argentária sem precedentes na nossa história, num “mar” de corrupção, cujas cifras, se bem aplicadas e direcionadas, posicionaria o Brasil entre os países com ótimos índices de desenvolvimento humano (IDH).
Agora, no ocaso de mais uma gestão incompetente, busca, de todas as formas, se manter no poder, não se dando conta de que o brasileiro não é mais telespectador assíduo da Rede Globo, Record ou Bandeirantes; não somente ler a Folha de São Paulo, O Globo e o Estadão! Antes disso, ele tem acesso às redes sociais, que disseminam suas informações alimentando o brasileiro de dados não “maquiados”, desprovidos de embustes e de interesses escusos!
É sensato dizer que o PT, diante de tanto tempo no poder, tinha tudo para nos deixar uma herança política digna de elogios. Contudo, malbaratou a oportunidade conferida ao partido através do sufrágio, democrático, se vendo agora compelido, através do mesmo sufrágio, a deixar o poder para, quiçá, jamais voltar! Pelo menos esta é a vontade da maioria absoluta dos brasileiros!
____________________________________________________________________
* Irlando Lino Magalhães Oliveira é Tenente-Coronel da Reserva Remunerada da Polícia Militar da Bahia, escritor e ensaísta.