Budega Junina: o quadrilátero mais paparicado e comentado nas redes sociais…

“Fundo da Budega”… Praça de alimentação e passagem obrigatória!…

O 4×4 mais disputado, visitado e comentado nas redes sociais é a Budega de São João, o santo fogueteiro que deu origem a mais tradicional festa do Nordeste Brasileiro, concorrente direto de Santo Antônio e São Pedro.

A ideia da Budega Junina, nasceu da necessidade de resgatar as raízes rurais do nosso município, valorizando e respeitando as diversidades culturais, tanto na culinária, no artesanato, nos mobiliários domésticos rústicos, duráveis e únicos que vão desde da sala de estar até a cozinha…

Por falar em cozinha, na Budega de São João, também recria este ambiente maravilhoso, as misturas de tudo é o charme do lugar… As idéias sem fim, misturado do desejo de reviver e resgatar, são do criativo engenheiro civil, que dotado de “bons” e “tons” de arquiteto e autodidata “disigner” de ambientes, Arilton Rego, com auxílio de sua esposa e equipe! Vem recebendo nas redes sociais elogios e reações positivas ao feito!…

Prefeito Amelinho abre as portas da Budega… E convida todos os “budegueiros” a entrar

O ato inaugural que oficializou e permitiu-se o consumo e a visitação pública, ocorreu na noite deste sábado, o prefeito Amélio Costa Jr. ao lado do “pai” da obra, o engenheiro Arilton Rego, deram as boas vindas aos “budegueiros”.. Assim, o espaço foi tomado por visitantes e amantes das tradições juninas e seu resgate que deverá acontecer e solidificar a cada edição do São João, na nova administração que se inicia.

Aqui de tudo um pouco!… Itens a venda e em exposição. Amélio e a Equipe de Budegueirois

O espaço ficará aberto durante todo o mês de junho e durante o São João, sempre sendo abastecido com produtos típicos juninos, da agricultura familiar e melhor de gente!… E foi para isso que foi feita, para provocar a mistura de pessoas, ideias, além do recriar um espaço junino típico, reconstruir uma nova Macaúbas:  a partir (e sempre) de boas ideias e realizações!

A Budega recebe os visitantes na entrada da Praça da Matriz

Os comentários estão fechados.