Tudo normal... Manhã deste sábado 17... Rua Castro Alves
Tudo normal… Manhã deste sábado 17… Rua Castro Alves

Segundo o Art. 181 do CTB (Código de Transito Brasileiro), é infração grave estacionar sobre passeio público, o condutor além de perder pontos da carteira (CNH), pagará multa e poderá ter seu veículo removido, com isso, terá que pagar ainda uma taxa para retira-lo do pátio da autoridade competente. Veja a legislação que normatiza tal conduta:

Artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro: Capítulo XV – DAS INFRAÇÕES – Estacionar o veículo:

VIII – no passeio ou sobre faixa destinada a pedestre, sobre ciclovia ou ciclofaixa, bem como nas ilhas, refúgios, ao lado ou sobre canteiros centrais, divisores de pista de rolamento, marcas de canalização, gramados ou jardim público:
Infração – grave;
Penalidade – multa;
Medida administrativa – remoção do veículo;

dscn9566

No entanto, é muito comum este tipo de situação, no caso de Macaúbas, o comum, se transformou em normal, passando desapercebido pelo cidadão comum, os pedestres principalmente, que devem usar o passeio público, mas este de tão irregular que é, com suas “barreiras”, impedimentos, degraus, buracos e mal conservado, é para muitos preferível andar na rua… Mas, independente da situação do passeio público, o qual sua manutenção e bom estado é de responsabilidade do proprietário do imóvel, o Código de Transito Brasileiro, deixa bem claro que é crime de trânsito ESTACIONAR SOBRE PASSEIO PUBLICO, bem como há cinco metros de esquinas e outros detalhes…

Neste sábado, um carro foi flagrado estacionado sobre o passeio público na Rua Castro Alves, centro de Macaúbas, certamente não causou indignação, pelas imagens, nota-se que uma senhora é obrigada a andar na rua, que já é estreita por ter um carro estacionado sobre o lugar onde ela deveria usar: o passeio.

Além de ser um crime, estacionar sobre o passeio público, ajuda a danificá-lo, contribuindo desta forma com mais outra irregularidade. O blog não consegui manter contato com o infrator, nem com as autoridades competentes, as quias devem ser comunicadas por qualquer cidadão que depare com uma situação como esta.


Apesar das barreiras e dificuldades, números de Maca´buas são positivos, segundo IDEB (Imagem Donizete Costa)
Apesar das barreiras e dificuldades, números de Maca´buas são positivos, segundo IDEB (Imagem Donizete Costa)

Conforme dados amplamente divulgados, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), o qual, o ensino médio a nível nacional deixa a desejar, este vale lembrar de responsabilidade direta dos estados, não atingiu a metra projetada. Já as médias observadas pelo índice no município de Macaúbas, desde 2007, vem crescendo ano a ano, melhor, superando as metas projetadas. Tendo seu melhor desempenho em 2007 e 09, quando superou a meda em 0.6 e 0.8, respectivamente. Já nos anos seguintes a folga caiu para: 2011, 2013 e 2015, ficou acima da meta 0.3, 0.1 e 0.1. Estes números são referentes ao ensino médio 8ª Série/9º ano. Veja tabela abaixo:

8ª série / 9º ano
Ideb Observado Metas Projetadas
Município
2005
2007
2009
2011
2013
2015
2007
2009
2011
2013
2015
2017
2019
2021
Macaúbas 3.0 3.7 4.0 3.8 4.0 4.4 3.1 3.2 3.5 3.9 4.3 4.5 4.8 5.1
5ª série / 5º ano
Ideb Observado Metas Projetadas
Município
2005
2007
2009
2011
2013
2015
2007
2009
2011
2013
2015
2017
2019
2021
Macaúbas 2.7 3.2 3.7 4.5 4.5 5.5 2.7 3.1 3.5 3.8 4.0 4.4 4.7 5.0

 

Para você ter acesso aos dados completos, seja do Brasil, do Estado da Bahia e mais detalhes do seu muncípio: (clique aqui).


Talento e beleza na segunda etapa dos Projetos Artísticos (Foto NRE-12)
Talento e beleza na segunda etapa dos Projetos Artísticos (Foto NRE-12)

O Núcleo Regional da Educação  (NRE12), com sede em Macaúbas,  realizou na última quinta feira, 1º de setembro,  a culminância da segunda etapa regional dos projetos artísticos 2016. Segundo nota do portal www.nre12.educacao.ba.gov.br,  esta etapa  aconteceu no espaço Princy Eventos, contou com a presença de toda a comunidade escolar para apreciar as apresentações dos Projetos: TAL, FESTE, DANCE e FACE.

