APLB Macaúbas, emite nota de repúdio a “possível destivação” do Colégio José Batista.

Em Nota Oficial, publicada nas redes sociais no fim da manhã desta quinta feira, 31 de outubro o Sindicado dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia, através da APLB-Macaúbas, emite nota de repúdio ao que ele chama de “possível desativação” do Colégio Estadual José Batista da Mota. Veja nota:

 

“NOTA DA APLB SINDICATO – DELEGACIA DE MACAÚBAS SOBRE A POSSÍVEL DESATIVAÇÃO DO CEPJBM

A APLB Sindicato – Delegacia Regional da Chapada Diamantina de Macaúbas, como entidade representativa de classe dos Profissionais da Educação e comprometida com a formação dos educandos e a garantia do direito a educação pública gratuita e de qualidade vem repudiar a decisão da possível desativação do Colégio Estadual Professor José Batista da Mota, noticiada nesta segunda-feira, (29/10/2018). Segundo informações, uma planilha foi encaminhada pela Secretaria de Educação do Estado da Bahia ao Núcleo Territorial da Bacia do Paramirim – NTE/12, dando conta de um parecer indicando a desativação do CEPJBM e a sua junção ao CETEP da Bacia do Paramirim.

Consideramos esta medida uma afronta para toda comunidade macaubense que tem se beneficiado com excelentes resultados provenientes da qualidade dos resultados do trabalho desta instituição, que tem contribuido ao longo dos anos para a diminuição da distância entre os nossos jovens e os sonhos de um ensino superior, tornando possível as oportunidades de concretização desses sonhos, tendo cumprido sua função social na formação de cidadãos críticos.

Ademais, reconhecemos que as demais escolas estaduais tem cumprido o seu papel de acordo a missão de cada uma na garantia de educação pública de qualidade, inclusive com o oferecimento do ensino técnico profissionalizante. E todas tem a sua importância no contexto da Educação macaubense.

Dessa forma, não podemos concordar que muitos sonhos sejam ceifados antes mesmo de iniciar, e que a história do referido Colégio seja desfeita por tão cruel decisão.

Considerando que vivemos um momento crítico de retrocessos das nossas conquistas, inclusive com o congelamento dos investimentos na Educação, é de suma importância que nos posicionemos neste momento para garantirmos a manutenção de direitos sociais fundamentais, como é o direito a educação de qualidade.

Nesse sentido, a APLB Macaúbas se solidariza com toda a equipe do Colégio Estadual Professor José Batista da Mota, direção, professores, alunos, pais, funcionários e toda comunidade macaubense, CONTRA a desativação do CEPJBM.

Macaúbas/BA, 31/20/2018.
APLB Macaúbas.”


Os comentários estão fechados.