Fogo: não recomendado, mas se tiver que usar, informe antes!

Com a aproximação do período de “preparar a terra” para o plantio, a Secretaria de Meio Ambiente e a Defesa Civil, alertam quanto a necessidade de evitar queimadas, no entanto, caso tenha que atear fogo para “limpar” o terreno, o produtor rural deve informar aos órgãos de fiscalização e controle.

Veja nota: 

…”Inicio de mês de junho, na verdade “quase meado”, como diz o nosso sertanejo, hora de começar a preparar a terra para o plantio.

            Diante disso, e no intuito de colaborar com os nossos produtores, a DEFESA CIVIL DE MACAÚBAS, em parceria com a SECRETARIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE DE MACAÚBAS, pede aos produtores rurais, que caso tenham a necessidade de limpar alguma área para o plantio, nos procurem, em nosso quadro, temos vários técnicos preparados para orienta-los, tanto na limpeza de área, quanto no descarte de algum resíduo vegetal que consequentemente fique na área.

            Pedimos a todos, que se dirijam a um de nossos órgãos acima citados, para que possamos ajuda-los.

            Lembrando ainda, que, desmatamento, limpeza de área e/ou queimadas sem a devida autorização, configura crime ambiental previsto na Lei Federal 9.605/98, dentre outras, na Lei Municipal 657/17.  

Contato:

Meio Ambiente – 77 98145-7410

Defesa Civil – 77 99928-2674″…

 


No Brasil, crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos são obrigadas a irem para a escola. Isso ocorre porque, aqui, os pais são obrigados a matricular os filhos nas escolas, de acordo com nossa legislação – isso ocorre justamente para que o Estado seja obrigado a fornecer educação gratuita e universal para todos.

Apesar da existência de escolas públicas e gratuitas, ainda assim, muitos pais, por diversas questões, preferem matricular a prole em escolas privadas, que, normalmente, possuem custos elevados.

Entretanto, com a pandemia causada pelo novo coronavírus, várias pessoas perderam renda e o pagamento das mensalidades escolares se tornou um peso ainda maior no orçamento familiar.

Assim, a sugestão dada por diversos especialistas das mais diversas áreas é a dos pais negociarem um desconto ou abatimento nas mensalidades com a própria escola, em casos nos quais não é possível continuar pagando a mensalidade integral. No entanto, várias instituições são irredutíveis quanto ao pagamento da anuidade integral, considerando que transferiram suas aulas para o mundo online.

Então, o que resta para muitas famílias é a rescisão do contrato com a escola. E é aí que residem vários problemas.

Os pais não podem tirar os filhos de uma escola sem que estes estejam matriculados em outra instituição de educação, uma vez que este ato é considerado evasão escolar e, como já foi dito, os pais são obrigados a matricular os filhos e garantir sua educação, sob pena de diversas sanções.

Assim, ao solicitar a rescisão do contrato, as escolas exigem a comprovação de vaga em outra escola ou a assinatura de um termo de ciência de que o Conselho Tutelar será notificado.

Em tese, as escolas estão corretas e seguindo a legislação. Portanto, aconselhamos que você negocie ao máximo os valores das mensalidades de seus filhos com a escola antes de tomar esta medida drástica.

Ainda assim, por vivermos um momento excepcional, no qual uma pandemia causada por um vírus nos obriga a ficar em casa, alguns especialistas alegam que a obrigatoriedade da matrícula deve ser flexibilizada.

Dentre os vários argumentos utilizados para tanto, existe o do melhor interesse da criança, já que os pais, mesmo trabalhando em home office, não estão completamente disponíveis para ensinar as crianças e, até mesmo, o fato de que o tempo prolongado de exposição a telas (especialmente em crianças menores) prejudica o desenvolvimento de crianças e adolescentes, além de causar diversos transtornos psicológicos diferentes.

Caso você esteja passando por esta situação, portanto, aconselhamos que negocie com a escola a redução da anuidade escolar. Em caso de resposta negativa, é válida a contratação de um advogado especialista para que ele possa lhe orientar acerca de quais atitudes tomar.

______________________________________________________________

Escritório de Advocacia Valença, Lopes e Vasconcelos.

Saiba mais: www.vlvadvogados.com/ 


A iniciativa é pioneira na região, a criação do Portal Covid-19, é um espaço para o cidadão se orientar, ter as informações das ações do município quanto a tomada de decisões do Poder Público na prevenção, cuidados para evitar a transmissão do vírus e trato em eventual caso de contaminação.