CLASSIFICAÇÃO DAS OBRAS NRE 12

14212804_1161575513913885_4129215972008919945_n

DANCE:

1º- Colégio Estadual de Paramirim

2º- Centro Educacional São Sebastião-Caturama

3º- Colégio Estadual Paulo VI- Rio do Pires

14265049_1161576060580497_6386142566420797098_n

FACE:

1º- Colégio Estadual Professor José Batista da Mota-Macaúbas

2º- Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães-Botuporã

3º- Colégio Estadual de Ibiajara-Rio do Pires

14192709_1161574627247307_6136800698780455122_n

FESTE:

1º- Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Paramirim-Macaúbas

2º- Colégio Estadual de Paramirim

3º- Colégio Estadual Gov. Antonio Carlos Magalhães-Paramirim

14222294_1161575503913886_6246685862147520946_n

TAL:

1º- Colégio Estadual de Paramirim

2º- Colégio Estadual Luis Eduardo Magalhães-Botuporã

3º- Colégio Estadual Vilobaldo Campos- Boquira


Projetos têm a participação de diversos estudantes da região. (Foto NRE-12)
Projetos têm a participação de diversos estudantes da região. (Foto NRE-12)

Conforme nota do portal do Núcleo Regional da Educação 0 NRE-12, com sede em Macaúbas ( www.nre12.educacao.ba.gov.br),   aconteceu no dia 25/08 no CETEPBP a primeira etapa regional dos Projetos Artísticos e Culturais do NRE12 Macaúbas, foi apresentado: AVE, EPA, PROVE.

AVEArtes Visuais Estudantis, trata-se de um projeto pioneiro, de caráter educativo, artístico e cultural, concebido a partir de uma perspectiva abrangente, pois envolve os estudantes da Rede Estadual de Educação da Bahia. O AVE propões obras de artes visuais no contexto escolar.

EPAEducação Patrimonial Artístico, promove o desenvolvimento de ações essências para o exercício do direito à cultura para a defesa dos valores históricos e artísticos, reconhecimento e preservação do Patrimônio Cultural baiano.

PROVE – Produções Visuais Estudantis, de natureza educativa, artística e cultural por meio da utilização dos recursos tecnológicos(filmagem com aparelhos celulares, câmeras fotográficas ou filmadoras). Com esse projeto, pretende-se desenvolver o potencial educativo e artísticos.

11111111
Educação Patrimonial Artístico: … O hábito da leitura é um dos melhores patrimônios…  

AVE:

1º- Colégio Estadual de Paramirim

2º- Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Paramirim-Macaúbas

3º- Colégio Estadual São Sebastião-Caturama

EPA:

1º- Colégio Estadual de Paramirim

2º-Colégio Estadual Gov. Antônio Carlos Magalhães  -Paramirim

3º-Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhães  -Erico Cardoso

PROVE:

 1º- Colégio Estadual Ibiajara  Rio do Pires

2º- Colégio Estadual Paulo VI  -Rio do Pires

3º-Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhães  Erico Cardoso


IMG_4938

  * Por Irlando Oliveira

De onde viemos? Para onde vamos? O que estamos fazendo aqui? Essas são perguntas que nos inquietam a todos! As inúmeras filosofias religiosas apresentam suas respostas dentro, obviamente, dos seus postulados, dos seus rudimentos. Caberá a nós sopesar aquilo que efetivamente nossa filosofia religiosa nos diz, como forma de extrairmos as nossas lições, pois será necessário perquirir, investigar, deixando de lado aquela postura passiva, através da qual simplesmente tomamos por base e por certo aquilo que nos foi dito nos cultos religiosos aos quais nos vinculamos por inclinação nossa ou da nossa família.
Como o tempo não pára, o que passou, passou, e os nossos esforços, a partir de agora, resultarão em algo positivo ou negativo, dependendo das opções que fizermos. O certo é que a nossa vida é muito fugaz, efêmera, passageira! Quando nos damos conta, percebemos que já completamos meio século de vida – como é o nosso caso. E compreendemos que tudo passou demasiadamente rápido! E ficamos com nossas inquietações – fruto de quem não está na vida tão-somente por estar! O que conquistamos? O que mudamos a nível de atitude comportamental? Orientamos, sabiamente, a nossa prole? Soubemos nos conduzir com honradez, com probidade, com dignidade? Por que nos permitimos àqueles erros? Se tivéssemos adotado outra conduta, certamente não cometeríamos tais falhas!
O lapso existente entre o berço e o túmulo ensejará a cada um de nós momentos valiosos, os quais jamais poderemos malbaratar, considerando o fato de se apresentarem como lições vivas em nossa vida, já que esta é uma “escola”, cujo “curso” poderá ser intensivo – vida breve – ou extensivo – vida longa. O que temos, deixaremos; o que somos, levaremos.
Feliz daqueles que param para refletir sobre tais questões! Não podemos estar na vida, simplesmente por estar! Precisamos avaliar o nosso caminhar! Temos que filosofar! Isso nos levará ao encontro com o nosso EU profundo, facilitando desvendar os inexplicáveis e inextricáveis problemas existenciais que todos somos portadores!
______________________________________________________________________________
major-irlando* Irlando Lino Magalhães Oliveira é Oficial da Polícia Militar da Bahia, no posto de Major do QOPM, atual Comandante da 46ª CIPM/Livramento de Nossa Senhora, Aspirante a Oficial da Turma de 1986, tendo ingressado nas fileiras da Corporação no ano de 1984. Possui especialização em Gestão da Segurança Pública, pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB); Direitos Humanos, pela Faculdade Dois de Julho; e Programa de Desenvolvimento Gerencial Integrado (PDGI), na área de Gestão de Segurança Pública, pela UNEB e Fundação de Administração e Pesquisa Econômico-Social (FAPES). É autor do Projeto Ações Preventivas nas Escolas e Comunidades (Proapec), tendo proferido mais de 160 (cento e sessenta) palestras no Oeste e Sudoeste baiano, abordando temas sobre Segurança Pública, Violência em Meio Escolar, Segurança nas Escolas, Drogas, dentre outros.

