queda-de-energia-no-nordeste2O ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, disse que a causa do apagão no Nordeste ocorrido nesta quarta-feira (28) foi uma queimada na fazenda Santa Clara na cidade de Canto do Buriti, no Piauí. Segundo o ministério, o blecaute provocou o desligamento de duas linhas de transmissão paralelas e totalizou um corte de carga de 10.900 megawatts.

O ministro informou que as causas da queimada – se foi natural ou provocada por ação humana – ainda estão sendo investigadas. Segundo o ministro, a preocupação inicial foi restabelecer o sistema.
O ministro disse ainda que o apagão atingiu “todo o Nordeste”, mas que o sistema já foi recuperado. No entanto, Lobão disse que há a possibilidade de algumas cidades no interior dos estados ainda estarem com falta de energia.
“As capitais foram reabastecidas em no máximo duas horas, duas horas e pouco. O interior está sendo restabelecido paulatinamente”, afirmou o ministro, que se encontrava no Rio de Janeiro, na sede do ONS.


IMAGEM_NOTICIA_5 (1)

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, projeta para o final deste ano ou início de 2014 o começo do funcionamento dos sistemas de pagamentos móveis no Brasil. A medida provisória, que regulamenta o projeto, deve entrar na pauta do Congresso nos “próximos dias” e a expectativa é a de que seja votada em setembro. Segundo o líder da pasta, o governo estuda, inclusive, que os repasses a aposentados e beneficiários de programas sociais, como o Bolsa Família, sejam realizados por meio das contas vinculadas a uma linha de celular. “Ao invés de ir ao banco, o cidadão poderá usar o dinheiro diretamente, ir a uma casa lotérica ou ao mercado gastar”, afirmou. Bernardo acrescentou que praticamente todas as operadoras já fizeram acordos com bancos para operar a tecnologia. De acordo com ele, os pagamentos serão realizados por meio de envio de mensagens de texto (SMS), por meio de senhas, ou através de transações com smartphones para transferência de valores. A intenção é promover a inclusão bancária de cerca de 40% da população que não tem acesso a conta corrente e movimenta anualmente cerca de R$ 650 bilhões.


IMAGEM_NOTICIA_5O senador Walter Pinheiro (PT) cobrou na noite desta quarta-feira (28) esclarecimentos sobre a interrupção no fornecimento de energia que atingiu a Região Nordeste nesta tarde. No plenário do Senado, ele questionou o argumento de que a causa da queda do sistema em várias regiões foi uma queimada no Piauí, o que poderia apontar outras inúmeras vulnerabilidades do sistema. “É preciso esclarecer as ocorrências. Eu quero ter a certeza e a garantia de que não estamos vulneráveis o tempo inteiro. Uma queimada, com a estiagem prolongada quer dizer que estamos vulneráveis? Eu, sinceramente, não quero que essa explicação tome conta da minha mente. Tenho muita preocupação porque não acredito que tenha sido só isso. Não estou duvidando de ninguém, mas, se foi só isso, nós precisamos rever urgentemente a forma de agir quando esse tipo de problema adentra a rede de fornecimento de energia no país”, ponderou. O senador disse ainda que é possível evitar o efeito dominó. “Recente ocorrência de uma usina conhecida como Gonzagão por todos os nordestinos apresentou um problema que contaminou o Nordeste inteiro, como um efeito dominó. Isto está errado. sistemas de proteção foram feitos para isolar ofensores a sistemas de alimentação para sistemas de comunicação e de abastecimento de energia. Não é possível”, frisou. Informações do Bahia Notícias.

(Foto: Moreira Matriz/Ag. Senado)


O empresário Eike Batista

São Paulo – A safra de más notícias de Eike Batista ganhou um novo episódio: o empresário não é mais bilionário, segundo a agência de notícias Bloomberg, que mede diariamente a variação do patrimônio dos homens mais ricos do mundo.

Segundo a Bloomberg, a fortuna de Eike é avaliada hoje em 200 milhões de dólares – apenas uma fração dos 34,5 bilhões de dólares que o empresário chegou a possuir em março do ano passado, quando era o oitavo homem mais rico do mundo, colocando-o no topo dos bilionários globais.

Além da forte queda das ações de suas companhias, arrasadas por uma crise de credibilidade desde meados do ano passado, o que corroeu a fortuna de Eike também foi o acordo com o fundo soberano de Abu Dhabi, o Mubadala.

Segundo a Bloomberg, três fontes que preferiram não se identificar afirmaram que Eike deve 1,5 bilhão de dólares ao Mubadala. Ele teria, ainda, acumulado 2 bilhões de dólares em dívidas pessoais, fruto das garantias que empenhou.

US$ 100 bilhões

Em fevereiro de 2010, Eike Batista chamava a atenção da mídia e dos investidores de todo o mundo com planos ambiciosos de erguer empresas de base no Brasil, como a petroleira OGX, a mineradora MMX e a companhia de logística LLX. Naquela época, o empresário era uma estrela em ascensão, e ocupava a 61ª posição entre os homens mais ricos do mundo na lista da revista americana Forbes, com 7,5 bilhões de dólares.

Naquele mês, Eike ganhou ainda mais destaque, ao afirmar, em uma entrevista ao jornalista americano Charlie Rose, que mantém um famoso programa diário, que alcançaria uma fortuna de 100 bilhões de dólares em dez anos. Isso o tornaria o homem mais rico do mundo.

Fonte: http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/eike-batista-nao-e-mais-bilionario-diz-bloomberg