O canal também tira dúvidas como: O QUE FAZER CASO VOCÊ TENHA OS SINTOMAS, veja ai:

  • Procure a UPA24h em sintoma de coriza, febre, tosse e falta de ar.
  • Vá a uma unidade de saúde do bairro em sintoma de coriza, febre e tosse.
  • Fique em casa em observação em sintoma só de coriza e febre.
  • Fique em casa em sintoma de coriza.
  • Seguindo essas orientações, você reduz o risco de se contaminar e protege a sua família.

Este é o canal:

www.prefeiturademacaubas.ba.gov.br/coronavirus


Acesso à rua 7 do do Bairro Nova Macaúbas

 

Grande oportunidade de investimento ou para construir e ainda pelo tamanho do terreno dá para uma bela chácara, de fácil acesso o terreno tem 12 metros de frente por 60 metros de comprimento, na verdade são dois lotes, localizados no Bairro Nova Macaúbas, Rua 07, com acesso a rede elétrica e rede de água próximo.

Interessados devem manter contato com o proprietário para saber o valor e condições de pagamento:  Jailton (77) 99948-3329.

Quer vende, alugar ou negociar seu imóvel? Divulgue aqui: contato da redação do Blog: 77 99955-7958. 


Estabelecimentos recebem visita de técnicos

Conforme nota a  Defesa Civil de Macaúbas em parceria com a Prefeitura Municipal de Macaúbas,  trás ao conhecimento de todos, que está, intensificando os trabalhos de Prevenção, Informação, Fiscalização e Monitoramento nos bairros do município, orientando as empresas e comércios com produtos e/ou serviços essenciais à manutenção e ao bem estar da população, para que trabalhem de maneira adequada, e com toda precaução de higienização pessoal(uso de mascaras, luvas e álcool em gel disponíveis para se e para clientela) e dos seus respectivos estabelecimentos(com higienização de balcões, prateleiras, produtos e objetos de uso comum,  limpeza do ambiente e calcadas), evitando também o acesso de pessoas, respeitando o distanciamento entre indivíduos onde houver filas, bem como, aglomerações.

Orientações são passadas a comunidade

            Os trabalhos realizados nesta quarta feira, 08, foram feitos no bairro denominado: Loteamento Bastos, como pode ser observado nas imagens.

A todo o momento a equipe formada pelo Agente Administrativo Gustavo e o recém convocado para participar dos trabalhos, junto a Defesa Civil, o Tecnólogo Jobijander, onde foram acompanhados a todo o momento, pelo Coordenador Municipal de Devesa Civil, o senhor Gileno Leão, que esta se empenhando diariamente na busca de informações. Informações estas, colhidas, tanto na esfera estadual, quanto na esfera federal, no intuito de reforçar e compartilhar conhecimentos com as equipes municipais presentes e atuantes, para que sejam repassadas a população macaubense ou a quem interessar, maneiras de evitarmos a contaminação.

A Defesa Civil reforça que as pessoas, continuem seguindo as orientações presentes no Decreto municipal n° 0038, de 23 de março de 2020, prorrogado pelo Decreto municipal n° 0044, de 06, de abril de 2020, que busca prevenir o avanço COVID-19, em nosso município, uma vez que até a divulgação do ultimo boletim, não há nenhum caso confirmado. E que, continuemos a fazer a nossa parte, cuidando da nossa saúde, e da saúde de nossos familiares.


Bezerro de apenas 1 ano e meio…

Informações preliminares dão conta que em diversas propriedades rurais de Macaúbas, animais estão sendo mortos e mutilados, segundo informações nesta noite um criador perdeu três animais, um foi morto e dois outros foram mutilados, apenas um bezerro levou oito facadas por todo o corpo, em vídeo o criador disse que será obrigado a sacrificar os dois bezerros que os criminosos não conseguiram matar.

Este bezerro levou 8 facadas.

Pela imagem nota-se que os criminosos em um dos animais apenas retirou o “quarto traseiro” do animal, o que dá a entender que o crime não é apenas para “matar fone”, e sim um ato de terrorismo, crime ambiental e contra o patrimônio.

Recompensa financeira por informações: 

Uma associação de criadores está arrecadando fundos (fazendo uma “vaquinha”) para gratificar a quem tiver informações ou pistas dos criminosos, devendo manter contato com a polícia, a qual já está ciente.