Você sabia que está em Macaúbas a maior biblioteca do mundo de livros romenos fora da Romênia? E em construção estava o maior dicionário de gírias do planeta? Bem como a maior obra sobre corrupção no Brasil desde sua “descoberta” em 1.500, quando aqui pisaram os portugueses e iniciaram na Terra de Vera Cruz um dos primeiros atos de propina e corrupção, quando permutavam com os indígenas espelho, doces por permissão para daqui extrair o Pau Brasil, ouro e o “sangue da terra”?… 

De que adianta você saber disso tudo?...
De que adianta você saber disso tudo?…

De que adianta você saber disso!… (?)

Talvez para apenas lamentar!… Mas se seus sentimentos forem além disso poderá contribuir para que não fique apenas no “choro do leite derramado”… No entanto, parece-nos impossível achar quem tenha interesse e bagagem para dar continuidade a algumas obras deixadas, talvez propositalmente pelo Prof, Ático… Quem teria interesse de concluir o maior livro de gírias do mundo? Quem teria interesse de finalizar os capítulos da Corrupção no Brasil?… Será o destino do arado ficar no meio da roça?…

Macaúbas conta hoje com dezenas de quadras de esportes e campos de futebol do que com bibliotecas e espaço de cultura… Só na sede temos três grandes campos de futebol e na mesma proporção quadras de esportes e apenas uma biblioteca pública que está em decadência, tendo em seu acervo não mais que 200 exemplares… É por isso, é que adianta o saber, seja disso ou de qualquer outro que contribua com o crescimento cultural, educacional e intelectual de uma comunidade… Talvez assim evitaremos ser “hipnotizados” por espelhos e doces…

E um povo não existe sem memorias!…

Se você esquece rápido das coisas é certo que será vitima de se mesma, se não tem lembranças, certamente não terá importância o que você fez hoje, muito menos interesse do que fará amanhã: fará parte de um “povo morto”, de um “cultura natimorta”…

Se quiser realizar algo faço-o em vida, pois pós morte as suas vontades dependerão da boa vontade dos vivos!…

…E nos jardins que não mais existem, os quais não mais recebem visitas nem dos passarinhos que lá também não fazem mais seus ninhos, onde o vento passa sereno, encontra o seu Templo como uma bassula, de cabeceira ao Norte, seus Pés ao Sul e seu Braço Direito apontando para um Poente que teima não permitir o Por do Sol…  São as coordenadas do seu descanso inconsolável sob a jabuticabeira que sofre com a estiagem!…

+ 26 de Março de 2016… 26 de agosto…

 


Universidade Para Todos... É pra você também.
Universidade Para Todos… É pra você também.

“O Projeto Universidade para Todos, criado pelo governo do Estado da Bahia através do Decreto nº 9.149, de 23 de julho de 2004, é coordenado pela Secretaria da Educação e executado em parceria com as Universidades Estaduais (Uneb, Uefs, Uesb, Uesc). Trata-se de uma ação voltada para fortalecer a política de acesso à educação superior, direcionada a estudantes concluintes e egressos do ensino médio da rede pública estadual.” Assim informa nota na página oficial do Facebook do Núcleo Regional da Educação (NRE-12) com sede em Macaúbas. 

Informa a nota que aconteceu na última semana (17/08) o lançamento do Projeto no Município de Macaúbas, o evento foi no Colégio Cônego Firmino Soares sede do seu funcionamento, estiveram presentes: alunos, Prof. Leonardo (Coordenador da UNEB de Seabra), Profa. Flordenice Costa (Diretora do NRE-12 Macaúbas), Amparo Vasconcelos (Coordenadora CODEB) e a Profª Adriana Oliveira (Diretora do Colégio Conêgo Firmino Soares).
Já no dia 22/08 aconteceu a aula inaugural do Cursinho que é parte integrante do Projeto. Mais informações podem ser obtidas na sede do Núcleo em Macaúbas que fica na Praça da Matriz ao lado da Casa Paroquial no no 
Portal da Educação – Governo do Estado da Bahia – Clique aqui.