Após luta de Carletto, Congresso Nacional derruba veto e garante aumento do piso salarial dos agentes comunitários de saúde

 

Nesta quarta-feira (17), o Congresso Nacional derrubou o veto ao dispositivo que aumenta o piso salarial dos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias presente na Medida Provisória 827/2018. O deputado federal Ronaldo Carletto (PP), grande apoiador da categoria, comemorou o resultado positivo e relembrou a luta junto aos trabalhadores. “Os agentes comunitários de saúde e de combate a endemias estão há muito tempo lutando pelo aumento do piso salarial. A Câmara dos Deputados já havia aprovado, mas o presidente da República vetou. Graças a Deus e ao nosso trabalho incansável conseguimos derrubar esse veto”, ressaltou o parlamentar.

Carletto ainda enfatizou que permitir o aumento do piso salarial dos agentes significa melhorar a prestação de serviço da saúde e contribuir com a qualidade de vida das pessoas que tão bem servem a Bahia e o Brasil. “A derrubada do veto é um reconhecimento a essa categoria tão importante. Há bastante tempo venho lutando com eles em busca de melhorias e valorização e conseguimos mais essa conquista. Reafirmo meu compromisso e meu apoio a esses grandes profissionais”, salientou. Em 2019, o piso atual de R$ 1.014,00 será de R$ 1.250,00; em 2020, R$ 1.400,00; e, em 2021, R$ 1.550,00.

Fonte: Ascom do deputado federal Ronaldo Carletto (PP)


Os comentários estão fechados.