Castrações de animais: Tanque Novo 158 X 0 Macaúbas! Uma empatia aos “au, aus” e aos “miaus”, que nós não temos!

Com apenas 37 anos de emancipação política administrativa, que antes era um distrito de Botuporâ, e este de Macaúbas, esta completou recentemente seus 190 anos! Estamos falando de Tanque Novo, uma “neta” de Macaúbas, que tem 17,500 habitantes e dista de nós, apenas 100km, uma distância que enorme quando se fala em cuidados com seus animais de ruas, entre estes cães e gatos, em sua maioria cães, estes que são nossos maiores amigos  – no entanto, parece que a recíproca não é verdadeira!

Aumigos!… Imagem do grupo do instaram

Após um post do blog relatando parte da situação de alguns animais de rua, dando maior foco a Rua Direita, principal artéria comercial e uma das ruas mais antigas da cidade, despertou alguns “aumigos” – grupo solidário à causa de cães de rua. Este grupo tem uma página no Instagram (rede social da internet), que divulga, ajuda, incentiva, educa… Ações voltadas para a “empatia” com os nossos melhores amigos! Postou no seu “feed” (se não sabe o que é isso, entra na era digital) um ” post” (se não sebe o que é isso fala umas aulas no CCAA) – No entanto, segundo o Prof. Ático Mota, o qual detestava as “injeções” de palavras inglesas no nosso vocabulário (em nossas falas), onde argumentava que a Flor do Lácio (se não sabe o que é isso, LEIA MAIS E SAIBA +), é uma língua riquíssima, sendo assim desserviço linguístico. cultural e até patriótico o “ingleisamento” da Língua Portuguesa! (Prof. Ático também é um neologista) ! Retornando a cachorrada! Este portal virtual (como dever ser o portal do Céu), agrupa pouco mais de 800 seguidores, tem uma “senso crítico”, composto de um punhado de pessoas, algumas ativas, outras expectadoras, (como toda iniciativa humana)… E por ai vai!

O fato:

Nesta gestão (Tanque Novo), que tem a mesma idade da nossa, fez nada menos que 158 castrações de animais, a informação não é precisa se são todos de rua ou também está inclusa ai animais que têm “donos e donas”! Fato é que Macaúbas em seus 190 anos NUNCA, nunca teve esta iniciativa, pelo menos que temos conhecimento! Lembro que num momento de nossa história recente, houve até um prefeito que proibia, ou coisa parecida, cachorros circularem ou tranarem nas ruas, isso deu até nota em jornal de grande circulação na capital baiana, não recordo com detalhes os detalhes! Mas é isso, tá na hora da velha e “Boacaubas” aprender com sua neta: Tanque Novo! au, au, au, au.. No meu caso: miau!


Os comentários estão fechados.