Campanha Macaúbas Limpa: Defesa Civil orienta e sugere multa para quem descarta lixo irregularmente

Localidade “Salgadeira”

Em nota a COMPDEC- Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil de Macaúbas,  pede a colaboração da população a participar e ajudar o poder público a manter a cidade limpa não jogando entulhos e materiais sem serventia em ruas, calçadas, terrenos e vias públicas.

         Lembrando pessoas que tem Lotes sujos não são apenas um problema de estética e, sim, de saúde pública para a cidade. O acúmulo de entulhos propaga doenças, proliferam pragas e animais peçonhentos (como insetos, baratas, ratos e escorpiões), e  causam desconforto com os vizinhos.

    Além disso, terrenos bem cuidados vendem bem mais do que os abandonados e sujos. Manter o lote limpo só traz benefícios, seja para o proprietário do lugar, seja para a vizinhança e a cidade como um todo.

          Vala salientar que a Defesa Civil  vai notificar ou levar para as autoridades cabíveis através do Artigo 54 da Lei nº 9.605 de 12 de Fevereiro de 1998 e  causando PENA – RECLUSÃO E MULTA.

Comunidade de Peixe… Descarte de restos de animais abatidos

VEJA ALGUMAS ORIENTAÇÕES PARA A POPULAÇÃO AJUDAR A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A MANTER A CIDADE LIMPA:

  1. Não jogue lixo em vias públicas. Caso você tenha algo a descartar, guarde o material consigo até encontrar a lixeira mais próxima. Não custa lembrar: lugar de lixo é na lixeira.
  2. Em casa, acondicione o lixo doméstico em sacos plásticos devidamente amarrados, com o cuidado de não exceder a capacidade de peso e volume.
  3. Coloque os sacos de lixo na frente da sua residência apenas nos dias de coleta.
  4. O material proveniente de sobras de material de construção, entulho de obras ou demolições ou mesmo uma pequena reforma são responsabilidades do gerador. Portanto, antes de iniciar a obra, contrate uma empresa credenciada para realizar o recolhimento, o transporte e a destinação correta e assim evitar o acúmulo de resíduos em via pública.

ATENÇÃO:

  1. Material proveniente de folhas, galhos e podas de árvores dos jardins e quintais particulares não serão passíveis de recolhimento pelo serviço público de coleta domiciliar. Estes resíduos são de responsabilidades dos proprietários ou responsáveis pelos imóveis e deverão ser removidos às suas expensas.

FIQUE  DE BEM COM O MEIO AMBIENTE E COM A LEI.

 


Os comentários estão fechados.